Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

Os repelentes caseiros e naturais contra mosquitos podem ser usados no corpo, como é o caso do repelente com cravo da índia ou de citronela, ou utilizados no ambiente, como acontece com o repelente de vinagre ou o repelente eletrônico feito com casca de limão, por exemplo. 

Estes repelentes caseiros podem ser usados especialmente para prevenir a picada do mosquito Aedes Aegypti, que transmite dengue, Zika e Chikungunya, ou mosquitos que causam malária ou febre amarela, além do pernilongo e da muriçoca. No entanto, é preciso ter em atenção que o tempo de eficácia dos repelentes caseiros é relativamente baixa, o que faz com que seja necessário reaplicá-los com maior frequência que os repelentes de farmácia.

Os repelentes caseiros também são boas opções de uso por pessoas que não desejam ou não podem utilizar produtos químicos, seja na forma de repelente para o corpo ou para o ambiente. 

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

Repelentes para o corpo

Os repelentes caseiros para o corpo podem ser usados em toda a pele exposta aos mosquitos, como braços, rosto e pernas, no entanto, deve-se ter o cuidado de não passar muito próximo aos olhos ou mucosas como boca ou nariz, pois podem causar irritação. Além disso, é recomendado lavar as mãos após a aplicação para evitar contato acidental com os olhos, boca e nariz.

Outra recomendação importante é pulverizar repelentes caseiros em spray  também por cima das roupas porque o ferrão do mosquito pode atravessar tecidos muito finos, chegando à pele.

1. Repelente com cravo da índia

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

O repelente caseiro com cravo da índia é rico em eugenol, um óleo essencial com propriedades inseticidas, que afastam o mosquito Aedes aegypti que causa dengue, Zika e Chikungunya, além de moscas e formigas.

Esse repelente caseiro pode ser usado por adolescentes e adultos, incluindo mulheres grávidas, e o tempo de duração máximo desse repelente na pele é de 3 horas.

Ingredientes

  • 500 mL de álcool de cereais;
  • 10 g de cravo-da-índia;
  • 100 mL de óleo de amêndoas ou mineral.

Modo de preparo

Colocar o álcool e o cravo da índia num frasco escuro com tampa, ao abrigo da luz, por 4 dias. Mexer esta mistura 2 vezes por dia, de manhã e à noite. Coar e juntar o óleo corporal, agitando ligeiramente e colocar o repelente num recipiente com spray.

Esta loção também pode ser usada nas superfícies que costumam ter formigas, pois é uma ótima forma de afastá-las. Se as formigas costumam ficar no açúcar, o que se pode fazer é colocar algumas unidades de cravo da índia dentro do açucareiro.

2. Repelente de óleo de eucalipto

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

O repelente caseiro de óleo de eucalipto contém a substância mentoglicol, que é um repelente natural de mosquitos, inclusive do Aedes aegypti, e também de carrapatos como Borrelia burgdorferi que causa a doença de Lyme. 

Esse repelente pode ser usado por grávidas e crianças maiores de 3 anos, e seu tempo de duração é de até 6 horas. Veja outros repelentes naturais que podem ser usados por grávidas, bebês e crianças.  

Ingredientes

  • 15 gotas de óleo de de eucalipto;
  • 3 a 4 colheres (de sopa) de óleo de amêndoas ou mineral;
  • ¼ de xícara de água.

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes e colocar em um frasco de spray. Borrifar essa solução sob a pele, reaplicando a cada 6 horas. Essa solução repelente também pode ser borrifada no ambiente.

3. Repelente de citronela

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

O repelente caseiro de citronela é feito a partir do óleo essencial desta planta e possui citronelal, citronelol e geraniol na sua composição com propriedades inseticidas contra o mosquito da dengue, malária e febre amarela, além do pernilongo e da muriçoca.

O tempo de duração desse repelente é de 2 horas e pode causar irritação nos olhos ou alergia na pele e não deve ser usado por grávidas, crianças e por pessoas com pressão alta. 

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de citronela;
  • 1 colher (de sopa) de óleo de côco ou óleo de semente de girassol.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e colocar em um recipiente com spray. Borrifar na pele, espalhando nas áreas expostas ao mosquito como braços e pernas. Evitar passar no rosto e lavar as mãos após a aplicação para evitar contato acidental com os olhos, boca e nariz.

A citronela também pode ser usada na forma de velas ou difusores no ambiente para afastar os mosquitos.

4. Repelente de alfazema

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

Esse repelente, feito com o óleo essencial de alfazema, pode ser usado como repelente caseiro para bebês, a partir de 2 meses de vida, para prevenir a picada do mosquito da dengue, Zika e Chikungunya, e de pernilongos. 

