Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas de Intolerância Alimentar

Os sintomas da intolerância alimentar normalmente surgem pouco tempo depois de se ingerir um alimento para o qual o corpo tem maior dificuldade em fazer a digestão e, por isso, os sintomas mais comuns incluem o excesso de gases, a dor abdominal ou as náuseas, por exemplo.

Os alimentos que têm maiores chances de provocar este tipo de sintomas incluem o leite, os ovos, o chocolate, o pão, o camarão e o tomate, mas muitos outros podem causar este tipo de sinais, variando muito de pessoa para pessoa. Confira uma lista mais completar dos alimentos com maior risco de causar intolerância.

Sintomas de Intolerância Alimentar

1. Dor de cabeça constante

A dor de cabeça pode ter várias causas, porém, quando não melhora com qualquer tipo de tratamento ou não é identificada uma causa específica, pode estar relacionada com a intolerância a algum tipo de alimento, já que a inflamação do intestino interfere com a produção de vários neurotransmissores.

Uma boa forma de identificar se a dor de cabeça está sendo causada pelo consumo de algum alimento é ir eliminando, aos poucos, os alimentos com maior risco de intolerância da dieta, por exemplo.

2. Cansaço excessivo

A intolerância alimentar geralmente provoca um estado de inflamação constante do intestino e do corpo e, por isso, existe um maior gasto de energia, o que acaba resultando numa sensação de cansaço excessivo que não desaparece mesmo depois de uma boa noite de sono.

Assim, é comum que, em pessoas com cansaço excessivo, o médico desconfie de algum tipo de intolerância alimentar, antes de suspeitar de qualquer outro problema. Confira uma lista de outras doenças que podem causar cansaço frequente.

3. Dor abdominal

Pessoas com intolerância alimentar geralmente apresentam dor no estômago ou na barriga, que surge principalmente porque o corpo não está conseguindo digerir corretamente a comida ingerida. Normalmente, esta dor é mais intensa pouco tempo de comer, mas também pode se manter constante ao longo do dia, especialmente se se estiver comendo várias vezes o alimentos que provoca a intolerância.

4. Barriga inchada

A sensação de barriga inchada é um dos sintomas mais típicos de uma intolerância alimentar e acontece porque o sistema digestivo não está conseguindo digerir completamente a comida e, por isso, os restos alimentares acabam fermentando no intestino e causando o acúmulo de gases, que deixam a barriga mais estufada.

Normalmente, associada à barriga inchada também costuma surgir a vontade urgente para ir no banheiro, que pode até ser acompanhada de diarreia.

Sintomas de Intolerância Alimentar

5. Coceira e manchas na pele

A saúde intestinal influencia bastante o aspeto da pele e, dessa forma, caso exista uma inflamação do intestino causada por uma intolerância alimentar é comum que surjam alterações na pele como pequenas bolinhas, vermelhidão e coceira. Este tipo de alteração é mais comum nas intolerâncias ao glúten, mas podem surgir em qualquer caso, especialmente em regiões como os cotovelos, joelhos, couro cabeludo ou nádegas.

6. Dor frequente nas articulações

Embora seja mais raro, a dor frequente e constante nas articulações, e até nos músculos, podem indicar a presença de uma intolerância alimentar, já que o consumo de alguns alimentos pode piorar este tipo de sinais, principalmente em pessoas que já sofrem com fibromialgia, por exemplo.

7. Azia frequente

A azia geralmente surge quando a digestão não é feita corretamente e, por isso, o conteúdo do estômago acaba subindo até ao esôfago e provocando a sensação de queimação na garganta. Embora este tipo de sintoma seja quase sempre relacionado a refluxo gastroesofágico ou gastrite, também pode surgir em pessoas com intolerância alimentar, especialmente nos casos de intolerância à lactose, por exemplo.

Como confirmar se é intolerância alimentar

Uma vez que os sintomas de intolerância podem são semelhante a outros problemas gástricos e intestinais a melhor forma de confirmar a intolerância, e despistar outras doenças, é consultando um gastroenterologista para avaliar os sintomas e fazer exames como análises de sangue ou exame de fezes, por exemplo.

Para o diagnóstico da intolerância alimentar o médico poderá ainda sugerir que se faça o teste da provocação, que consiste em comer o alimento do qual se desconfia de intolerância e depois observar se surge algum sintoma. Veja melhor como se pode fazer o diagnóstico da intolerância.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...
Fechar