O que comer após uma apendicite (com cardápio)

A alimentação depois da apendicite deve ser leve e de fácil digestão. No hospital, a alimentação tem início nas primeiras 24 horas após a operação, devendo ser composta por líquidos claros, como caldo de galinha e sucos diluídos, para avaliar a tolerância aos alimentos e facilitar o funcionamento do intestino, evitando a dor e o mal-estar.

A apendicite é a inflamação de uma porção do intestino grosso chamada apêndice. Essa situação é considerada uma urgência médica, sendo necessária a realização de cirurgia para retirar o apêndice. De forma geral, a pessoa permanece 24 horas internada, sendo depois liberada para casa.

Em caso, é importante beber bastante líquidos e ter uma alimentação de consistência branda e de fácil digestão durante os primeiros dias após a cirurgia, diminuindo o risco de complicações, já que criam menos estresse a nível trato gastrointestinal.

Imagem ilustrativa número 3

Alimentos permitidos

Os alimentos que podem ser consumidos depois da cirurgia de apendicite são:

  • Frutas, como pera, maçã, ou pêssego sem casca, sem semente e cozido, de preferência;
  • Vegetais cozidos, como cenoura, abobrinha, berinjela, e abóbora;
  • Tubérculos cozidos, como batata ou batata doce sem pele;
  • Cereais, como arroz e macarrão;
  • Peixes e peito de peru sem pele;
  • Leite desnatado, iogurte natural e queijos brancos baixos em gordura;
  • Pão branco e bolacha cream cracker;
  • Caldo de galinha, caldo de vegetais e creme de abóbora ou cenoura;
  • Gelatina e geleia de frutas.

É ainda muito importante beber 1,5 a 2 litros de água por dia para prevenir prisão de ventre e reduzir a pressão abdominal que é preciso fazer na hora de evacuar. Para dar sabor às comidas, é possível usar ervas aromáticas, como orégano, coentro e salsa, por exemplo. Veja outros cuidados que se deve ter após a cirurgia ao apêndice.

Os alimentos devem ser preparados grelhados, cozidos ou no vapor. Além disso, também é importante comer em pequenas porções e várias vezes ao dia, realizando 3 refeições principais e 2 ou 3 lanches.

O que não pode comer após a cirurgia

Durante o pós-operatório imediato deve-se evitar:

  • Alimentos ricos em gordura, como snacks, embutidos, frituras, manteiga, molhos, pizzas, embutidos, queijos amarelos, sorvetes e leite integral;
  • Alimentos industrializados ricos em açúcares, biscoitos, muffins, bolos e iogurte açucarados;
  • Bebidas alcoólicas e bebidas ricas em cafeína, como café, chá verde e chá preto, por exemplo;
  • Alimentos picantes e pimenta;
  • Alimentos ricos em fibras, vegetais e frutas cruas e com casca;
  • Alimentos integrais;
  • Frutos secos e sementes, como avelãs, amendoim, nozes, sementes de girassol, chia ou linhaça.

Os alimentos que favorecem a produção de gases intestinais, como o feijão, repolho, brócolis e aspargos, por exemplo, também devem ser evitados durante 1 semana, já que podem causar mal-estar e dor abdominal. Conheça mais sobre os alimentos que causam gases.

Por quanto tempo deve-se manter essa dieta?

Essa dieta deve ser mantida por pelo menos 3 dias, podendo voltar a ter uma alimentação equilibrada e saudável, de consistência normal, caso a pessoa não tenha apresentado qualquer sinal de intolerância ou complicação.

Cardápio de 3 dias para apendicite

Na tabela a seguir é indicado um exemplo de cardápio de 3 dias de uma dieta semi-sólida para o pós-operatório de uma apendicectomia;

Refeições Dia 1 Dia 2 Dia 3
Café da manhã 1 xícara de chá de camomila sem açúcar + 2 fatias de pão branco com queijo branco + 1 maçã média sem pele e cozida 1 xícara de chá de camomila sem açúcar + wrap com queijo branco + 1 pera média cozida 1 xícara de chá de tília + ovos mexidos com pão branco + 2 pêssegos sem pele e cozidos
Lanche da manhã 1 xícara de chá de camomila sem açúcar + bolachas cream cracker 1 unidade de iogurte natural 1 xícara de gelatina
Almoço/ Jantar Caldo de vegetais + frango desfiado, acompanhado por purê de batata e salada cozida de berinjela e cenoura Caldo de galinha + peito de peru em tiras como purê de batata doce, acompanhada de salada cozida de cenoura e abobrinha Creme de cenoura + peixe desfiado com purê de cenoura, acompanhada por salada cozida de berinjela e abobrinha
Lanche da tarde 1 maçã média no forno e sem casca 1 xícara de chá de tília sem açúcar com bolachas cream cracker 1 pera média cozida e sem casca

As quantidade incluídas no cardápio variam de uma pessoa para outra, por isso o ideal é que seja orientado por uma nutricionista para que seja realizada uma avaliação completa e seja determinado o plano de refeições de acordo com as necessidades da pessoa. Além disso, é importante respeitar as recomendações sugeridas para evitar possíveis complicações.

Vídeos relacionados