18 principais pontos de dor da fibromialgia

Revisão clínica: Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
setembro 2022

A dor da fibromialgia, apesar de ser generalizada, fica mais intensa ao pressionar os 18 pontos dolorosos conhecidos até o momento e que estão localizados no pescoço, peito, costas, braços, joelhos e nádegas.

A fibromialgia é uma síndrome crônica mais comum de acontecer em mulheres entre 35 e 50 anos e cujos sintomas, principalmente a dor, ficam mais intensos após a realização de atividade física ou exposição ao frio.

Apesar das causas não serem totalmente esclarecidas, acredita-se que a fibromialgia possa ter relação com fatores genéticos ou psicológicos. Conheça mais sobre a fibromialgia.

Pontos de dor da fibromialgia

A imagem a seguir mostra a localização dos pontos de dor da fibromialgia:

Assim, os pontos de dor da fibromialgia são:

  1. Parte da frente do pescoço: 2 pontos;
  2. Parte de trás do pescoço: 2 pontos;
  3. Parte superior do peito: 2 pontos;
  4. Parte superior das costas: 4 pontos; 
  5. Dobra dos braços: 2 pontos;
  6. Região lombar: 2 pontos;
  7. Abaixo das nádegas: 2 pontos;
  8. Nos joelhos: 2 pontos.

O principal sintoma da fibromialgia é a dor generalizada no corpo que dura pelo menos 3 meses e que pode ficar mais intensa quando alguns pontos do corpo são pressionados, conhecidos como "pontos da fibromialgia". Além disso, podem surgir outros sintomas como cansaço frequente, distúrbios do sono e sensação de formigamento nas mãos e nos pés, por exemplo. Conheça outros sintomas de fibromialgia.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da fibromialgia deve ser confirmado pelo clínico geral ou reumatologista por meio da avaliação do histórico de saúde individual e familiar e dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa. Além disso, é feito um exame físico que consiste na aplicação de pressão nos pontos dolorosos da fibromialgia.

Dessa forma, o diagnóstico é confirmado quando é verificada dor intensa em mais de 3 áreas do corpo por pelo menos 3 meses, ou quando é notada dor menos intensa em 7 ou mais áreas do corpo por pelo menos 3 meses.

Além disso, de acordo com a intensidade dos sintomas e regiões com dor, o médico pode identificar a gravidade da fibromialgia e, assim, indicar o tratamento mais adequado para aliviar e controlar o aparecimento dos sintomas. Dessa forma, o médico poderá indicar o uso de medicamentos analgésicos, realização de massagens ou sessões de fisioterapia, ou realização de terapias alternativas, como aromaterapia ou acupuntura, por exemplo. Veja mais detalhes do tratamento da fibromialgia.

Confira no vídeo a seguir alguns alongamentos que podem ser feitos diariamente para aliviar os sintomas:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022. Revisão clínica por Marcelle Pinheiro - Fisioterapeuta, em setembro de 2022.
Revisão clínica:
Marcelle Pinheiro
Fisioterapeuta
Formada em Fisioterapia pela UNESA em 2006 com registro profissional no CREFITO- 2 nº. 170751 - F e especialista em dermatofuncional.

Tuasaude no Youtube

  • Como aliviar a dor na Fibromialgia

    04:46 | 314362 visualizações