Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que comer depois da Cirurgia Bariátrica

Depois de passar por uma cirurgia bariátrica a pessoa precisa fazer uma dieta líquida durante cerca de 15 dias, e depois pode começar a dieta pastosa por aproximadamente mais 20 dias.

Após esse período os alimentos sólidos podem voltar a ser introduzidos pouco a pouco, mas a alimentação geralmente só volta ao normal, cerca de 3 meses depois da cirurgia. Porém, esses períodos de tempo podem variar, dependendo do tipo de tolerância que cada pessoa apresentar após a cirurgia.

Fazer este tempo de adaptação é muito importante porque o estômago da pessoa fica muito pequeno e cabe apenas cerca de 200 ml de líquido, e é por isso que a pessoa emagrece rápido, porque mesmo que queira comer muito irá se sentir muito desconfortável porque literalmente a comida não vai caber no estômago. 

1. Como fazer a Dieta Líquida 

O que comer depois da Cirurgia Bariátrica

A dieta líquida começa logo depois da cirurgia e geralmente dura entre 1 a 2 semanas. Nesse período os alimentos só podem ser consumidos na forma líquida e em pequenos volumes, cerca de 100 a 150 ml, fazendo-se cerca de 6 a 8 refeições por dia, com um intervalo de 2 horas entre as refeições. Durante o período da dieta líquida é comum que se passe pelas seguintes fases:

  • Dieta de líquidos claros: esta é a primeira fase da dieta líquida que deve ser feita durante os primeiros 7 dias do pós-operatório, sendo à base de sopa sem gorduras, sucos de fruta coados, chás e água. Deve-se iniciar a dieta com um volume de 30 mL e ir aumentando progressivamente até alcançar 60 mL no final da primeira semana.
  • Dieta triturada: após os primeiros 7 dias já se pode ir adicionando este tipo de dieta que consiste em ingerir alguns tipos de alimentos triturados, aumentando a quantidade de líquidos de 60 para 100 mL. Os alimentos permitidos incluem os chás e sucos de frutas não cítricas, cereais como aveia ou creme de arroz, carnes brancas, gelatina sem açúcar, legumes como abóbora, aipo ou inhame e vegetais cozidos como abobrinha, berinjela ou chuchu.

Os alimentos têm que ser ingeridos lentamente, podendo demorar até 40 minutos para tomar um copo de sopa, e também não se deve utilizar canudos para os ingerir.

É ainda extremamente importante beber entre 60 a 100 mL de água ao longo do dia, em pequenas quantidades, e tomar os suplementos prescritos pelo médico, para garantir a quantidade de vitaminas que o corpo necessita.

2. Como fazer a Dieta Pastosa 

O que comer depois da Cirurgia Bariátrica

A dieta pastosa deve começar cerca de 15 dias depois da cirurgia, e nela a pessoa pode comer apenas alimentos pastosos como cremes de legumes, mingaus, purês de frutas cozidas ou cruas, purês de leguminosas, purês de proteínas ou vitaminas de frutas batidas com suco de soja ou água, por exemplo.

Nesta fase da dieta, o volume ingerido deve ser entre 150 a 200 mL, devendo evitar-se a ingestão de líquidos juntamente com as refeições principais. Confira um cardápio e algumas receitas de dieta pastosa que pode usar após a cirurgia bariátrica.

Quando voltar a comer alimentos sólidos

Após cerca de 30 a 45 dias depois da cirurgia bariátrica a pessoa já pode voltar a comer alimentos que precisam ser mastigados mas em pequenas quantidades ao longo de 6 refeições diárias. Nessa fase pode ser útil usar um pratinho de sobremesa para comer pequenas quantidades em cada refeição.

Os líquidos só devem ser ingeridos entre as refeições, sendo importante beber pelo menos 2L de água por dia para prevenir a desidratação.

A partir dessa fase o paciente pode comer frutas, legumes, cereais integrais, leite e derivados, carne, peixe, ovo, massa, arroz, batata, cereais integrais e sementes em pequenas quantidades e de acordo com a sua tolerância.

Cardápio de dieta após cirurgia bariátrica

Segue-se um exemplo de um cardápio para as diferentes fases da dieta pós-cirurgia bariátrica:

RefeiçõesDieta de líquidos clarosDieta triturada
Café da manhã30 a 60 mL de suco de mamão coado60 a 100 mL de creme de arroz (sem leite) + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó
Lanche da manhã30 a 60 mL de chá de tília60 a 100 mL de suco de mamão coado + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó
Almoço30 a 60 mL de canja de galinha sem gordura60 a 100 mL de sopa de legumes triturados (abóbora + abobrinha + frango)
Lanche 130 a 60 mL de gelatina líquida sem açúcar + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó60 a 100 mL de suco de pêssego + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó
Lanche 230 a 60 mL de suco de pera coado60 a 100 mL de gelatina líquida sem açúcar + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó
Jantar30 a 60 mL de canja de galinha sem gordura60 a 100 mL de sopa de legumes (aipo + chuchu + frango)
Ceia30 a 60 mL de suco de pêssego coado60 a 100 mL de suco de maçã + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó

É importante que entre cada se refeição se beba cerca de 30 mL de água ou chá e, por volta das 21h, deve-se tomar um suplemento nutricional tipo glucerna.

RefeiçõesDieta pastosaDieta semi-sólida
Café da manhã100 a 150 mL de mingau de aveia com leite desnatado + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó100 mL de leite desnatado com 1 fatia de pão torrado com 1 fatia de queijo branco
Lanche da manhã100 a 150 mL de suco de mamão + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó1 banana pequena
Almoço100 a 150 mL de sopa de legumes triturada com frango + 1 colher (de sopa) de puré de abóbora sem manteiga1 colher (de sopa) de cenoura triturada, 2 colheres (de sopa) de carne moída e 1 colher (de sopa) de arroz
Lanche100 a 150 g de maçã cozida e triturada200 mL de chá de camomila + 1 fatia de pão torrado
Jantar100 a 150 mL de sopa de legumes triturada com peixe + 2 colheres (de sopa) de puré de batata sem manteiga30 g de frango desfiado + 2 colheres (de sopa) de puré de batata
Ceia100 a 150 mL de suco de pera + 1 colher (de sobremesa) de proteína em pó200 mL de chá de camomila com 1 biscoito do tipo cream cracker

Nestas fases é recomendado beber entre 100 a 150 mL de água ou chá entre cada refeição e ir aumentando gradualmente de acordo com a tolerância individual, podendo-se alcançar os 2 litros de água por dia.

O que não pode comer 

Nos primeiros 3 meses após a cirurgia de redução do estômago, devem ser evitados alimentos como:

  • Café, chá mate, chá verde;
  • Pimenta, condimentos químicos, como Knorr, Sazon, mostarda, ketchup ou molho inglês;
  • Sucos industrializados em pó, refrigerantes, assim como água gaseificada;
  • Chocolate, balas, chicletes e doces em geral;
  • Frituras;
  • Bebida alcoólica.

Além disso alimentos como mousse de chocolate, leite condensado ou sorvete são muito calóricos devem ser evitados, e mesmo consumidos em pequenas quantidades podem fazer engordar novamente.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem