Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

6 melhores remédios relaxantes musculares

Revisão clínica: Flávia Costa
Farmacêutica
outubro 2022

Alguns remédios relaxantes musculares, como o carisoprodol, a ciclobenzaprina ou a orfenadrina, podem ser indicados pelo médico para o tratamento da dor muscular causada por contraturas musculares, torcicolo, fibromialgia, dor lombar ou crises agudas de artrite reumatoide, por exemplo.

Esses remédios agem bloqueando impulsos nervosos ou sensações de dor que são enviadas ao cérebro que causam contrações, espasmos ou dor muscular. Desta forma, ajudam a relaxar os músculos, facilitando os movimentos e reduzindo a dor aguda.

Os relaxantes musculares geralmente possuem outras substâncias na sua composição, como cafeína, paracetamol, dipirona ou diclofenaco, que potencializam o efeito relaxante muscular, e devem ser utilizados com indicação médica, somente por adultos e pelo tempo de tratamento estabelecido pelo médico.

Imagem ilustrativa número 1

Algumas opções de remédios relaxantes musculares são:

1. Carisoprodol

O carisoprodol é um relaxante muscular indicado para a dor muscular em adultos ou adolescentes com mais de 14 anos, causada por reumatismo, crises agudas de gota ou artrite reumatoide, dor na coluna lombar, ou dor pós cirúrgica.

Esse remédio é encontrado na forma de comprimidos, geralmente, em associação com o diclofenaco sódico, paracetamol e cafeína, com os nomes comerciais Mioflex, Torsilax, Tandrilax, Beserol ou Infralax. 

Como tomar: o carisoprodol pode ser tomado 2 a 3 vezes por dia, sempre em dose mínima e com um intervalo de 12 a 8 horas entre doses, por no máximo 10 dias de tratamento, ou conforme orientado pelo médico. Saiba como tomar o carisoprodol corretamente

Quem não deve usar: o carisoprodol é contraindicado para mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham pressão alta, insuficiência cardíaca, hepática ou renal graves. Além disso, por conter diclofenaco na sua composição, esse remédio não deve ser usado por pessoas com alergia ao diclofenaco ou qualquer outro anti-inflamatório não esteróide.

2. Ciclobenzaprina

O cloridrato de ciclobenzaprina é indicado para o tratamento da dor muscular causada por torcicolo, fibromialgia, periartrite no ombro, dor lombar ou dor que inicia do pescoço e irradia para o braço, por exemplo.

Esse remédio é encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos, com os nomes comerciais Miosan, Mitrul, Mirtax ou Musculare, por exemplo, ou na forma de genérico como “cloridrato de ciclobenzaprina”.

Além disso, existe outra formulação que combina o cloridrato de ciclobenzaprina com a cafeína, que potencializa o efeito relaxante da ciclobenzaprina e pode ser encontrado com o nome comercial de Miosan Caf.

Como tomar: as doses normalmente recomendadas da ciclobenzaprina são de 1 comprimido de 5 ou 10 mg, por via oral, de 2 a 4 vezes ao dia, conforme orientação do médico, por um período máximo de 2 a 3 semanas de tratamento. Veja como tomar a ciclobenzaprina

Quem não deve usar: o cloridrato de ciclobenzaprina não deve ser usado por crianças com menos de 15 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, por pessoas com glaucoma, retenção urinária, hipertireoidismo, problemas cardíacos como infarto, insuficiência cardíaca congestiva, arritmias ou bloqueio cardíaco.

3. Orfenadrina

O citrato de orfenadrina é um relaxante muscular indicado para contraturas, entorses ou distensões musculares, cefaléia tensional, luxação, distensão muscular ou torcicolo.

Esse remédio geralmente está associado à dipirona ou paracetamol, que têm ação analgésica, e à cafeína, que potencializa o efeito relaxante e anti-inflamatório, podendo ser encontrado com os nomes comerciais Dorflex, Dorilax, Miorrelax, Doricin ou Nevralgex, por exemplo.

Como usar: as doses da orfenadrina dependem da composição do comprimido, sendo geralmente indicado tomar 1 a 2 comprimidos, de 2 a 4 vezes por dia, conforme orientação médica. Saiba como tomar a orfenadrina corretamente

Quem não deve usar: a orfenadrina não deve ser usada por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham glaucoma, obstrução do estômago ou intestino, úlcera no estômago, megaesôfago, hipertrofia na próstata, miastenia gravis ou obstrução do colo da bexiga, ou problemas cardíacos. Além disso, esse remédio não deve ser usado por pessoas que tenham alergia à orfenadrina.

4. Baclofeno

O baclofeno é um relaxante muscular indicado para o alívio da dor ou rigidez muscular causados por esclerose múltipla, lesões na medula óssea, como a mielite, ou doenças cerebrais, como pós-AVC, por exemplo.

Esse remédio ajuda a relaxar os músculos, aliviar a dor e melhorar a capacidade de movimento, a realização das atividades do dia a dia e dos exercícios de fisioterapia, e deve ser usado somente com indicação médica de acordo com a condição a ser tratada. 

Como tomar: a dose inicial do baclofeno para adultos geralmente é de 10 a 15 mg por dia, dividida em 3 ou 4 vezes, que pode ser aumentada pelo médico a cada 3 dias em mais 15 mg diárias, até um máximo de 100 a 120 mg. Veja como tomar o baclofeno corretamente.  

Quem não deve usar: o baclofeno não deve ser usado por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes da fórmula. Além disso, deve ser usado com cuidado e apenas com orientação do médico em mulheres grávidas ou em amamentação ou por pessoas que tenham doença de Parkinson, epilepsia, úlcera no estômago, problemas renais, doenças no fígado ou diabetes.

5. Tizanidina

A tizanidina é um relaxante muscular indicado para aliviar espasmos musculares causados por distúrbios na coluna lombar ou cervical, após cirurgia de hérnia de disco ou osteoartrite do quadril, ou distúrbios neurológicos, como esclerose múltipla, AVC ou paralisia cerebral, por exemplo.  

Esse remédio pode ser encontrado em farmácias ou drogarias na sua forma genérica, sob a designação “cloridrato de tizanidina”, ou com o nome comercial Sirdalud, e deve ser usado com indicação médica, somente por adultos.

Como tomar: as doses da tizanidina variam de acordo com a condição a ser tratada, podendo ser indicado pelo médico uma dose de 2 a 6 mg por dia, divididas em três doses, conforme orientação médica.

Quem não deve usar: a tizanidina não deve ser usada por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham insuficiência renal grave ou que estejam em tratamento com fluvoxamina ou ciprofloxacino, por exemplo.

6. Diazepam

O diazepam é um relaxante muscular da classe dos benzodiazepínicos que pode ser indicado para o alívio do espasmo muscular e dor muscular forte nos casos de traumas locais como lesão ou inflamação, ou para o tratamento da espasticidade muscular, como ocorre na paralisia cerebral e paralisia das pernas, assim como em outras doenças do sistema nervoso.

Esse remédio além de relaxar os músculos, também é usado no tratamento da ansiedade e agitação e o médico pode, por isso, recomendá-lo para dormir melhor. Para dormir bem, também é importante saber planejar uma boa noite de sono. Veja como programar uma boa noite de sono

O diazepam é vendido somente com apresentação de receita médica e retenção da receita pela farmácia, encontrado na sua forma genérica ou com o nome comercial Valium.

Como tomar: as doses do diazepam para adultos normalmente recomendadas são de 5 a 10 mg por dia, mas dependendo da gravidade dos sintomas, o médico poderá aumentar a dose de 5 a 20 mg por dia. Saiba como tomar o diazepam. 

Quem não deve usar: o diazepam não deve ser usado por mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas com insuficiência respiratória ou hepática graves, síndrome da apnéia do sono, miastenia gravis, ou dependentes de outras drogas, inclusive o álcool. 

Quando tomar remédios para relaxar os músculos

Os remédios com efeito relaxante muscular devem ser usados em períodos de maior cansaço, quando houver muita tensão muscular ou em casos de contraturas com dor, torcicolos ou lombalgias por exemplo.

Porém, estes remédios apenas devem ser usados em último caso, por um curto período de tempo, e sempre sob indicação do médico. Além disso, a sua utilização deve ser associada a prática de exercício físico regular, que diminui o surgimento de contraturas musculares e alongamentos diários que ajudam a estender e alongar o músculos do corpo, especialmente importantes para quem trabalha sentado.

Solução natural para relaxar os músculos

Existem algumas formas naturais que permitem o relaxamento dos músculos e que podem ser usadas para aliviar a tensão e dor muscular, ajudando no tratamento de contraturas, torcicolos, dor na lombar ou entorse. 

Um bom remédio natural é usar uma compressa relaxante de alecrim e alfazema, que pode ser feita utilizando 1 gota de óleo essencial de alecrim e 1 gota de óleo essencial de alfazema.

Para fazer essa compressa deve-se molhar uma toalha com água morna e colocar as gotas dos óleos, e aplicar a compressa sobre o músculo afetado.

Além disso, tomar um banho de água bem quente, colocar uma bolsa de água quente na região dolorida e fazer massagens locais com óleos essenciais relaxantes como óleo essencial de laranja-amarga, são outras dicas que ajudam a aliviar as contraturas musculares, pois aliviam a dor e ajudam os músculos a relaxar.

É importante ressaltar que as formas naturais de relaxar os músculos não substituem o tratamento indicado pelo médico, podendo ser usados para complementar o tratamento com remédios e/ou fisioterapia.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em outubro de 2022. Revisão clínica por Flávia Costa - Farmacêutica, em outubro de 2022.

Bibliografia

  • CRISTÁLIA PROD. QUÍM. FARM. LTDA. Compaz (diazepam) comprimidos de 5 e 10 mg. 2021. Disponível em: <https://www.cristalia.com.br/arquivos_medicamentos/56/Bula_Compaz_Pac_AR_14092017.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • SANOFI-AVENTIS FARMACÊUTICA LTDA. Dorflex (dipirona monoidratada + citrato de orfenadrina + cafeína anidra). 2017. Disponível em: <http://200.199.142.163:8002/FOTOS_TRATADAS_SITE_14-03-2016/bulas/69038.pdf>. Acesso em 10 out 2022
Mostrar bibliografia completa
  • UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S.A. Baclon (baclofeno) comprimido 10 mg. 2016. Disponível em: <https://www.genom.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Baclon_Bula_Paciente.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Lioresal (baclofeno) comprimidos 10 mg. 2021. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-LIORESAL-Comprimido-Medico.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • HAUSER, Winfried; et al. Management of fibromyalgia: practical guides from recent evidence-based guidelines. Pol Arch Intern Med. 127. 1; 47-56, 2017
  • SEE, Sharon; GINZBURG, Regina. Choosing a skeletal muscle relaxant. Am Fam Physician. 78. 3; 365-70, 2008
  • APSEN FARMACÊUTICA S/A. Miosan (cloridrato de ciclobenzaprina) 5mg e 10 mg. 2020. Disponível em: <https://www.apsen.com.br/Bula/Miosan/Bula-Miosan-Profissional.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Sirdalud (tirzanidina) 2mg. 2021. Disponível em: <https://portal.novartis.com.br/medicamentos/wp-content/uploads/2021/10/Bula-SIRDALUD-Comprimido-Medico.pdf>. Acesso em 10 out 2022
  • NEO QUÍMICA. Torsilax (cafeína + carisoprodol + diclofenaco sódico + paracetamol). 2021. Disponível em: <https://www.neoquimica.com.br/nossas-marcas/Torsilax>. Acesso em 10 out 2022
  • BRASCHI, Emélie; et al. Cyclobenzaprine for acute back pain. Can Fam Physician. 61. 12; 1074, 2015
Revisão clínica:
Flávia Costa
Farmacêutica
Formada em Farmácia pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2003. Mestre em Ciências Biomédicas pela UBI, Portugal.