11 remédios caseiros para furúnculo (e como preparar)

Os remédios caseiros para furúnculo, como a tintura de altéia, a pomada de arnica ou o emplastro de aveia, possuem substâncias com propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes e analgésicas, que podem ajudar na recuperação, aliviar os sintomas, como dor, inchaço e vermelhidão, e acelerar o rompimento espontâneo do caroço e a retirada do pus.

Antes de utilizar os remédios caseiros, é importante limpar bem a pele na área do furúnculo, utilizando água morna e um sabonete neutro ou antibacteriano. Outro cuidado ao utilizar os remédios caseiros é não espremer o furúnculo para forçar a saída do pus, pois pode piorar a infecção fazendo com que se espalhe para outros locais da pele, sendo mais difícil de tratar.

Embora não sirvam para substituir o tratamento médico, remédios caseiros para furúnculo são uma boa opção para ajudar a aliviar os sintomas, podendo ser usados para complementar o tratamento indicado pelo médico. Veja como é feito o tratamento do furúnculo.

Algumas opções de remédios caseiros para furúnculo são:

1. Emplastro com abóbora

A abóbora tem excelentes propriedades emolientes e anti-inflamatórias que ajudam a tratar o local e a aliviar os sintomas, especialmente a dor e a vermelhidão causadas pelo furúnculo.

Ingrediente

  • 50 g de abóbora.

​​Modo de preparo

Retirar a casca da abóbora e cozinhar a polpa. Em seguida, ainda morna, colocar esta polpa sobre uma gaze e aplicar no furúnculo durante 20 minutos, 2 vezes ao dia. Este emplastro de abóbora ajuda a expulsar o núcleo do furúnculo, acelerando a recuperação.

2. Leite de janaúba

A seiva da Janaúba tem ação cicatrizante e analgésica que, além de ajudarem a pele a recuperar mais rápido, também aliviam a dor e o desconforto do furúnculo.

Ingredientes

  • 9 gotas do leite/seiva de janaúba.

Modo de preparo

Colocar as gotas do leite/seiva de janaúba em uma gaze limpa e, depois, aplicar sobre o local afetado, 2 a 3 vezes por dia.

3. Tintura de alteia

A tintura de alteia preparada com a planta medicinal, Althaea officinalis, possui propriedades emolientes, anti-inflamatórias, antimicrobianas, antissépticas e cicatrizantes que ajudam na cicatrização, sendo uma boa opção de remédio caseiro para furúnculo.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de raízes de alteia;
  • Álcool etílico.

Modo de preparo

Colocar em um recipiente de vidro as raízes de alteia e cobrí-las com álcool etílico. Tampar bem, guardar em um local seco e fresco e deixar repousar até ao outro dia.

Depois, aplicar 2 ou 3 gotas da tintura de alteia em cima do furúnculo. Repetir este procedimento várias vezes ao dia até que o furúnculo desapareça. Este remédio caseiro para furúnculo pode ser guardado e utilizado por até 2 meses.

4. Compressas de inhame

As compressas com cataplasma de inhame são excelentes para tratar este problema, pois o inhame possui propriedades anti-inflamatórias que reduzem a inflamação causada pelo o furúnculo, diminuindo a dor e melhorando o bem-estar.

Ingredientes

  • 1 porção de inhame.

Modo de preparo

Ralar a quantidade necessária de inhame para cobrir o furúnculo. Depois, colocar em compressas esterilizadas e cobrir o furúnculo. Deixar agir por 1 hora e depois lavar com água morna. Repetir o processo quatro vezes por dia.

Uma boa dica é também incluir na alimentação o inhame cozido e temperado com azeite de oliva e sal. Veja algumas receitas para usar o inhame.

5. Cataplasma de cebola

O cataplasma de cebola é ótimo, pois a cebola é rica em quercetina e enxofre, que eliminam bactérias e diminuem a inflamação do furúnculo.

Ingredientes

  • 1 cebola.

Modo de preparo

Colocar a cebola crua ralada em uma compressa ou gaze esterilizada e depois cobrir o furúnculo. Deixar agir por 2 horas e trocar o cataplasma 2 vezes por dia, até que o furúnculo desapareça.

6. Chá de limão

O chá de limão é uma boa solução caseira para furúnculo, pois além de ser rico em vitamina C, que tem ação antioxidante, ele possui propriedades anti-sépticas que ajudam a extrair e a dissolver os furúnculos.

Ingredientes

  • 10 g de folhas de limoeiro;
  • 1 limão;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar as folhas, a água e o suco do limão para ferver em uma panela durante 5 minutos. Depois deixar repousar por 10 minutos, coar e tomar 4 xícaras de chá por dia.

7. Óleo de melaleuca

O óleo de melaleuca, também conhecido como tea tree, é ótimo para tratar o furúnculo, pois possui propriedades antissépticas, antibacterianas e cicatrizante, ajudando a combater o microrganismo responsável pela infecção e a aliviar os sintomas. Veja outros benefícios do óleo de melaleuca.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de melaleuca;
  • 2 colheres (de sopa) de óleo de côco, amêndoa doce ou azeite.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e passar sobre o furúnculo 1 vez ao dia, por no máximo 6 dias seguidos.

Antes de aplicar o óleo de melaleuca, deve-se verificar se possui alergia a esse óleo e, por isso, é recomendado passar uma gota do óleo de melaleuca na pele do dorso da mão. Caso surjam sintomas de alergia como vermelhidão, coceira, inchaço ou formação de pequenas bolhas na mão, deve-se lavar a pele e não usar o óleo de melaleuca como remédio caseiro para furúnculo.

8. Emplastro de aveia

A compressa de aveia possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e calmantes para a pele que ajudam a combater a inflamação e aliviar a vermelhidão e o desconforto do furúnculo.

Ingredientes

  • 2 colheres (de chá) de aveia em flocos ou farelo;
  • 2 mL de óleo de copaíba;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e reservar. Em um recipiente de vidro limpo e seco adicionar a aveia. Em seguida, hidratar a aveia, com a água fervida, em uma quantidade suficiente para cobrir a aveia no recipiente e misturar até formar uma papa ou mingau. Adicionar o óleo de copaíba, misturando bem. Esperar amornar e aplicar o emplastro sobre o furúnculo durante 10 a 20 minutos, 1 vez por dia.

9. Pasta de linho

A pasta de linho, feita com a planta medicinal Linum usitatissimum, é uma boa opção de remédio caseiro para furúnculo, pois possui propriedades emolientes e anti-inflamatórias, devido às substâncias presentes na sua composição, como ácido alfa-linolênico e linoleico, por exemplo, que ajudam a combater a inflamação da pele.

Ingredientes

  • ½ xícara de farinha de linho;
  • Água.

Modo de preparo

Adicionar a farinha de linho em um recipiente e adicionar a água fria aos pouco até formar uma pasta macia. Levar a mistura ao fogo para aquecer, até ficar morna. Em seguida, colocar a pasta de linho morna sobre uma gaze, formando uma camada de aproximadamente 1 cm de espessura. Aplicar sobre o furúnculo, de 1 a 3 vezes por dia.

10. Pomada de arnica

A arnica, por conter lactonas, flavonóides e compostos fenólicos na sua composição, possui ação antisséptica, antimicrobiana e anti-inflamatória ajuda a reduzir a inflamação e a dor, podendo auxiliar no tratamento do furúnculo.

Ingredientes

  • 5 g de cera de abelha;
  • 45 mL de óleo de copaíba;
  • 4 colheres de folhas e flores secas de arnica picadas.

Modo de preparo

Colocar os ingredientes numa panela em banho maria e deixar ferver em fogo baixo durante alguns minutos. A seguir, apagar o fogo e deixar os ingredientes dentro da panela por algumas horas para liberar as substâncias ativas. Antes de esfriar, coar e armazenar a parte líquida um recipiente de vidro limpo e seco com tampa. Manter o vidro sempre num local seco, escuro e arejado. Esta pomada tem validade de até 1 ano e pode ser aplicada no furúnculo até 2 vezes por dia.

11. Pomada de folhas de Neem

A pomada de folhas de Neem, feita com a planta medicinal Azadirachta indica, tem propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e antissépticas, que ajudam a aliviar a dor, o desconforto e a vermelhidão da pele, sendo uma boa opção de remédio caseiro para furúnculo.

Ingredientes

  • 5 gramas de folhas frescas de Neem.

Modo de preparo

Triturar as folhas de Neem em um liquidificador ou mixer, adicionando um pouco de água até que forme uma pasta. Aplicar um pouco da pomada sobre o furúnculo, deixando agir por 10 a 20 minutos. Em seguida, lavar com água morna e secar com uma toalha limpa e seca.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • FIAVOLVÁ, S. B.; et al. Antibacterial Activity of Medicinal Plants and Their Constituents in the Context of Skin and Wound Infections, Considering European Legislation and Folk Medicine—A Review. Int J Mol Sci. 22. 19; 10746, 2021
  • IBURG, Anne. O guia das plantas medicinais: ingredientes, efeitos medicinais e aplicações: Feno-grego. 1.ed. Caracter, 2010. 48-49; 146-147.
Mostrar bibliografia completa
  • MOURA, Maria F.. Segredos e virtudes das plantas que curam. 1.ed. Lisboa: Seleções, 2011. 39, 53, 125.
  • KRIPLANI, P.; et al. Arnica montana L. – a plant of healing: review. Journal of Pharmacy and Pharmacology. 69. 925-945, 2017
  • DAWIC-PAC, R. Medicinal plants used in treatment of inflammatory skin diseases. Postepy Dermatol Alergol. 30. 3; 170–177, 2013
  • SHARMA, Jyotsana et al. Ethnomedicinal plants used to treat skin diseases by Tharu community of district Udham Singh Nagar, Uttarakhand, India Author links open overlay panel. Journal of Ethnopharmacology. Vol.58. A.ed; 140-206, 2014
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.