Brotoeja: o que é, sintomas, causas e tratamento

A brotoeja, também conhecida como miliária, é uma resposta do organismo ao excesso de calor e suor, que leva ao aparecimento de pequenas bolinhas vermelhas na pele que causam coceira e ardor, sendo mais frequente no rosto, pescoço, costas, peito e coxas.

As bolinhas da brotoeja não são graves e tendem a desaparecer naturalmente, sendo apenas recomendado manter a pele limpa e seca, para evitar aumento da irritação.

A brotoeja ocorre quando as glândulas de suor ficam bloqueadas e o corpo transpira mais que o normal. Por isso, a brotoeja é muito comum em bebês, principalmente recém-nascidos porque ainda têm as glândulas de suor pouco desenvolvidas, podendo também aparecer em adultos, especialmente quando o clima está muito quente ou quando se está com febre alta. Conheça outras causas de manchas vermelhas na pele.

Brotoeja: o que é, sintomas, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns da brotoeja são:

  • Pequenas bolinhas na pele, semelhantes a espinhas;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Coceira e sensação de ardor;
  • Ligeiro inchaço na pele.

As bolinhas de brotoeja podem aparecer em qualquer parte do corpo e, por vezes, podem se espalhar por várias regiões corporais. No entanto, a brotoeja não é contagiosa e não passa de uma pessoa para outra.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico de brotoeja geralmente é facilmente confirmado por um dermatologista através da observação dos sintomas e da avaliação do histórico da pessoa.

Quando a brotoeja aparece muito frequentemente, o dermatologista pode recomendar realizar uma biópsia de pele para avaliar se existe algum problema de pele mais específico que necessite de tratamento.

O que causa a brotoeja

A brotoeja é causada por uma inflamação das glândulas de suor que pode acontecer devido a:

  • Imaturidade das glândulas, em recém-nascidos;
  • Ambiente muito quente e úmido;
  • Atividade física muito intensa;
  • Febre alta.

Além disso, pessoas que estão utilizando curativos oclusivos na pele também podem desenvolver brotoeja na região da pele onde o curativo se encontra grudado, por dificultar o processo de respiração da pele.

Como é feito o tratamento

Não existe um tratamento específico para a brotoeja, já que tende a desaparecer naturalmente. No entanto, para aliviar os sintomas como coceira e irritação, é importante adotar alguns cuidados como:

  • Evitar a exposição solar;
  • Usar ventilador em casa;
  • Usar roupas frescas, largas e de algodão;
  • Tomar banho de água morna/fria e usar um sabonete neutro, sem fragrâncias ou corantes;
  • Deixar a pele secar naturalmente, sem usar toalha;
  • Aplicar compressas frias nos locais afetados;
  • Evitar o uso de cremes ou perfumes.

Além disso, o médico também pode receitar o uso de cremes calmantes, como é o caso das loções com calamina, ou pomadas anti-histamínicas, como Polaramine ou Profergan. Veja como tratar a brotoeja com remédios naturais.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • NHS. Heat rash (prickly heat). Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/heat-rash-prickly-heat/>. Acesso em 23 Jun 2021
  • DERMANET NZ. Miliaria. Disponível em: <https://dermnetnz.org/topics/miliaria/>. Acesso em 23 Jun 2021
Mais sobre este assunto: