Dieta para asma: alimentos permitidos e o que evitar

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
agosto 2022
  1. O que comer
  2. Cardápio
  3. O que evitar

A dieta para asma deve ser saudável e variada, devendo-se priorizar a ingestão de frutas e vegetais, como espinafre, laranja e goiaba, porque são ricos em vitamina C e carotenoides, nutrientes que diminuem a inflamação, aliviando os sintomas da asma, como tosse e chiado no peito.

Além disso, os alimentos ricos em ômega 3 e vitamina E como sardinha, abacate e azeite de oliva também devem ser consumidos, porque possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, fortalecendo o sistema imunológico e diminuindo sintomas da asma. Conheça outros tipos de alimentos anti-inflamatórios.

Durante a asma é importante também evitar o consumo de alimentos ricos em açúcar, já que os carboidratos consomem muito oxigênio quando são digeridos e aumentam os níveis de dióxido de carbono no organismo, podendo dificultar a respiração.

Alimentos que devem ser priorizados

Os alimentos que devem ser priorizados são os ricos em vitamina C, carotenoides, vitamina E e ômega 3, nutrientes que fortalecem o sistema imunológico, ajudando a aliviar os sintomas da asma. Por isso, os alimentos que devem ser consumidos são:

  • Frutas frescas, como laranja, goiaba, acerola, romã, melancia, morango e limão;
  • Legumes e hortaliças, como cenoura, agrião, abóbora, rúcula, tomate, espinafre e couve;
  • Cereais integrais com moderação, como arroz integral, aveia, quinoa e pão integral;
  • Peixes ricos em ômega 3, como sardinha, arenque, atum e salmão;
  • Laticínios com baixo teor de gordura, como leite semidesnatado, iogurte semidesnatado e queijos brancos;
  • Proteínas com pouca gordura, como frango, tofu, ovos e peru;
  • Gorduras saudáveis, como azeite, óleo de linhaça e óleo de abacate;
  • Bebidas vegetais, como leite de arroz, de soja, de aveia e de amêndoas;
  • Sementes e castanhas, como semente de linhaça, de abóbora e de chia, castanha-do-pará e nozes.

É importante também ingerir no mínimo 2 litros de água por dia, porque facilita a diluição e a eliminação das secreções. Além disso, alguns remédios caseiros como chá de gengibre, de tomilho e de unha-de-gato também podem ser usados para aliviar a tosse e o mal estar. Veja os remédios caseiros que ajudam a aliviar os sintomas da asma.

Apesar de se acreditar que os leites e derivados podem estimular a produção de muco, piorando a asma, estudos [1] [2] recentes comprovam que essa relação não existe e que a mistura da saliva com o leite, formando um líquido espesso na boca e garganta, é que causa uma sensação de aumento na produção do muco.

É importante lembrar que a alimentação não cura a asma e, por isso, deve ser usada para complementar o tratamento indicado pelo pneumologista.

Exemplo de cardápio para asma

A tabela a seguir traz um exemplo de cardápio de 3 dias para ajudar no tratamento da asma:

Refeição

Dia 1

Dia 2

Dia 3

Café da manhã

1 xícara de chá de gengibre s/ açúcar + ½ pão francês integral + omelete feita com 1 ovos e tomate

1 xícara de café com bebida vegetal de aveia  s/ açúcar + 1 tapioca com ricota e sementes de gergelim + 6 morangos

½ pão integral com 2 fatias médias de queijo Minas + 1 copo de suco de suco natural de caju

Lanche da manhã

1 iogurte natural semidesnatado com 1 col de sopa de aveia

1 kiwi médio

20 unidades de amendoim + 2 fatias de abacaxi

Almoço

2 sardinhas assadas + 2 col de sopa de arroz integral + 1 prato de sobremesa de  abobrinha e tomate assados com 1 col de sopa de azeite de oliva, alecrim e pimenta do reino + 1 goiaba

1 filé de peito de frango grelhado + 2 col de sopa de quinoa + 4 col de sopa de salada de pepino, maxixe e tomate, temperada com vinagre e  1 col de sobremesa de azeite de oliva + 1 fatia média de melancia

1 sobrecoxa de frango ensopada com 1 batata média + 1 prato de sobremesa salada de alface, rúcula e tomate temperada com 1 col de sobremesa de azeite de oliva e vinagre + 1 laranja

Lanche da tarde

1 tangerina média + 2 castanhas-do-pará

1 banana em rodelas + 1 colher de sopa de chia e canela em pó

1 pera com casca + 4 nozes

Jantar

1 prato de sopa com abóbora, aipim, abobrinha, peito de frango, tomate e azeite + 1 fatia pequena de melão

1 berinjela média assada, recheada com tofu, molho de tomate caseiro e ervas + 1 prato de sobremesa de salada de alface, agrião e tomate, temperada com 1 col de sobremesa de azeite + 1 tangerina

1 posta de salmão  assado + + 2 col de sopa de arroz integral + 4 col de sopa de pimentões, berinjela e tomate assados com 1 col de sobremesa de azeite + 200 ml de suco de acerola

Esse cardápio é apenas um modelo, onde os tipos e as quantidades de alimentos podem variar de acordo com idade, sexo e estado de saúde de cada pessoa. Por isso, é aconselhado passar por uma consulta com um nutricionista para que seja feita uma avaliação completa e uma dieta de acordo com as necessidades individuais.

Confira com a nutricionista Tatiana Zanin outras dicas para aliviar a asma:

Alimentos que podem piorar a asma

Os alimentos que aumentam a inflamação no organismo e que podem piorar a asma devendo, por isso, ser evitados, são:

  • Alimentos doces, como refrigerantes, açúcar, biscoitos, sorvetes, geleias, e bolos;
  • Alimentos ricos em gorduras ruins, como margarina, salgadinhos de pacote, refeições do tipo fast food, batata frita e molhos prontos;
  • Embutidos, como salame, linguiça, presunto, mortadela e salsicha;
  • Cereais refinados, como arroz branco, pão branco e macarrão branco;
  • Proteínas com muita gordura, como picanha e costela bovina, carne de cordeiro e carne de porco;
  • Bebidas alcoólicas, como vinhos, espumante de cerveja.

Além disso, durante as crises de asma é recomendado também evitar alimentos que podem aumentar a produção de gases em algumas pessoas, como brócolis, couve-flor, bebidas com gás, alho e feijão, porque o excesso de gases aumenta o inchaço na barriga, podendo dificultar a respiração. Veja outros alimentos que podem aumentar a produção de gases.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em agosto de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em agosto de 2022.

Bibliografia

  • AUTRALIAN SOCIETY OF CLINICAL IMMUNOLOGY AND ALLERGY. Milk, Mucus and Cough. Disponível em: <https://www.allergy.org.au/patients/food-other-adverse-reactions/milk-mucus-and-cough>. Acesso em 16 ago 2022
  • BALFOUR-LYNN, M, Ian. Milk, mucus and myths. British Medical Journal. Vol.104. 91-93, 2019
Mostrar bibliografia completa
  • NATIONAL ASTHAM CONCIL - AUSTRALIA. The asthma milk myth - busted. Disponível em: <https://www.nationalasthma.org.au/news/2016/asthma-milk-myth>. Acesso em 16 ago 2022
  • ALWARITH, Jihad et al. The role of nutrition in asthma prevention and treatment. Nutrition Reviews. Vol.78. 11.ed; 928–938, 2020
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 5 EXERCÍCIOS PARA FORTALECER O PULMÃO | com @Mirca Fisioterapia e Bem-estar

    06:03 | 727965 visualizações
  • O que comer para asma

    02:48 | 305677 visualizações