5 remédios caseiros para couro cabeludo inflamado

Os remédios caseiros para inflamação no couro cabeludo, como a infusão de tomilho, o óleo de coco ou o vinagre de maçã, possuem propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e hidratantes da pele, que ajudam a reduzir a inflamação causada por caspa, dermatite ou infecção por fungos, aliviando os sintomas como coceira, vermelhidão, sensibilidade ou descamação do couro cabeludo.

Esses remédios caseiros devem ser usados somente sobre a pele do couro cabeludo e não devem ser ingeridos. É importante fazer um teste passando um pouco do remédio caseiro no dorso da mão para saber se tem alergia. Caso surjam sintomas de alergia como vermelhidão, coceira, inchaço ou formação de pequenas bolhas na mão, deve-se lavar a pele e não usar o remédio caseiro para inflamação no couro cabeludo.

Os remédios caseiros são uma boa opção natural para a inflamação no couro cabeludo em adultos ou crianças, e embora não sirvam para substituir o tratamento médico, podem ser usados para aliviar os sintomas da inflamação no couro cabeludo mais rapidamente. 

1. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é uma boa opção de remédio caseiro para inflamação no couro cabeludo pois por ser uma substância ácida, ajuda a eliminar fungos que causam a infecção no couro cabeludo, além de ter ação anti-inflamatória, aliviando os sintomas de coceira, vermelhidão e inchaço na pele.

Ingredientes

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e colocar em um frasco de spray. Depois borrifar a mistura no couro cabeludo, massageando com movimentos suaves, colocando uma toalha em torno da cabeça e deixando atuar por 15 minutos. Por fim, lavar os fios, mas evitar usar água muito quente, pois pode ressecar ainda mais a pele.

2. Óleo essencial de melaleuca

O óleo de melaleuca, ou tea tree, é rico em substâncias com ação antifúngica e anti-inflamatória, como terpineno e cineol, que ajudam a combater fungos no cabelo, evitando a irritação e a descamação do couro cabeludo.

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de melaleuca;
  • 2 colheres (de sopa) de óleo de côco, amêndoa doce ou azeite.

Modo de preparo

Misturar os ingredientes e passar na pele do couro cabeludo 3 vezes ao dia por no máximo 6 dias seguidos. 

Outra opção para usar o óleo essencial de melaleuca é adicionar 15 gotas do óleo essencial no shampoo, misturar e usar o shampoo normalmente para lavar o cabelo.

O óleo de melaleuca não deve ser usado por mulheres grávidas.

3. Óleo de coco

O óleo de coco tem propriedades anti-inflamatórias e antifúngicas, que ajudam a eliminar os fungos que causam a inflamação no couro cabeludo, sendo uma boa opção de remédio caseiro para aliviar os sintomas de descamação ou coceira no couro cabeludo.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de óleo de côco.

Modo de preparo

Aquecer o óleo de côco no micro-ondas ou no fogão até que esteja completamente derretido. Esperar amornar e aplicar no couro cabeludo 2 a 3 vezes por dia.

Outra opção é adicionar o óleo de côco no condicionador para usar após lavar os cabelos.

4. Infusão de tomilho

A infusão de tomilho é rica em substâncias antifúngicas, como timol e carvacrol, que agem impedindo a multiplicação de fungos, ajudando a reduzir a coceira, descamação e vermelhidão, sendo uma ótima opção de remédio caseiro para a inflamação no couro cabeludo.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de tomilho seco;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Ferver a água com o tomilho por 10 minutos. Coar a infusão, deixar esfriar e passar 1 xícara sobre o couro cabeludo lavado, ainda molhado. Massagear suavemente o couro cabeludo e não enxaguar.

A infusão de tomilho não deve ser usada por mulheres grávidas ou em amamentação.

5. Gel de babosa

A babosa é uma planta medicinal da espécie Aloe vera, que ajuda a acalmar a pele pois tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e cicatrizantes, aliviando os sintomas de coceira e irritação do couro cabeludo, além de hidratar a pele do couro cabeludo. 

Ingredientes

  • 2 folhas de babosa.

Modo de preparo

Lavar as folhas de babosa, cortar ao meio e retirar o gel de dentro da folha, colocando dentro de um recipiente limpo e seco. Em seguida, umedecer uma toalha limpa ou uma gaze com o gel e passar no couro cabeludo cerca de 3 vezes ao dia. Veja outros benefícios desta planta medicinal.  

Ao preparar este remédio caseiro, é importante não usar a casca da folha da babosa, que tem efeitos tóxicos, mas apenas o gel transparente que tem dentro da folha.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em março de 2022.

Bibliografia

  • YAGNIK Darshna et al. Antimicrobial activity of apple cider vinegar against Escherichia coli, Staphylococcus aureus and Candida albicans; downregulating cytokine and microbial protein expression. Scientific Reports . 8. 1; 1-12, 2018
  • PERIASAMY, Gomathi et al.. Cosmetic use of aloe vera - a review. World Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences. Vol.3. 442-449, 2014
Mostrar bibliografia completa
  • BARONE, D.; et al. Guia Médico Remédios e Tratamento Caseiros. Rodale Press Inc, 2001. 77.
  • DEEN, A.; et al. Chemical composition and health benefits of coconut oil: an overview. J Sci Food Agric. 101. 6; 2182-2193, 2021
  • VAUGHN, A.; et al. Natural Oils for Skin-Barrier Repair: Ancient Compounds Now Backed by Modern Science. Am J Clin Dermatol. 19. 1; 103-117, 2018
  • LIN, T-K.; et al. Anti-Inflammatory and Skin Barrier Repair Effects of Topical Application of Some Plant Oils. Int J Mol Sci. 19. 1; 70, 2017
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Como acabar com a CASPA de vez!

    07:17 | 243478 visualizações