Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

As manchas vermelhas na pele do bebê podem aparecer devido ao contato com uma substância alergênica como cremes ou o material da fralda, por exemplo, ou estar relacionadas com diversas doenças de pele, como dermatite ou eritema.

Por isso, é muito importante ligar ou consultar o pediatra para ele fazer o diagnóstico e orientar o tratamento adequado, logo que apareçam manchas vermelhas na pele do bebê, principalmente se houver o aparecimento de outros sintomas como febre, choro persistente ou feridas na pele.

1. Dermatite alérgica

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

A dermatite alérgica, também conhecida como dermatite de contato, acontece quando a pele do bebê entra em contato com substâncias irritantes, como cremes, urina ou materiais sintéticos, por exemplo. Como consequência desse contato, há o aparecimento de manchas vermelhas e que coçam, podendo haver descamação da pele em alguns casos, inchaço e aparecimento de pequenas bolhas no local.

As manchas da dermatite alérgica pode aparecer logo que o bebê entra em contato o fator responsável pela alergia ou demorar até 48 horas para aparecer.

Como tratar: É importante identificar qual a causa da dermatite, pois assim e possível evitar o alergênio que está provocando alergia, usar cremes emolientes, como Mustela ou pomadas com corticoides prescritas pelo pediatra, já que ajudam a aliviar os sintomas e desconforto sentido pelo bebê. Saiba mais sobre a dermatite alérgica no bebê.

2. Dermatite da fralda

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

A dermatite de fralda acontece quando o bebê permanece por muito tempo com a mesma fralda, havendo contato prolongado com a urina ou as fezes que possa ter eliminado durante o período. Assim, é possível notar o aparecimento de manchas vermelhas na pele no bebê, principalmente nas dobrinhas da pele que estão em contato com a fralda.

O que fazer: Nesse caso, o pediatra pode indicar o uso de pomadas para assaduras contendo vitamina A, que ajuda a regenerar a pele mais rápido e mudar a fralda de forma mais frequente, sempre que o bebê fizer xixi ou cocô. Quanto menos tempo o bebê permanecer em contato com sua própria urina e fezes, melhor será para sua recuperação.

Além disso, algumas fraldas podem causar alergia na pele do bebê, e, por isso se ao trocar a fralda suja do bebê, continuar havendo o aparecimento de manchas vermelhas na pele, é recomendado trocar o tipo de fralda, dando preferência a fraldas para pele sensíveis.

3. Brotoeja

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

As brotoeja costuma aparecer como consequência do calor excessivo e do suor e pode ser caracterizada por manchas vermelhas que coçam e surgimento de pequenas bolhas na pele do bebê, principalmente pescoço, abdômen, axilas e pernas.

Como tratar: A brotoeja normalmente desaparece naturalmente, no entanto para aliviar os sintomas é recomendado manter a pele do bebê seca e limpa, vestir roupas frescas e passar um creme para alergia prescrito pelo pediatra. Saiba mais sobre a brotoeja no bebê.

4. Eritema tóxico

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

O eritema tóxico é um problema de pele que pode surgir algumas horas após o nascimento e é caracterizado pelo aparecimento de manchas vermelhas, arredondadas, com bordas mal definidas e ligeiramente elevadas, podendo ter um pequeno ponto branco ou amarelo no centro.

As manchas do eritema tóxico surgem principalmente no tórax, rosto, braços e bumbum, e duram cerca de 2 semanas. Veja mais sobre o eritema tóxico.

Como tratar: Não há tratamento específico para o eritema tóxico, já que não está associada a complicações ou desconforto para o bebê e costuma desaparecer depois de algumas semanas. No entanto, o pediatra pode indicar o uso de sabonetes e cremes hipoalergênicos.

5. Doença da bofetada

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

A doença da bofetada, também conhecida como eritema infeccioso, é uma doença causada por vírus que afeta os pulmões e que leva ao aparecimento de manchas vermelhas, especialmente nas bochechas, podendo surgir depois nas costas, barriga, braços e pernas. Apesar da doença da bofetada ser contagiosa, a partir do momento em que surgem as manchas, já não há risco de transmitir a doença.

Como tratar: É importante seguir o tratamento indicado pelo pediatra que tem como objetivo aliviar os sintomas da doença da bofetada, podendo ser recomendado para isso o uso de remédios anti-histamínicos, remédios anti-térmicos ou analgésicos. Entenda como é feito o tratamento para a doença da bofetada.

6. Roséola

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

A roséola é uma doença causada por vírus em que há o aparecimento de pequenas manchas vermelhas no tronco, pescoço e braços, que podem ou não coçar. A roséola dura cerca de 7 dias e é contagiosa, sendo transmitida através do contato com a saliva. Veja mais detalhes sobre a transmissão da roséola.

Como tratar: O tratamento para roséola deve ser indicado pelo pediatra e tem como objetivo controlar os sintomas da doença, podendo ser recomendado remédios para a febre e a adoção de alguns cuidados como evitar mantas e cobertores, dar banhos com água morna e colocar um pano molhado em água fresca na testa e axilas.

7. Hemangioma

Manchas vermelhas no bebê: o que pode ser e como tratar

O hemangioma corresponde à uma mancha vermelha ou roxa, como ou sem elevação e saliência, que surge devido ao acúmulo anormal de vários vasos sanguíneos, podendo surgir em várias partes do corpo, sendo mais comum no rosto, pescoço, couro cabeludo e tronco. 

O hemangioma na criança normalmente surge nas primeiras duas semanas de vida, mas diminui ao longo do tempo, podendo desaparecer até os 10 anos de idade.

Como tratar: O hemangioma normalmente desaparece sozinho, não sendo necessário tratamento, no entanto, é importante que o bebê seja acompanhado pelo pediatra para que seja feita a avaliação de sua evolução.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem