Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Glândulas salivares inchadas (sialoadenite): Sintomas e Tratamento

Atualizado em Setembro 2019

A sialoadenite é a inflamação das glândulas salivares que geralmente acontece por uma infecção por vírus ou bactérias, obstrução por má-formação ou presença de cálculos salivares, o que resulta em sintomas como dor na boca, vermelhidão e inchaço, especialmente na região por baixo da língua.

Uma vez que existem várias glândulas na boca, com as parótidas, durante uma crise de sialoadenite é comum que também surja inchaço na região lateral do rosto, semelhante a caxumba. Embora possa acontecer em qualquer pessoa, a sialoadenite é mais frequente em idosos ou pessoas com doenças crônicas que estejam mal hidratados.

Embora a sialoadenite possa desaparecer sozinha sem qualquer tipo de tratamento específico, é muito importante consultar um dentista ou clínico geral para identificar a causa e iniciar um tratamento específico, se necessário.

Glândulas salivares inchadas (sialoadenite): Sintomas e Tratamento

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns em caso de sialoadenite incluem:

  • Dor constante na boca;
  • Vermelhidão das mucosas da boca;
  • Inchaço da região por baixo da língua;
  • Febre e calafrios;
  • Boca seca;
  • Dificuldade para falar e deglutir;
  • Febre;
  • Inflamação.

Além disso, em alguns casos, as glândulas podem até produzir pus, que é liberado na boca, criando mau gosto e sensação de mau hálito.

O que causa a sialoadenite

A inflamação das glândulas salivares geralmente aparece em períodos de menor produção de saliva, o que pode acontecer em pessoas doentes ou que estão recuperando de uma cirurgia, assim como em pessoas desidratadas, malnutridas ou com o sistema imune enfraquecido. Quando existe menos saliva sendo produzida, é mais fácil para as bactérias e vírus se desenvolverem, causando infecção e inflamação das glândulas, sendo as bactérias mais frequentemente relacionadas com a sialoadenite as pertencentes ao gênero Streptococcus e a Staphylococcus aureus.

A sialoadenite também é comum quando surge uma pedra nas glândulas salivares, que é uma situação conhecida como sialolitíase, que causa inchaço e inflamação das glândulas. Em casos mais raros, o uso recorrente de alguns remédios, como anti-histamínicos, antidepressivos ou anti-hipertensivos pode levar ao surgimento de boca seca, aumentando as chances de desenvolver inflamação das glândulas salivares.

Glândulas salivares inchadas (sialoadenite): Sintomas e Tratamento

Como confirmar o diagnóstico

Na maioria dos casos, o diagnóstico de sialoadenite pode ser confirmado pelo clínico geral ou dentista através da observação física e avaliação dos sintomas, mas também podem ser necessários alguns exames de diagnóstico como ultrassom ou exame de sangue, por exemplo.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a inflamação das glândulas salivares normalmente é feito apenas para aliviar os sintomas, já que a maioria dos casos são causados pela presença de vírus, não existindo um tratamento específico. Assim, é comum que o médico recomende a ingestão adequada de água durante o dia, uma boa higiene bucal e receite anti-inflamatórios, como o Ibuprofeno, para aliviar a dor e facilitar a recuperação.

No entanto, se a sialoadenite estiver sendo causada por bactérias, o tratamento geralmente também inclui um antibiótico, como Clindamicina ou Dicloxacilina, para eliminar mais rapidamente as bactérias e acelerar a recuperação. Além disso, se for identificado que um medicamento pode estar na origem da inflamação é importante consultar o médico que o receitou para avaliar a possibilidade de o trocar ou adequar a dose de tratamento.

O médico também pode recomendar o uso de anti-inflamatórios não esteroides (AINES) com o objetivo de diminuir a dor e a inflamação, assim como analgésicos. É importante evitar o uso de aspirina em crianças devido ao risco da síndrome de Reye, que pode ter várias complicações no cérebro e fígado.

Já casos crônicos, em que a sialoadenite surge muito frequentemente, o médico pode aconselhar uma pequena cirurgia para retirar as glândulas afetadas.

Opções de tratamento caseiro

Embora o tratamento indicado pelo médico seja muito importante para garantir a correta recuperação, existem algumas técnicas naturais que ajudam a aliviar os sintomas. As mais utilizadas incluem:

  • Beber suco de limão ou chupar uma bala sem açúcar: ajudam na produção de saliva, ajudando no descongestionamento das glândulas salivares, diminuindo a inflamação;
  • Aplicar uma compressa morna por baixo do queixo: ajuda a diminuir a congestão das glândulas afetadas. No caso de existir inchaço da lateral do rosto também se deve aplicar a compressa nesse local;
  • Fazer bochechos com água morna e bicarbonato de sódio: reduz a inflamação e ajuda a limpar a boca, diminuindo a dor.

A maioria dos casos de sialoadenite desaparecem sozinhos com o tempo, no entanto, estas técnicas caseiras ajudam a aliviar o desconforto e acelerar a recuperação.

Confira outros remédios caseiros para dor de dente que também podem ser usados nestes casos.


Bibliografia

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem