Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Quando o bebê já pode dormir sozinho no quarto?

O bebê pode começar a dormir sozinho em seu quarto quando começa a dormir uma noite completa ou quando acorda para mamar no máximo duas vezes por noite. Isto ocorre por volta do 4 ou 6º mês, quando a amamentação está consolidada e o bebê começa a criar seu próprio ritmo.

A Unicef recomenda que o bebê durma no mesmo quarto que os pais, em seu berço, pelo menos até os 6 primeiros meses de vida, por segurança. Porém, por uma questão de comodidade para a mãe, devido à amamentação, essa data pode ser alargada até os 9 ou 10 meses. Depois dessa idade, o bebê poderá ter maior dificuldade para se adaptar a dormir sozinho, uma vez que pode poderá estranhar o novo quarto e ter mais dificuldade para pegar no sono.

É importante relembrar que o bebê até os 2 anos de vida, nunca deve dormir de barriga para baixo, pois há um risco grande de asfixia. O melhor é colocar o bebê sempre deitado de barriga para cima. Para tranquilizar os pais, o que se pode fazer é colocar uma câmera ou uma "babá eletrônica" no quarto, próximo ao bebê, para ouvir e ver se está tudo bem durante a noite, sem precisar entrar no quarto.

Quando o bebê já pode dormir sozinho no quarto?

Como fazer para o bebê adormecer sozinho

Para ensinar o bebê a adormecer sozinho no berço os pais podem:

  • Colocar o bebê no berço ainda acordado: Nesse momento o bebê deve estar calmo, tranquilo e sonolento, notoriamente um bebê que não encontra-se nessas condições não irá adormecer sozinho de forma tranquila e pacífica. 
  • Preferir um berço que balança: Os berços que balançam de um lado para o outro favorecem o sono da criança, e podem ser usados desde a primeira semana de vida. Não ter muitos estímulos no quarto, optando por paredes claras, sem muitos brinquedos ou enfeites coloridos também ajudam o bebê a pegar no sono. Colocar uma música baixa, monótona, como música clássica ou com 'o som do 'útero' também ajudam muito a criança a dormir sozinha.
  • Um adulto deve ficar no quarto: Quando a mãe fica no quarto do bebê e o coloca no berço para dormir, deve ter um ambiente bastante tranquilo, sem luz muito forte. Ficar no quarto dobrando as roupinhas do bebê e sussurrando uma canção de embalar pode ajudar o bebê a pegar no sono, sem estar no colo. O adulto deve permanecer no quarto até se certificar que o bebê está dormindo. Com o passar do tempo será cada vez mais fácil ele pegar no sono dessa forma.

No entanto, existem bebês e crianças que precisam muito da atenção e aconchego dos pais, e preferem dormir no colo, numa cadeira de balanço, ou quando os pais caminham pelo quarto, embalando. Cada bebê é de um jeito, e os pais devem estar atentos às necessidades do bebê, para sua segurança e crescimento sadio. 

Confira outros 6 passos para ensinar o bebê dormir sozinho no berço 

Quando o bebê deve passar para o quarto dele 

O bebê pode dormir no quarto dos pais até quando estes acharem necessário, seja por comodidade porque o bebê acorda muitas vezes durante a noite, por exemplo, ou porque o bebê não tem um quarto somente para ele. Não é recomendado terem mais de 2 adultos no quarto do bebê, por isso, em caso de casa com apenas 1 quarto e 2 ou mais crianças, deve-se ponderar a possibilidade de uma casa maior, onde haverá mais espaço.

Quando o bebê já dorme a noite toda, ou acorda somente 1 ou 2 vezes no meio na noite, e os pais já observaram que isso aconteceu durante, pelo menos, 1 mês inteiro, pode-se passar o bebê para o quarto dele para que durma sozinho.

O bebê também pode dormir em seu quarto logo que chegar da maternidade, no entanto, nos primeiros meses de vida é normal que o bebê acorde muitas vezes durante a noite, para mamar. Os pais devem ir ver o bebê sempre que ele acordar, o que pode tornar-se cansativo. Além disso, estar próximo à mãe facilita a amamentação e, ainda, reduz os riscos de morte súbita.

Quando o bebê já pode dormir sozinho no quarto?

Porque não se deve deixar o bebê chorando 

O choro é uma forma primitiva de comunicação, e o bebê chora quando está com fome, frio, calor, incomodado, doente, tem medo, ou precisa de compania, sendo que a preferida, normalmente, é a dos pais. Quando o bebê chora, ele sabe que está chamando atenção e que precisa de algo, que nem sempre sabe o que é, mas tem noção de que chorando um adulto irá aparecer.

Por isso, não é recomendado deixar o bebê chorando por mais de 5 minutos, porque podem acontecer alterações cerebrais importantes e porque isso compromete a noção de segurança do bebê. Os bebês que quando choram são logo atendidos, ficam mais calmos e emocionalmente mais seguros ao longo de toda vida. 

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem