O que comer com a garganta inflamada (e o que evitar)

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
abril 2022

Os alimentos que devem ser consumidos para aliviar a dor e o desconforto da garganta inflamada devem ter consistência líquida ou pastosa, devendo estar em temperatura ambiente, pois assim é mais fácil de deglutir os alimentos e ajudar a diminuir a inflamação. Algumas opções são a papa de aveia, a sopa de abóbora processada, sucos naturais e purê de batata, por exemplo.

Além disso, para combater a inflamação na garganta, também pode ser incluído na alimentação alguns alimentos como mel e o chá de limão, equinácea ou gengibre, já que ajudam a diminuir a inflamação e a dor de garganta, além de fortalecer o sistema imunológico para que o organismo combata melhor a inflamação.

É importante ressaltar que se a dor de garganta não diminuir em 3 dias, o médico deve ser consultado para que seja feita uma avaliação e seja indicado o tratamento mais adequado. Veja mais sobre o que fazer em caso de garganta inflamada.

Alimentação para dor de garganta

Para aliviar a dor de garganta e a inflamação, é recomendado realizar uma alimentação de consistência pastosa ou líquida, podendo ser incluídos na alimentação os seguintes alimentos:

  • Mingaus;
  • Sopa de abóbora, cenoura, aspargos ou aipo;
  • Purê de frutas, como maçã, pêra, pêssego, banana, manga ou abacate;
  • Macarrão;
  • Suco de frutas que não sejam ácidas;
  • Iogurte natural, leite e queijos brancos suaves, como cottage, ricotta ou mussarela;
  • Gelatina, picolé de frutas, geleia e mel;
  • Ovos mexidos;
  • Carne moída de boi ou de frango e peixe, frango ou carne desfiados;
  • Chás, como de limão, feno-grego, hortelã-pimenta, camomila e equinácea;
  • Bebidas vegetais, como leite de amêndoas, avelã, aveia e coco.

Além desses alimentos, é importante usar alho e cebola na preparação dos alimentos, pois contêm uma substância chamada alicina, que possui propriedade anti-inflamatória e antibacteriana.

Chocolate faz mal para garganta inflamada?

O chocolate possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, além de possui gordura, o que ajuda a lubrificar a garganta, sendo, portanto considerado um ótimo remédio caseiro para dor de garganta.

No entanto, caso a dor de garganta seja muito intensa ao ponto de ser difícil engolir, é recomendado colocar um quadradinho de chocolate na boca e deixa derreter, assim fica mais fácil para engolir.

Conheça algumas opções de remédios caseiros para dor de garganta.

O que não comer com dor de garganta

Os alimentos que devem ser evitados quando se tem dor de garganta são alimentos duros, como torradas, cereais ou granola porque podem arranhar a garganta ao engolir e aumentam a dor. Os sucos de frutas ácidas, como laranja ou abacaxi também devem ser evitados, pois podem aumentam a dor ao passar na garganta inflamada.

Além disso, deve-se também evitar o consumo de café, molhos, alimentos picantes e pimenta, e bebidas alcoólicas.

Opção de cardápio para garganta inflamada

A tabela a seguir traz uma opção de cardápio para 3 dias que pode ser seguida em caso de inflamação na garganta:

Refeições principaisDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã1 xícara de papa de aveia com 1/2 banana cortada em rodelas e canela em pó + 1 xícara de chá de limão com 1 colher de chá de mel1 xícara de chá de gengibre com 1 colher de chá de mel + 2 ovos mexidos acompanhado com 4 fatias finas de abacate1 xícara de chá de feno-grego com 1 colher de chá de mel + 2 panquecas médias preparadas com farinha de aveia, banana e canela + pasta de amendoim
Lanche da manhã1 banana no micro-ondas com 2 quadradinhos de chocolate negro cortado em pequenos pedaços e um pouco de canela200 mL de iogurte natural com banana cortada em rodelas1 maçã no forno com canela
Almoço/ jantar1 porção de sopa de cenoura + 90 gramas de frango desfiado + 1 colher de sopa de purê de batata + 1 xícara de vegetais cozidos (brócolis e cenoura) temperados com 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 xícara de manga cortado em pedaços pequenos90 gramas de carne moída com 1 xícara de macarrão, acompanhada por 1 xícara de salada cozida (abobrinha, cebola e berinjela), temperada com 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 pêra no forno com canela90 gramas de peixe desfiado acompanhado por purê de cenoura e 1 xícara de vegetais cozidos (couve-flor, brócolis e cenoura), temperada com 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 banana
Lanche da tarde1 xícara de chá de gengibre com 1 colher de chá de mel + 1 cupcake caseiro1 porção de gelatina1 picolé de frutas

As quantidades indicadas no cardápio variam de acordo com a idade, gênero, atividade física e presença de doenças associadas, e, por isso, é importante que o nutricionista seja consultado para que seja feita uma avaliação completa e o plano alimentar possa ser adaptado às necessidades de cada um.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em abril de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em abril de 2022.
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • 5 remédios caseiros para acabar com a DOR DE GARGANTA

    23:04 | 171171 visualizações
  • 7 Remédios Caseiros para a DOR DE GARGANTA

    01:37 | 772628 visualizações
  • CURAR A DOR DE GARGANTA com remédios naturais incríveis

    05:41 | 1130456 visualizações