Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é o pé equino e como é feito o tratamento

Atualizado em Outubro 2019

O pé equino caracteriza-se por uma malformação no pé, que compromete a flexibilidade na região dor tornozelos, dificultando a realização de movimentos, nomeadamente para caminhar e na capacidade de fletir o pé para a parte da frente da perna.

Este problema pode-se manifestar em um pé ou nos dois, e leva a pessoa a compensar o desequilíbrio, colocando mais peso num dos pés ou no calcanhar, a andar na ponta do pé ou mesmo a articular o joelho ou o quadril de forma anormal, podendo levar ao surgimento de complicações.

O tratamento vai depender da causa e do grau de gravidade do problema, e geralmente consiste na realização de fisioterapia, utilização de aparelhos ortopédicos e, em alguns casos, realização de cirurgia.

O que é o pé equino e como é feito o tratamento

Quais as causas

O pé equino pode ocorrer devido a fatores genéticos, ou devido ao encurtamento do músculo da panturrilha ou a uma tensão no tendão de aquiles, podendo ser congênita ou adquirida.

Além disso, o pé equino também pode surgir em pessoas que usam salto alto, que têm uma perna mais curta em relação à outra, que tenham sofrido um traumatismo na região, que tenham tido o membro imobilizado ou que sofram de problemas neurológicos.

Possíveis complicações

Geralmente, as pessoas que têm pé equino, tendem a compensar o desequilíbrio que apresentam entre os dois pés, colocando mais peso num dos pés ou no calcanhar, andando na ponta do pé ou mesmo a articulando o joelho ou o quadril de forma anormal, podendo levar ao surgimento de complicações, como dor no calcanhar, câimbras na panturrilha, inflamação do tendão de Aquiles, pé plano, atrite na região central do pé, surgimento de úlceras de pressão sob o calcâneo, joanetes e dor nos tornozelos e nas pernas.

Além disso, podem surgir também modificações na postura e na forma de caminhar, podendo causar problemas na coluna e dor de costas.

Como é feito o tratamento

O tratamento do pé equino vai depender da sua gravidade e na causa que lhe deu origem, podendo ser feito com fisioterapia, utilização de aparelhos ortopédicos ou outros dispositivos médicos que auxiliem na locomoção, no reposicionamento do pé ou na redução da tensão no tendão de Aquiles.

Além disso, em alguns casos, pode ser necessário realizar uma cirurgia, que geralmente é indicada para situações em que o movimento é impedido pelos ossos ou quando o tendão está encurtado.


Bibliografia

  • F. DUERKSEN. Pé equino-varo rígido e pé curto. Link: <hansen.bvs.ilsl.br>. Acesso em 07 Out 2019
  • FOOT HEALTH FACTS. Equinus. Link: <www.foothealthfacts.org>. Acesso em 07 Out 2019
  • VOLPON, José Batista; NATALE, Leonardo Lima. Avaliação crítica das técnicas cirúrgicas de correção do equino.. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. 46. 1; 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem