Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Dor na lateral do pé: 5 causas e quando ir ao médico

Julho 2020

A dor na lateral do pé seja interna ou externa, pode ter diversas causas como, fadiga muscular, joanete, tendinite ou entorse. Na maioria dos casos se trata de uma dor que não terá duração superior a dois dias e que pode ser tratada em casa com compressas de gelo, repouso e elevação do pé.

É recomendado a busca por um fisioterapeuta e em casos de lesões graves um ortopedista caso dificuldade de colocar o pé no chão e/ou presença de hematomas. Saiba 6 formas de tratar a dor nos pés em casa.

Dor na lateral do pé: 5 causas e quando ir ao médico

1. Fadiga muscular 

Esta é a situação mais comum para o aparecimento de dor na lateral do pé, que pode ocorrer em casos de quedas, caminhadas em terrenos irregulares por longos períodos, inicio de atividade sem alongamento, calçados inadequados para exercícios físicos ou mudança brusca de hábitos, como começar um novo esporte.

O que fazer: elevar o pé ajuda na circulação do sangue rico em oxigênio e consequentemente alivia o desconforto, também recomenda-se repouso e compressas de gelo por 20 a 30 minutos de 3 a 4 vezes ao dia, pode-se colocar as pedras enroladas em um pano para que o gelo não esteja em contato com a pele. Saiba outras 7 dicas de como combater a fadiga muscular.

2. Pisada errada

Algumas pessoas podem ter a pisada irregular, e isso causa alteração do caminhar, além de dores na parte lateral interna ou externa do pé. Napisada supina o pé é mais inclinado para o lado externo, colocando pressão no ultimo dedo, já na pronada, o impulso vem do primeiro dedo e a pisada é voltada para o lado interno do pé. O ideal é ter uma pisada neutra onde o impulso do caminhar se inicia no peito dos pés, assim o impacto é distribuídos igualmente pela superfície do pé. 

O que fazer: caso haja dor, compressas de gelo por 20 a 30 minutos de 3 a 4 vezes ao dia é uma boa forma de aliviar a dor, nunca colocar gelo direto sobre a pele. Consultar um ortopedista pode ser necessário em casos de dores continuas, o tratamento poderá incluir o uso de sapatos especiais ou fisioterapia. Veja também como escolher o tênis apropriado para corrida.

3. Joanete 

O joanete é a deformidade causada pela inclinação do primeiro dedo e/ou último dedo do pé para dentro formando um calo na parte externa ou interna dos pés. Suas causas são diversas, podendo ter fatores genéticos ou do dia-a-dia como sapatos apertados e salto alto.

A formação do joanete é gradual e nas primeiras fases pode apresentar dor nas laterais dos pés.

O que fazer: caso haja aparecimento do joanete existem exercícios que podem ser feitos, além do uso de sapatos mais confortáveis e dispositivos que auxiliam na separação dos dedos dando mais conforto no dia a dia, caso suspeite de inchaço compressas com gelo por 20 a 30 minutos de 3 a 4 vezes ao dia, sem que o gelo toque a pela diretamente. Veja também 4 exercícios para joanetes e como cuidar dos pés.

4. Tendinite 

A tendinite na maioria dos casos é formada por traumas na regiões dos pés causados por movimentos repetitivos ou atividades físicas de alto impacto, como pular corda ou jogar futebol, a dor pode ser na lateral interna ou externa do pé.

O diagnóstico de tendinite é feito por analise de raio X pelo ortopedista, que irá diferencia-lá de uma lesão muscular e inciará o tratamento mais adequado.

O que fazer: deve-se elevar o pé lesionado e fazer compressa de gelo de 20 a 30 minutos por 3 ou 4 vezes ao dia, mas sem colocar gelo direto sobre a pele. Caso seja percebido dor e inchaço após repouso é importante ir ao médico, pois a lesão pode ser grave. 

5. Entorse

A entorse é um tipo de trauma geralmente no tornozelo que pode causar dor na lateral interna ou externa do pé, é um estiramento ou ruptura do músculo que pode ocorrer por atividades de médio e alto impacto como pular corda ou jogar futebol, acidentes como quedas bruscas ou pancadas fortes. 

O que fazer: elevar o pé lesionado e fazer compressa de gelo de 20 a 30 minutos por 3 ou 4 vezes ao dia, sem que gelo esteja em contato direto sobre a pele. Se a dor permanecer é recomendado procurar um ortopedista para avaliação, pois o entorse possui três graus de lesões e é necessário avaliar a necessidade intervenção cirúrgica nos casos mais graves. Saiba mais sobre entorse de tornozelo, sintomas e como tratar.

Quando ir ao médico

É recomendado ir ao médico quando não se nota a melhora dos sintomas e pode-se perceber agravamentos como: 

  • Dificuldade de colocar o pé no chão ou andar;
  • Aparecimento de manchas arroxeadas;
  • Dor insuportável que não teve melhora após uso de analgésicos; 
  • Inchaço;
  • Presença de pus no local;

É importante ir ao médico caso se suspeite de agravamento dos sintomas, pois em certos casos será necessário fazer exames como o de raio X para que seja identificada a causa da dor e iniciado o tratamento mais adequado.

Bibliografia >

  • MÚSCULOS DO PÉ. Anatomia papel e caneta. Disponível em: <https://www.anatomia-papel-e-caneta.com/musculos-do-pe/>. Acesso em 13 Jul 2020
  • REVISTA BRASILEIRA DE ORTOPEDIA. Lesão muscular - fisiopatologia, diagnóstico, tratamento e apresentação clínica. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-36162011000300003>. Acesso em 13 Jul 2020
  • REVISTA DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA. Entorse de tornozelo . Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302009000500008>. Acesso em 13 Jul 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem