7 Remédios caseiros para o Fígado (e como preparar)

Atualizado em setembro 2023
Evidência científica

Alguns remédios caseiros, como chá verde, chá de boldo e suco de beterraba, ajudam no tratamento de problemas do fígado, porque têm ação digestiva, aliviando sintomas como náuseas, má digestão e mal estar.

Além disso, esses remédios contêm compostos antioxidantes e anti-inflamatórios que protegem o fígado e estimulam a produção da bile, melhorando o funcionamento desse órgão.

Alguns problemas que surgem no fígado são causados pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas e a má alimentação. Assim, é importante também manter uma dieta saudável, priorizando a ingestão de frutas, vegetais, cereais integrais, proteínas magras e leguminosas. Veja como fazer uma dieta saudável.

Imagem ilustrativa número 1

Opções de remédios caseiros

Alguns remédios caseiros que ajudam no tratamento de problemas no fígado são:

1. Chá verde

O chá verde é rico em epigalocatequina, um composto fenólico com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a desintoxicar e reduzir a gordura no fígado, muito comum na esteatose hepática.

Ingredientes:

  • 1 colher (de chá) de chá verde em folhas;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Em uma panela, ou chaleira, ferver a água. Após apagar o fogo, adicionar as folhas de chá verde, tampar a panela e deixar repousar por 5 minutos. Coar e beber até 4 xícaras desse chá por dia.

Esse chá não é indicado durante a gravidez e a amamentação. Da mesma forma que não é recomendado para crianças, pessoas com dificuldade para dormir, com alterações na tireoide, problemas nos rins, anemia, úlceras gástricas e gastrite.

2. Chá de boldo

O chá de boldo é um excelente remédio caseiro para tratar fígado gorduroso, porque estimula a secreção da bile, um composto que ajuda na digestão dos alimentos, prevenindo sintomas como dor de cabeça, náuseas e mal estar.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de folhas de boldo picadas;
  • 200 ml de água.

Modo de preparo:

Numa panela, ferver a água e, em seguida, apagar o fogo. Adicionar as folhas de boldo picadas, tampar a panela e deixar descansar por 5 minutos. Coar e beber até 3 xícaras por dia.

O boldo não deve ser utilizado por crianças, gestantes e mulheres que amamentam. Da mesma forma que não é indicado para quem tem pressão alta, problemas na vesícula, doença renal ou hepatites.

3. Suco de beterraba com limão

A beterraba é rica em flavonoides e carotenoides, compostos antioxidantes e anti-inflamatórios que protegem o fígado contra os radicais livres, ajudando a evitar o acúmulo de gordura no fígado.

Já o limão é rico em vitamina C, um nutriente que ajuda a desintoxicar o fígado, promovendo a eliminação de toxinas do organismo.

Ingredientes:

  • 1 beterraba pequena crua;
  • 1 limão;
  • 1 e 1/2 copo de água.

Modo de preparo:

Lavar bem, descascar e cortar a beterraba em cubos. Espremer o limão e colocar em um liquidificador. Colocar a beterraba e a água no liquidificador e bater por 2 minutos. Beber em seguida.

4. Chá de alcachofra

A alcachofra é rica em flavonoides e polifenóis, compostos bioativos que protegem e melhoram as funções do fígado, aliviando sintomas de má digestão, enjoo e dor abdominal.

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 1 colher de chá (de 5 a 6g) de folhas secas de alcachofra.

Modo de preparo:

Em uma panela, ou chaleira, ferver a água e, em seguida, apagar o fogo. Adicionar as folhas de alcachofra e deixar repousar por 5 minutos. Coar o chá e beber até 3 xícaras por dia.

Esse chá não é indicado para pessoas com problemas na vesícula biliar, hepatite ou câncer no fígado sem orientação de um médico. O chá de alcachofra também não é recomendado para pessoas que usam medicamentos anticoagulantes, por mulheres grávidas ou que estejam amamentando e por crianças menores de 12 anos.

5. Suco de abacaxi com cúrcuma

O abacaxi é rico em vitamina C, um nutriente com potente ação antioxidante que ajuda a desintoxicar o fígado, promovendo a eliminação de toxinas do organismo.

Já a cúrcuma tem ação anti-inflamatória e digestiva, favorecendo a produção de enzimas digestivas e ajudando a tratar problemas no fígado.

Ingredientes:

  • 2 fatias de abacaxi;
  • 1 colher de chá de cúrcuma em pó;
  • 1 copo de água filtrada ou fervida.

Modo de preparo:

Picar as fatias de abacaxi em cubos e colocar em um liquidificador. Adicionar a água e a cúrcuma ao liquidificador e bater por 2 minutos ou até ficar uma mistura bem homogênea. Beber em seguida.

Por conter cúrcuma, esse suco não é indicado para pessoas que estejam usando remédios anticoagulantes. Já mulheres grávidas ou que estejam amamentando só podem beber esse suco sob orientação médica.

6. Chá de cardo-mariano

O cardo-mariano é uma planta com propriedades anti-inflamatórias e digestivas, podendo ser usado para complementar o tratamento de cirrose, hepatite ou gordura no fígado, por exemplo.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de frutos esmagados de cardo-mariano;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo:

Colocar as frutas trituradas na xícara de água fervente, tampar e deixar descansar por 15 minutos. Coar e beber de 3 a 4 xícaras por dia.

Mulheres grávidas ou que estejam amamentando só devem consumir esse chá sob a orientação de um médico.

7. Infusão de jurubeba

A infusão de jurubeba é um excelente remédio caseiro para problemas de fígado, por ser uma planta medicinal que possui propriedades diuréticas e digestivas, ajudando no tratamento de problemas no fígado.

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de folhas ou flores de jurubeba;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo:

Ferver a água numa panela ou chaleira. Após apagar o fogo, adicionar as folhas ou flores de jurubeba à panela, tampar e deixar repousar por 10 minutos. Coar e beber até 3 xícaras por dia.

Esta infusão não é recomendada para mulheres grávidas ou em período de amamentação, assim como não deve ser usada por mais de 1 semana.