7 principais sintomas de fibromialgia

novembro 2021

O principal sintoma da fibromialgia é a dor no corpo, que costuma ser pior nas costas e no pescoço e que dura pelo menos 3 meses. As causas da fibromialgia ainda são pouco esclarecidas, no entanto é mais comum de acontecer nas mulheres entres os 35 e os 50 anos, e os sintomas podem piorar após a realização de esforço físico, estresse emocional ou exposição ao frio.

Outros sinais e sintomas da fibromialgia incluem sensação de formigamento nas mãos e nos pés, sensação de pernas inquietas antes de dormir, tontura e dor abdominal. Na maioria dos casos, a febre não é um sintoma característico da fibromialgia, já que é uma síndrome dolorosa e que não leva à elevação da temperatura.

Sintomas psicológicos de fibromialgia, como ansiedade e depressão, também podem surgir, já que é comum que a pessoa senta tristeza, desespero e impotência diante da doença, podendo perder o interesse nas atividades que gosta.

Além da dor no corpo, outros sintomas que costumam estar presentes na fibromialgia são:

1. Dor constante no corpo

Geralmente, as pessoas que possuem fibromialgia sentem dor constante em todo corpo e que tem duração de pelo menos 3 meses, sem que esteja relacionada com outras doenças. As áreas em que há dor com mais frequência são parte inferior das costas, pescoço, quadril e joelhos. 

2. Dor intensa após o toque

Além da dor constante em todo o corpo, outro sintoma muito comum é a dor que fica mais intensa após o toque devido ao aumento da sensibilidade no local, o que pode ser percebido durante a avaliação médica dos 19 pontos do corpo, como a mandíbula, ombros, braços, antebraços, quadril, tórax, abdômen, costas, ombros, coxas e pernas.

3. Cansaço frequente

O cansaço excessivo é outro dos principais sintomas da fibromialgia e que surge pela manhã, podendo desaparecer e voltar a surgir, e pode acontecer tanto em pessoas jovens como em adultos, sem que esteja relacionada com outra doença.

4. Alterações no sono

A fibromialgia também provoca alterações no sono, como dificuldade para adormecer, acordar várias vezes durante a noite ou ter o sono leve, fazendo com que a pessoa acorde cansada e com a sensação de que não dormiu bem.

5. Rigidez muscular

As pessoas com fibromialgia que possuem dor muscular também podem senti-los mais rígidos, principalmente ao acordar, sendo mais frequente de nas mãos. Essa rigidez geralmente não dura mais que 30 minutos.

6. Problemas de memória e concentração

Algumas pessoas podem ter problemas de memória e dificuldade para manter a concentração, além de poder ter dor de cabeça, estando presentes em pelo menos metade dos casos de fibromialgia.

7. Síndrome do intestino irritável

A síndrome do intestino irritável também é um sintoma pouco comum da fibromialgia e é caracterizada por períodos de diarreia e prisão de ventre, além de dor abdominal.

Sintomas iniciais

Apesar da fibromialgia poder estar presente em pessoas jovens, é comum que os sintomas comecem a aparecer a partir dos 50 anos, sendo a dor muscular generalizada, a rigidez e a fadiga os sintomas iniciais da doença.

Por isso, na presença desses sinais, sem que não exista outra doença associada, é recomendado que o reumatologista seja consultado para que seja feito o diagnóstico e iniciado o tratamento adequado.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da fibromialgia deve ser feito pelo clínico geral ou reumatologista de acordo com os sintomas apresentados pela pessoa, bem como avaliação do histórico de saúde e história de fibromialgia na família. Além disso, é feito um exame físico em que são observados os pontos de dor de fibromialgia. Para ser confirmado o diagnóstico, é necessário que a pessoa sinta dor severa em 3 a 6 áreas diferentes do corpo ou dor mais leve em 7 ou mais áreas do corpo por pelo menos 3 meses. Veja quais são os pontos de dor da fibromialgia.

Como tratar a fibromialgia

O tratamento para fibromialgia tem como objetivo aliviar os sintomas, pois esta doença não tem cura. Desta forma, é sempre importante consultar um reumatologista, que poderá prescrever remédios analgésicos e relaxantes musculares para aliviar a dor. Além disso, na presença de sintomas neurológicos ou psicológicos, um neurologista ou psiquiatra também deverá ser consultado para indicar remédios para dormir, para a ansiedade ou antidepressivos, por exemplo. Veja como deve ser o tratamento da fibromialgia.

Os sintomas da fibromialgia também podem ser reduzidos com um tratamento natural, como massagem, técnicas de relaxamento ou aromaterapia, por exemplo. Além disso, a realização de sessões de fisioterapia também podem ajudar a aliviar os sintomas, promovendo o relaxamento muscular, aumento da flexibilidade e diminuição da dor.

Veja no vídeo a seguir alguns exercícios de fisioterapia que podem ser realizados para fibromialgia:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em novembro de 2021. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em novembro de 2021.

Bibliografia

  • DOS SANTOS, Catarina. Fibromialgia: Etiologia, Diagnóstico e Tratamento. Projeto de graduação do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas , 2020. Universidade Fernando Pessoa .
  • CONTRERAS, Nilson; TAMAYO, Rafael. Fibromialgia Aspectos clínico-prácticos del diagnóstico y tratamiento. Médica Sur. 12. 2; 93-98, 2005
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.

Tuasaude no Youtube

  • Como aliviar a dor na Fibromialgia

    04:46 | 317860 visualizações