Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a Neuralgia pós-herpética e como tratar

A neuralgia pós-herpética é uma complicação do herpes zóster, também conhecido como zona ou cobreiro, que afeta os nervos e a pele, causando o surgimento de uma sensação constante de queimação no corpo, mesmo depois das lesões causadas pelo vírus do herpes zóster terem desaparecido.

Normalmente, a neuralgia pós-herpética é mais comum em pessoas com mais de 60 anos, mas pode surgir em qualquer idade, desde que se tenha pego o vírus da catapora durante a idade adulta.

Embora não exista cura, existem algumas formas de tratamento que permitem reduzir os sintomas, melhorando a qualidade de vida. Além disso, a neuralgia pós-herpética geralmente melhora ao longo do tempo, necessitando cada vez menos de tratamento.

O que é a Neuralgia pós-herpética e como tratar

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns da neuralgia pós-herpética incluem:

  • Dor semelhante a queimação que dura por 3 meses ou mais;
  • Sensibilidade extrema para o toque;
  • Sensação de coceira ou formigamento.

Estes sintomas normalmente surgem na região da pele que foi afetada pelas lesões do herpes zóster, sendo por isso mais comum no tronco ou e apenas em um lado do corpo.

A sensação de queimação pode aparecer antes das lesões do cobreiro na pele e, em algumas pessoas, pode também ser acompanhada de dor do tipo pontada, por exemplo.

Como confirmar o diagnóstico

Na maioria dos casos, o diagnóstico é confirmado por um dermatologista apenas através da observação do local afetado e dos sintomas referidos pela própria pessoa.

Porque surge a neuralgia pós-herpética

Quando se pega o vírus da catapora durante a idade adulta, o vírus provoca sintomas mais fortes e pode causar lesões nas fibras nervosas que ficam na pele. Quando isso acontece, os estímulos elétricos que vão até ao cérebro são afetados, tornando-se mais exagerados e causando o surgimento da dor crônica que caracteriza a neuralgia pós-herpética.

Como é feito o tratamento

Não existe um tratamento capaz de curar a neuralgia pós-herpética, no entanto, é possível aliviar os sintomas através de várias formas de tratamento como:

  • Pensos de lidocaína: são pequenos pensos que podem ser grudados no local da dor e que liberam lidocaína, uma substância que anestesia as fibras nervosas da pele, aliviando a dor;
  • Aplicação de capsaícina: esta é uma substância analgésica muito forte que pode reduzir a dor por até 3 meses com apenas uma aplicação. No entanto, sua aplicação deve ser sempre feita no consultório do médico;
  • Remédios anticonvulsionantes, como Gabapentina ou Pregabalina: são medicamentos que estabilizam os sinais elétricos nas fibras nervosas, diminuindo a dor. Porém, estes remédios podem causar efeitos secundários como tonturas, irritabilidade e inchaço das extremidades, por exemplo;
  • Antidepressivos, como Duloxetina ou Nortriptilina: alteram a forma como o cérebro interpreta a dor, aliviando situações de dor crônica como a neuralgia pós-herpética.

Além disso, nos casos mais graves, em que nenhuma destas formas de tratamento parece melhorar a dor, o médico pode ainda receitar medicamentos opióides como Tramadol ou Morfina.

Existem tratamentos funcionam melhor em algumas pessoas do que outras e, por isso, pode ser preciso tentar várias formas de tratamento antes de encontrar a melhor, ou até fazer uma combinação de dois ou mais tratamentos.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar