Papinhas para bebês de 11 meses: 4 receitas deliciosas

Aos 11 meses, os bebês já fazem 6 refeições por dia, que incluem 2 papas de frutas frescas nos lanches da manhã e da tarde, que complementam o leite materno, ou a fórmula infantil, e duas papas “salgadas” no almoço e no jantar, feitas com cereais ou tubérculos, proteínas, vegetais frescos e leguminosas.  Nas refeições restantes do dia, deve ser oferecido leite materno ou a fórmula infantil.

Os alimentos nesta fase podem ser oferecidos bem picados ou desfiados, passando gradativamente para a mesma refeição da família. Nesta idade, o bebê já consegue levar a comida à boca com mais facilidade, devendo ser estimulado a comer sozinho, porém com a supervisão dos pais ou responsáveis. Veja como pode ser a alimentação do bebê aos 11 meses.

Para que as refeições do bebê sejam variadas e saborosas, podem ser usados temperos naturais, como alecrim, salsa, coentro, alho e cebola. As comidas podem ser ensopadas, grelhadas ou assadas e devem ser servidas de forma separada no prato para o bebê se familiarizar com os diferentes sabores e texturas dos alimentos.

Papinhas para bebês de 11 meses: 4 receitas deliciosas

Veja a seguir 4 receitas de papinhas para a alimentação complementar do bebê aos 11 meses:

1. Papinha de macarrão com tomate

O macarrão tem ótimas quantidades de carboidrato, nutriente fundamental para fornecer energia para o corpo, ajudando no desenvolvimento. O tomate é rico em vitamina C e antioxidantes que favorecem as defesas do organismo do bebê.

Ingredientes:

  • 1 tomate grande picado em cubos grandes;
  • 1 xícara de chá de macarrão cru;
  • 2 xícaras de chá de água filtrada;
  • 1 ovo de galinha;
  • 1 colher de chá de azeite;
  • 1 colher de chá de alho picado;
  • 1 colher de café de cheiro verde picado.

Modo de preparo:

Levar a água para ferver em uma panela. Acrescentar o macarrão e o ovo, deixando cozinhar por 10 minutos. Escorrer o macarrão, retirar o ovo e reservar. Em outra panela, aquecer o azeite e refogar o alho e a cebola por 2 minutos. Adicionar o tomate e refogar por mais 5 minutos ou até o tomate ficar bem macio, mas sem desmanchar.

Em um prato, colocar 1 colher de sopa de macarrão cozido e amassar grosseiramente com um garfo. Adicionar 1 colher de sopa do tomate refogado e picar ou amassar grosseiramente. Colocar ½ ovo cozido, picado em pedaços pequenos. Para complementar a refeição, pode-se acrescentar 1 colher de sopa de grão de bico cozido e amassado. Servir os alimentos mornos e de forma separada no prato para o bebê.

2. Papinha de carne com abóbora e inhame

A carne é rica em ferro, um mineral importante para a produção de glóbulos vermelhos no sangue e no transporte de oxigênio no organismo. Já a carne é rica em proteína, nutriente fundamental para o desenvolvimento.

Ingredientes:

  • 1 colher de sobremesa de azeite;
  • ½ cebola picada;
  • 1 dente de alho picado;
  • 2 colheres de sopa de carne moída;
  • 1 inhame pequeno cortada em cubos;
  • 2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos;
  • 1 colher de sobremesa de salsinha picada.

Modo de fazer:

Levar uma panela ao fogo, adicionar o azeite a cebola e o alho, refogando por 2 minutos. Acrescentar a carne e refogar por mais 5 minutos. Em seguida, acrescentar o inhame e a abóbora, refogando por 2 minutos. Colocar água filtrada em quantidade suficiente para cobrir os alimentos. Tampar a panela e deixar cozinhar por 15 a 20 minutos ou até que os legumes estejam macios, mas inteiros. no último minuto, adicionar a salsa picada e misturar.

Em um prato, colocar 1 colher de sopa de carne moída. Adicionar 1 colher de sopa de abóbora e picar em pedaços pequenos. Acrescentar 1 colher de sopa de inhame e picar em pedaços pequenos. Para completar a refeição, acrescentar 1 colher de sopa de feijão, amassado grosseiramente. Servir os alimentos mornos e de forma separada no prato para o bebê.

3. Papinha de peixe com batata doce

Além de ser uma ótima fonte de proteínas, o peixe tem boas quantidades de cálcio e vitamina D, nutrientes que ajudam no desenvolvimento e manutenção da saúde dos ossos e dentes.

Ingredientes:

  • 50 g gramas de filé de peixe sem espinha;
  • 1 batata doce média;
  • 1 cenoura média em cubos grandes;
  • 1 colher de chá de azeite;
  • 1 colher de chá de alho picado;
  • 1 colher de chá de cebola picada;
  • 1 e ½ xícara de água filtrada;
  • 1 colher de café de salsinha.

Modo de preparo:

Em uma panela, refogar o alho e a cebola no azeite. Acrescentar o peixe, a cenoura, as ervas e 1 ⁄ 2 xícara de chá de água filtrada. Deixar cozinhar por 10 minutos ou até o peixe e a cenoura ficarem macios e reservar. Descascar a batata doce, picar e cozinhar em uma panela com 1 xícara de água filtrada até ficar bem macia, mas sem desmanchar. Escorrer a batata e reservar. 

Em um prato, acrescentar 1 colher de sopa do peixe cozido e desfiar. Adicionar 1 colher de sopa de cenoura e amassar com um garfo. Colocar 1 colher de sopa da batata doce e amassar grosseiramente. Uma sugestão para complementar a refeição, é adicionar 1 colher de sopa de feijão fradinho cozido e amassado com um garfo. Servir os alimentos mornos e de forma separada no prato para o bebê.

4. Papinha de abacate

O abacate é rico em gorduras saudáveis, fornecendo energia para o desenvolvimento do corpo e do cérebro. Além disso, a fruta tem ótimas quantidades de fibras que ajudam no bom funcionamento do intestino, evitando a prisão de ventre.

Ingredientes:

  • ¼ de abacate ou ½ avocado (hass) maduro.

Modo de preparo:

Lavar bem o abacate e o limão. Descascar o abacate, retirar a semente e reservar a metade.  Picar a metade ou 1 ⁄ 4 do abacate, amassar grosseiramente com um garfo e oferecer ao bebê nos lanches da manhã ou da tarde.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE, DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA, COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO. Guia alimentar para crianças menores de 2 anos. 2018. Disponível em: <https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/julho/12/Guia-Alimentar-Crianca-Versao-Consulta-Publica.pdf>. Acesso em 04 Ago 2021
  • PORTFIR. Tabela de Composição dos Alimentos. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/>. Acesso em 04 Ago 2021
Mais sobre este assunto: