7 remédios caseiros para urticária e como preparar

Outubro 2021

Os remédios caseiros para urticária, como aplicar compressas frias, usar gel de babosa ou tomar um banho de aveia com alfazema, são ótimas opções naturais para aliviar os sintomas da urticária,  como vermelhidão, coceira, inchaço ou irritação da pele, por exemplo, pois possuem substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antialérgicas, calmantes e cicatrizantes para a pele.

Para complementar estes remédios caseiros, deve-se também evitar o contato ou exposição aos fatores que desencadeiam a urticária como tecido da roupa, calor excessivo ou produtos de limpeza, por exemplo. Confira todas as causas de urticária e como identificar os sintomas.  

Embora não sirvam para substituir o tratamento médico, os remédios caseiros são uma boa opção para ajudar a aliviar os sintomas da urticária, podendo ser usados para complementar o tratamento indicado pelo médico. No entanto, caso a urticária não melhore ou a pessoa apresente sintomas como dificuldade para respirar, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, ou coceira generalizada, deve-se procurar o atendimento médico imediatamente ou o pronto socorro mais próximo.

7 remédios caseiros para urticária e como preparar

Algumas opções de remédios caseiros para urticária são:

1. Compressas frias 

Uma boa forma de aliviar a urticária é aplicar compressas frias no local, pois promovem a contração dos vasos sanguíneos da pele, ajudando a combater a vermelhidão, coceira, inchaço da pele, especialmente se for causada ou piorada pelo calor.

Para fazer a compressa fria, deve-se colocar gelo dentro de uma bolsa térmica ou colocar o saco de gel no congelador para resfriar, e depois envolver a bolsa ou o saco de gel em uma toalha limpa e seca e aplicar na região da pele afetada, deixando agir por 5 a 10 minutos. 

Outra opção é tomar banho gelado para refrescar a pele e ajudar a aliviar a coceira causada pela urticária.

2. Gel de babosa

A babosa é uma planta medicinal da espécie Aloe vera, que ajuda a acalmar a pele pois tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e cicatrizantes, aliviando os sintomas de coceira e irritação da pele com urticária, além de hidratar a pele. 

Antes de usar o gel de babosa, deve-se fazer um teste passando um pouco do gel no dorso da mão para saber se tem alergia. Se a pele ficar vermelha ou irritada, não é recomendado o uso do gel de babosa.

Ingredientes

  • 2 folhas de babosa.

Modo de preparo

Lavar as folhas de babosa, cortar ao meio e retirar o gel de dentro da folha, colocando dentro de um recipiente limpo e seco. Em seguida, umedecer uma toalha limpa ou uma gaze com o gel e passar nas regiões com urticária cerca de 3 vezes ao dia. Veja outros benefícios desta planta medicinal

Ao preparar este remédio caseiro, é importante não usar a casca da folha da babosa, que tem efeitos tóxicos, mas apenas o gel transparente que tem dentro da folha.

3. Compressas de camomila

A camomila é ótima para tratar problemas de pele, pois possui substâncias com ação anti-inflamatória, antialérgica e calmante, como azuleno, bisabolol e farneseno, que acalmam a coceira e a vermelhidão da pele com urticária. 

Ingredientes

  • 20 a 30 g de flores frescas ou secas de camomila;
  • 500 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores frescas ou secas de camomila na água fervente e deixar em repouso por 15 minutos. Em seguida, coar, molhar a gaze, o algodão ou o pano limpo e passar na área da pele com urticária pelo menos duas vezes por dia.

4. Banho de aveia e alfazema

Outra excelente solução caseira para urticária é o banho de aveia e óleo essencial de alfazema, pois possuem excelentes propriedades calmantes e anti-inflamatórias que ajudam a aliviar o inchaço da pele e a sensação de coceira.

Ingredientes

  • ⅓ de xícara (de chá) de farinha de aveia;
  • 10 gotas de óleo essencial de alfazema.

Modo de preparo

Triturar a farinha de aveia em um liquidificador ou mixer até obter um pó bem fino para que possa se misturar à água do banho. Preparar um banho morno na banheira ou em uma bacia grande. Adicionar o pó de aveia na água e misturar por cerca de 15 minutos, até que esteja completamente dissolvida e a água apresente uma cor leitosa. Adicionar o óleo essencial de alfazema. 

Ficar imerso na água, do pescoço para baixo, durante 10 a 20 minutos, enxaguar o corpo com água corrente, e secar com uma toalha limpa, seca e suave, sem esfregar a pele.

No caso de não ter o óleo essencial de alfazema, o banho pode ser feito apenas com a aveia.

5. Banho com sais de Epsom

O banho com sais de Epsom possui propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e calmantes devido ao sulfato de magnésio presente na sua composição, que é facilmente absorvido pela pele, melhorando a barreira de proteção da pele, aumentando a umidade e reduzindo o inchaço, a vermelhidão  e a inflamação causados pela urticária.

É importante ter cuidado para não ingerir a água do banho com sais de Epsom, principalmente as crianças, pois quando consumido por via oral, os sais de Epsom tem efeito laxante e podem causar diarréia.

Ingredientes

  • 1 copo de sais de Epsom;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar os sais de Epsom em um recipiente com água morna, mexer até que os sais estejam bem diluídos. Adicionar essa solução na água da banheira e ficar imerso por aproximadamente 15 a 20 minutos, sem esfregar a pele. Em seguida, enxaguar o corpo, e secar na pele. Este processo pode ser feito até 3 vezes por semana.

6. Óleo essencial de hortelã-pimenta

O óleo essencial de hortelã-pimenta é rico em mentol, mentona, cineol e limoneno, com propriedades anti-inflamatória e antisséptica que ajudam a aliviar os sintomas do urticária como inchaço ou vermelhidão da pele.

Ingredientes

  • 2 a 3 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo

Adicionar as gotas do óleo essencial de hortelã-pimenta no copo com água e misturar. Colocar um pouco dessa mistura em um algodão limpo e seco e aplicar na na área da pele com urticária deixando atuar por 20 minutos, 2 a 3 vezes por dia. Depois lavar com sabão suave hipoalergênico e água morna, secando bem com uma toalha suave, sem esfregar a pele.

7. Cataplasma de hidraste com mel

O cataplasma de hidraste e mel é uma excelente combinação para preparar um remédio caseiro para urticária, pois possui propriedades anti-inflamatórias, antissépticas e hidratantes, que ajudam a acalmar a pele, diminuindo a irritação, a vermelhidão e a coceira.

Esse remédio caseiro não deve ser usado por pessoas que têm alergia ao pólen, mel ou própolis. 

Ingredientes

  • 2 colheres (de chá) de hidraste em pó;
  • 2 colheres (de chá) de mel.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes em um recipiente limpo e seco até que fique homogêneo. Aplicar sobre a área da pele afetada e, após a aplicação, proteger a área com uma gaze. Trocar a gaze 2 vezes ao dia e repetir o procedimento até a melhora dos sintomas da urticária.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • REYNERTSON, Kurt A.; et al. Anti-Inflammatory Activities of Colloidal Oatmeal (Avena sativa) Contribute to the Effectiveness of Oats in Treatment of Itch Associated With Dry, Irritated Skin. J Drugs Dermatol. 14. 1; 43-48, 2015
  • KURTZ, E. S.; WALLO, W. Colloidal oatmeal: history, chemistry and clinical properties. J Drugs Dermatol. 6. 2; 167-70, 2007
  • SAHU, Pankaj K. et al. Therapeutic and Medicinal Uses of Aloe vera: A Review. Pharmacology & Pharmacy. 4 ed; 599-610, 2013
  • MIRAJ, S.; ALESAEIDE, S. A systematic review study of therapeutic effects of Matricaria recuitta chamomile (chamomile). Electron Physician. 8. 9; 3024-3031, 2016
  • SRIVASTAVA, J. K.; SHANKAR, E.; GUPTA, S. Chamomile: A herbal medicine of the past with bright future. Mol Med Rep. 3. 6; 895-901, 2010
  • SHENEFELT, P. D. IN: BENZIE IFF, WACHTEL-GALOR S, EDITORS. HERBAL MEDICINE: BIOMOLECULAR AND CLINICAL ASPECTS. 2ND EDITION. BOCA RATON (FL): CRC PRESS/TAYLOR & FRANCIS; CHAPTER 18. Herbal Treatment for Dermatologic Disorders. 2011. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK92761/>. Acesso em 04 Out 2021
  • HAJHASHEMI, V.;GHANNADI, A.; SHARIF, B. Anti-inflammatory and analgesic properties of the leaf extracts and essential oil of Lavandula angustifolia Mill. J Ethnopharmacol. 89. 1; 67-71, 2003
  • MANDAL, S. K.; et al. Goldenseal (Hydrastis canadensis L.) and its active constituents: A critical review of their efficacy and toxicological issues. Pharmacol Res. 160. 105085; 1-21, 2020
  • BURLANDO, Bruno; CORNARA, Laura. Honey in dermatology and skin care: a review. Journal of Cosmetic Dermatology. Vol 12. 4 ed; 2013
  • EDIRIWEERA, E.; PREMARATHNA, N. Medicinal and cosmetic uses of Bee’s Honey - A review. Ayu . Vol 33. 2; 178-182, 2012
  • ELSAIE, Lotfy T.; et al. Effectiveness of topical peppermint oil on symptomatic treatment of chronic pruritus. Clin Cosmet Investig Dermatol. 9. 333-338, 2016
Mais sobre este assunto: