Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Meningite bacteriana é contagiosa - Saiba se proteger

A meningite bacteriana é uma infecção grave que pode ter como sequelas surdez e alterações cerebrais, como epilepsia. Ela pode ser transmitida de uma pessoa para outra através de gotículas de saliva ao falar, comer ou beijar, por exemplo. Assim, algumas medidas para evitar a meningite bacteriana são:

  • Lavar as mãos frequentemente, usando água e sabão, especialmente após comer, utilizar o banheiro ou assoar o nariz;
  • Evitar estar em contato com pacientes infectados com meningite por muito tempo, não tocando em saliva ou secreções respiratórias que possam estar em lenços, por exemplo;
  • Não compartilhar objetos e comida, evitando usar os talheres, pratos ou batons da pessoa infectada;
  • Ferver todos os alimentos, pois as bactérias responsáveis pela meningite são eliminadas a temperaturas superiores a 74ºC;
  • Colocar o antebraço na frente da boca sempre que tossir ou espirrar;
  • Utilizar máscara sempre que for necessário estar em contato com um paciente infectado;
  • Evitar frequentar locais fechados com muita gente, como shoppings, cinemas ou mercados, por exemplo.

Além disso, é recomendado manter o sistema imune fortalecido tendo uma alimentação equilibrada, fazendo exercício físico regularmente e descansando o suficiente. Uma boa dica para fortalecer o sistema imune é tomar o chá de equinácea todos os dias. Este chá pode ser comprado em lojas de produtos naturais, farmácias e alguns supermercados. Veja como é feito o chá de equinácea.

Meningite bacteriana é contagiosa - Saiba se proteger

Principais sintomas e como se prevenir

A meningite bacteriana é uma doença causada por bactérias, normalmente Neisseria meningitidis, Streptococcus pneumoniae, Mycobacterium tuberculosis ou Haemophilus influenzae, levando ao surgimento de sintomas como dor de cabeça, rigidez na nuca, febre e falta de apetite, vômitos e presença de manchas vermelhas na pele. Saiba como identificar a meningite bacteriana.

A melhor forma de se prevenir contra esse tipo de meningite é por meio da vacina DTP + Hib (tetravalente) ou Vacina contra o H. influenzae tipo b – Hib, segundo orientação médica. No entanto, esta vacina não é 100% eficaz e também não protege contra todos os tipos de meningite. Veja quais são as vacinas que protegem contra a meningite.

Se algum familiar próximo estiver com meningite o médico pode recomendar que você também tome antibióticos como a Rifampicina durante 2 ou 4 dias para se proteger da doença. Este medicamento também é recomendado para proteger a gestante quando alguém que vive na mesma casa que ela foi diagnosticado com a doença.

Pessoas com maios risco de pegar meningite

O risco de pegar meningite bacteriana é maior em bebês, idosos e pessoas com sistema imune enfraquecido, como pacientes com HIV ou que estejam fazendo tratamento como a quimioterapia, por exemplo.

Assim, sempre que existir suspeita de que alguém possa estar infetado com meningite, é recomendado ir ao hospital para fazer um exame de sangue ou das secreções, para despistar a doença e iniciar o tratamento com antibióticos na veia, como Amoxicilina, evitando o desenvolvimento da meningite bacteriana. Veja quem tem mais risco de pegar meningite.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Carregando
...