Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

Estresse ou ansiedade: qual a diferença?

Junho 2021

Estresse e ansiedade são expressões geralmente usadas para referir à mesma situação, no entanto podem ser diferenciadas pelo fator que leva ao desenvolvimento dos sinais e sintomas. O estresse normalmente está relacionado com qualquer situação ou pensamento que provoca frustração e nervosismo, que acaba passando espontaneamente, enquanto que a ansiedade está relacionada com medo irracional, aflição, preocupação excessiva e angústia devido à sensação de perigo e incerteza, sendo mais comum em doenças psiquiátricas, como ocorre na depressão.

Apesar de serem desencadeados por fatores diferentes, o estresse e a ansiedade possuem sintomas semelhantes, como aumento dos batimentos cardíacos, tremores, boca seca, alteração do sono, dificuldade de concentração e aumento do apetite, por exemplo, no entanto os sintomas de estresse costumam ser passageiros, enquanto que os da ansiedade costumam durar alguns dias ou semanas.

Estresse ou ansiedade: qual a diferença?

Sintomas de estresse e ansiedade

O estresse e a ansiedade levam ao desenvolvimento de sinais e sintomas físicos e psicológicos semelhantes, no entanto os sintomas de estresse costumam passar em poucas horas, assim que o fator desencadeador é eliminado, enquanto que os de ansiedade podem permanecer mesmo que o fator responsável pelo início dos sintomas seja eliminado.

Os principais sintomas físicos e psicológicos do estresse e da ansiedade são:

Sintomas físicosSintomas psicológicos
Aumento dos batimentos cardíacosAlterações no sono, podendo a pessoa dormir pouco ou muito e ainda manter-se cansada
Respiração mais ofeganteDificuldade de concentração
Tremores e tonturasAumento da oleosidade da pele e aparecimento de espinhas
Boca seca e sensação de nó na gargantaAumento do peso e da gordura abdominal
Tensão muscularAumento ou diminuição do apetite
Diarreia ou prisão de ventreImpaciência
Dor de cabeçaDificuldade para tomar decisões

Além disso, no caso da ansiedade, é possível que surjam outros sintomas psicológicos como:

  • Preocupação excessiva;
  • Medo constante;
  • Sensação de que algo ruim pode acontecer;
  • Descontrole sobre os próprios pensamentos.

Os sintomas de ansiedade costumam surgir principalmente quando é necessário se expor, como apresentações de trabalhos ou reuniões, por exemplo, podendo os sintoma surgirem dias antes do momento devido à preocupação excessiva com a opinião das outras pessoas e imaginação de diversos cenários no momento da apresentação, por exemplo. Veja mais sobre os sintomas de ansiedade.

Por outro lado, os sintomas de estresse podem acontecer como consequências de situações do dia-a-dia, como pressão no trabalho, trânsito, falta de tempo para lazer e problemas familiares, por exemplo. Conheça mais sobre as causas do estresse.

Estresse ou ansiedade: qual a diferença?

Possíveis consequências do estresse e da ansiedade

Como o estresse e a ansiedade provocam sintomas físicos e psicológico, é possível que existam algumas alterações no organismo que ficam mais evidentes durante as crises de estresse e ansiedade, sendo as principais:

  • Alterações gastrintestinais, em que pode haver diarreia ou prisão de ventre;
  • Inflamação do intestino, aumentando o risco de síndrome do cólon irritável;
  • Aumento de peso e da gordura abdominal, em alguns casos, o que resulta em alterações dos níveis de colesterol e triglicerídeos e pressão arterial, aumentando o risco de síndrome metabólica;
  • Desenvolvimento de úlcera no estômago, pois pode haver maior produção de ácido pelo estômago, causando inflamação constante no local;
  • Gastrite, que corresponde à inflamação crônica da parede do estômago que pode ser causada pelo estresse crônico;
  • Diminuição do funcionamento do sistema imunológico, o que aumenta o risco de desenvolver doenças infecciosas.

Além disso, em alguns casos, principalmente quando o estresse e a ansiedade são crônicos, é possível que as unhas fiquem mais frágeis e quebradiças, a pela mais ressecada e seja notada maior queda de cabelo.

O que fazer para aliviar os sintomas

Para aliviar os sintomas da ansiedade e do estresse e evitar novas crises de ansiedade, é interessante adotar algumas medidas que podem ajudar a relaxar e promover a sensação de bem-estar, aliviando os sintomas, como praticar atividade física, meditar, realizar técnicas de respiração e tomar um chá com propriedades calmantes, com o chá de camomila ou de valeriana, por exemplo. Confira outras opções de calmantes naturais.

Por outro lado, quando o estresse e/ou a ansiedade são frequentes ou os sintomas não aliviam com essas medidas caseiras, é interessante consultar o psicólogo, pois assim é possível identificar os fatores que levam ao aparecimento dos sintomas e, assim, traçar formas de promover o alívio. Em alguns casos, pode ser também necessário que o psiquiatra seja consultado para que seja avaliada a necessidade de fazer uso de medicamentos como Alprazolam ou Diazepam, por exemplo. Conheça outros remédios para ansiedade.

Veja no vídeo a seguir mais dicas para aliviar os sintomas do estresse e da ansiedade:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • American Psychistric Association. Manual Diagnóstico e Estatístico de transtornos mentais - DSM-V. 5 ed. Porto Alegre : Artmed, 2014. p. 233-278.
  • BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE. Ansiedade. 2011. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/224_ansiedade.html>. Acesso em 09 Nov 2020
  • NATIONAL INSTITUTE OF MENTAL HEALTH. Anxiety Disorders. Disponível em: <https://www.nimh.nih.gov/health/topics/anxiety-disorders/index.shtml>. Acesso em 09 Nov 2020
  • AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION. Stress in America: Paying With Our Health. 2015. Disponível em: <https://www.apa.org/news/press/releases/stress/2014/stress-report.pdf>. Acesso em 18 Mai 2021
  • CDC - CENTER FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION - NATIONAL INSTITUTE FOR OCCUPATIONAL SAFETY AND HEALTH. STRESS...At Work. 2014. Disponível em: <https://www.cdc.gov/niosh/docs/99-101/>. Acesso em 18 Mai 2021
  • TSAI, Y. C.; LUI, C. H. Factors and symptoms associated with work stress and health-promoting lifestyles among hospital staff: A pilot study in Taiwan. BMC Health Serv Res. 12. 199, 2012
  • DING, Y.; DAI, J. Advance in Stress for Depressive Disorder. Adv Exp Med Biol. 1180. 147-178, 2019
  • YARIBEYGI, Habib; et al. The impact of stress on body function: A review. EXCLI J. 16. 1057–1072, 2017
  • SCHNEIDERMAN, Neil; et al. STRESS AND HEALTH: Psychological, Behavioral, and Biological Determinants. Annu Rev Clin Psychol. 1. 607–628, 2005
  • CDC. Mental Health Conditions: Depression and Anxiety. Disponível em: <https://www.cdc.gov/tobacco/campaign/tips/diseases/depression-anxiety.html>. Acesso em 09 Nov 2020
Mais sobre este assunto:

Carregando
...