Além disso, o repelente caseiro com alfazema acalma e hidrata a pele e o tempo de ação é de aproximadamente 3 horas. 

Este repelente caseiro não deve ser usado por grávidas.

Ingredientes

  • 1 embalagem 150 mL de creme hidratante;
  • ​1 colher de óleo essencial de alfazema.

Modo de preparo

Num recipiente de vidro misturar muito bem o creme hidratante e o óleo e depois guardar em um frasco limpo e seco. Aplicar em todas as áreas do corpo expostas ao mosquito, diariamente.

5. Repelente de erva de gatos

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

A erva de gatos, também conhecida como gatária ou catnip, é uma planta medicinal que contém nepetalactona, um componente do seu óleo essencial, com ação inseticida contra o mosquito Aedes aegypti causador da dengue, Zika e Chikungunya, e contra o mosquito da malária. Veja outros usos da erva de gato

Esse repelente caseiro é feito com o óleo essencial dessa planta e tem  tempo máximo de ação de até 7 horas. 

O repelente de erva de gato não deve ser usado por grávidas e por crianças.

Ingredientes

  • ½ colher de chá de óleo essencial de erva de gato;
  • 1 xícara de chá de óleo de amêndoas.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e colocar em um recipiente com spray. Borrifar sob a pele e espalhar. Lavar as mãos em seguida.

Repelentes para ambientes

Os repelentes caseiros para ambientes podem ser usados na forma de spray, borrifando nos locais em que o mosquito possa entrar como janelas e portas, ou ser utilizado em aparelhos eletrônicos no ambiente.

Algumas opções de repelentes caseiros e naturais para ambientes são:

1. Repelente com vinagre

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

O repelente caseiro com vinagre é uma boa opção para afastar o mosquito da dengue, Zika e Chikungunya, devendo ser usado somente no ambiente.

Ingredientes

  • 1 xícara de vinagre;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e colocar em um borrifador. Borrifar a solução nas janelas e nas portas.

2. Repelente para moscas

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

Um exemplo de repelente caseiro para moscas é colocar cravos-da-índia espetados na metade de um limão ou de uma laranja. 

O cravo da índia possui propriedades que irritam os insetos e estas propriedades ficam mais evidenciadas em contato com estas frutas cítricas.

Ingredientes

  • 10 g de cravo-da-índia;
  • 1 laranja ou 1 limão.

Modo de preparo

Espetar os cravos da índia na parte externa da fruta e deixar ao ar livre. Para potencializar o efeito pode-se ainda cortar a laranja ou o limão no meio e espetar os cravos no interior. Além disso, pode-se espremer um pouco a fruta, o suco fica mais evidente e tem maior ação em conjunto com os cravos.

3. Repelente eletrônico

8 repelentes caseiros e naturais contra mosquitos

Um ótimo repelente caseiro eletrônico contra mosquitos e outros insetos é usar a casca de limão ou de laranja no aparelho eletrônico, no lugar do refil desses repelentes industrializados.

Este repelente pode não ser suficiente para afastar os mosquitos e, por isso, a pessoa deve também usar um repelente na pele.

Ingredientes

  • 1 fatia retangular da casca de limão ou de laranja;
  • 1 aparelho de repelente eletrônico.

Modo de preparo

Colocar a fatia retangular da casca de limão ou de laranja dentro do local reservado para colocar o refil dos repelentes eletrônicos que se coloca nas tomadas e trocar a casca diariamente.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SHAPIRO, Rochel. Prevention of vector transmitted diseases with clove oil insect repellent. J Pediatr Nurs. 27. 4; 346-349, 2012
  • NGUYEN, Quoc-Bao D.; VU, Mai-Anh N.; HEBERT, Adelaide A. Insect Repellents: An Updated Review for the Clinician. J Am Acad Dermatol. S0190-9622. 18; 1-19, 2018
  • REICHERT, William; et al. Repellency Assessment of Nepeta cataria Essential Oils and Isolated Nepetalactones on Aedes aegypti. Scientific Reports. 9. 1524; 1-9, 2019
  • SHARMA, Ruchi; et al. Therapeutic Potential of Citronella Essential Oil: A Review. Curr Drug Discov Technol. 16. 4; 330-339, 2019
  • POHLIT, Adrian Martin; et al. Patent literature on mosquito repellent inventions which contain plant essential oils--a review. Planta Med. 77. 6; 598-617, 2011
Mais sobre este assunto:

Carregando
...