Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Desmaio em crianças: O que fazer e Possíveis Causas

O que se deve fazer caso uma criança desmaie é:

  1. Deitar a criança e levantar as suas pernas pelo menos 40 cm durante alguns segundos até que recupere a consciência;
  2. Colocar a criança de lado para ela não se engasgar, caso não recupere do desmaio e exista risco de a língua cair;
  3. Desapertar as roupas apertadas para que a criança que possa respirar mais facilmente;
  4. Manter a criança aquecida, colocando cobertores ou roupa sobre ela;
  5. Deixar a boca da criança destapada e evitar dar algo para beber.

Na maioria dos casos, o desmaio é relativamente comum e não significa nenhum problema sério, no entanto, se a criança não recuperar a consciência depois de 3 minutos, é importante chamar uma ambulância para que seja avaliada por profissionais de saúde.

Desmaio em crianças: O que fazer e Possíveis Causas

O que fazer após o desmaio

Quando a criança recupera a consciência e acorda é muito importante acalmá-la e levantá-la lentamente, começando por sentar primeiro e, só depois de alguns minutos, levantar.

É possível que durante este processo a criança se sinta mais cansada e sem energia, por isso, pode-se colocar um pouco de açúcar debaixo da língua para que vá derretendo e sendo engolido, aumentando a energia disponível e facilitando a recuperação.

Durante as 12 horas seguintes é também importante ficar atento a alterações de comportamento e, até, possíveis novos desmaios. Caso isso aconteça, deve-se ir no hospital para tentar identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado.

Possíveis causas para o desmaio

O mais comum é que a criança desmaie devido a uma queda de pressão arterial, que faz com que o sangue tenha mais dificuldade de chegar no cérebro. Essa queda de pressão pode acontecer quando a criança não bebe água suficiente, esteve brincando muito tempo ao sol, está num ambiente fechado ou se levantou muito rápido depois de estar sentada por muito tempo.

Além disso, o desmaio também pode acontecer devido a uma diminuição acentuada dos níveis de açúcar no sangue, especialmente se a criança esteve muito tempo sem comer.

Os casos mais graves, como presença de alterações no cérebro ou outras doenças graves são bem mais raras, mas devem ser avaliadas por um pediatra ou neurologista, caso os desmaios estejam acontecendo frequentemente.

Quando ir ao médico

Embora muitas situações de desmaio não sejam graves e possam ser tratadas em casa, é importante ir ao hospital se a criança:

  • Apresenta dificuldade para falar, ver ou movimentar-se;
  • Tem alguma ferida ou machucado;
  • Tem dor no peito e batimento cardíaco irregular;
  • Tiver um episódio de convulsões.

Além disso, se a criança estava bastante ativa e desmaiou repentinamente, também é importante fazer uma avaliação no neurologista, por exemplo, para identificar se existe alguma alteração a nível cerebral.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem