Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas é caracterizada pelo movimento involuntário e sensação de desconforto nas pernas, podendo ocorrer logo depois de ir para a cama ou durante toda a noite, interferindo com a capacidade de dormir bem.

Geralmente, a síndrome das pernas inquietas surge após os 40 anos e em mulheres grávidas, sendo mais frequente quando o indivíduo está cansado.

A síndrome das pernas inquietas não tem cura, mas os seus sintomas podem ser reduzidos com técnicas de relaxamento ou ingestão de remédios.

Síndrome das pernas inquietas

Sintomas da síndrome das pernas inquietas

Os sintomas da síndrome das pernas inquietas podem ser:

  • Movimentos involuntários das pernas;
  • Vontade de mexer as pernas constantemente;
  • Desconforto nas pernas, como coceira, pontadas e formigamento.

A intensidade destes sintomas varia de acordo com a gravidades da doença e, em alguns casos, pode impedir o individuo de adormecer, resultando em sonolência e cansaço durante o dia.

Tratamento para síndrome das pernas inquietas

O tratamento para síndrome das pernas inquietas apenas deve ser iniciado quando os sintomas se manifestam durante o dia ou impedem o sono, incluindo a ingestão de remédios tranquilizantes, como clonazepam, ou remédios antiparkinsonianos, como Pramipexol ou Ropinirole.

No entanto, para reduzir os sintomas os indivíduos devem tentar relaxar a musculatura das pernas antes de dormir através de banhos quentes, alongamentos ou massagens nas pernas.

Causas da síndrome das pernas inquietas

Algumas causas da síndrome das pernas inquietas incluem:

  • Fatores genéticos;
  • Deficiência de ferro;
  • Insuficiência renal;
  • Diabetes;
  • Mal de Parkinson;
  • Artrite reumatoide.

A síndrome das pernas inquietas na gravidez é muito comum e surge, principalmente, no último trimestre, desaparecendo após o nascimento do bebê.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...