Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Mutamba: Para que serve e Como tomar

A Mutamba, também conhecida por mutamba-preta, cabeça-de-negro, guaxima-macho, periquiteira, chico-magro, envireira ou pau-de-bicho, é uma planta medicinal comum nos países da América Central e do Sul, como Brasil, México ou Argentina, sendo usada popularmente no tratamento de vários problemas de saúde como cólicas abdominais, diabetes, dores gastrintestinais e queda de cabelo.

O nome científico desta planta é Guazuma ulmifolia e as suas folhas, cascas e raízes secas podem ser usadas na preparação de chás, tinturas ou extratos concentrados.

Mutamba: Para que serve e Como tomar

Para que serve o chá de Mutamba

Existem várias aplicações populares para o chás feito com Mutamba, no entanto, alguns dos efeitos com maior comprovação científica incluem:

1. Diminuir a pressão arterial

Algumas substâncias presentes no chá de casca de Mutamba, conhecidas como Flavonoides, parecem levar ao relaxamento dos vasos sanguíneos, reduzindo a pressão sistólica e o batimento cardíaco acelerado.

No entanto, o extrato acetônico parece apresentar maior efeito, já que possui uma substância mais específica que atua nos vasos sanguíneos. Porém, esse extrato só deve ser usado com supervisão de um naturopata.

2. Reduzir os níveis de açúcar no sangue

No México esta planta é popularmente utilizada para completar o tratamento médico da diabetes tipo 2 e, alguns estudos, também demonstram essa ação ao provar que o chá de Mutamba estimula a absorção da glicose, mesmo em pessoas com resistência à insulina, diminuindo sua concentração no sangue.

3. Reduzir o risco de Alzheimer

O chá desta planta parece ter um efeito protetor sobre os neurônios, protegendo contra os danos oxidativos. Assim, é possível diminuir o risco de surgimento de problemas relacionados com a morte neuronal, como Alzheimer, por exemplo.

4. Estimular o parto

Vários estudos mostram que o chá de Mutamba aumenta a atividade do músculo uterino, podendo ser usado como um estimulante natural do parto. Por esse motivo, esta planta só deve ser usada com orientação do obstetra para garantir que é usada no momento correto.

5. Aliviar cólicas abdominais

O chá feito com a casca de Mutamba demonstrou ter atividade sobre o músculo liso do intestino e da bexiga, causando seu relaxamento. Assim, este chá pode ser usado durante crises de cólicas abdominais e diarreia como antiespasmódico, assim como em casos de infecção urinária, para tentar diminuir o desconforto.

6. Fortalecer o cabelo

Embora seja menos estudado, a Mutamba também poderá apresentar um efeito protetor do fio de cabelo, que evita sua queda e promove seu crescimento, além de fortalecer o couro cabeludo.

Outros efeitos da Mutamba

Além dos efeitos comprovados para o chá de Matumba, também existem outros efeitos exercidos por esta planta, como:

  • Proteger as células do fígado;
  • Combater doenças cardiovasculares;
  • Eliminar vermes intestinais;
  • Combater infecções por vírus ou fungos.

No entanto, esses efeitos apenas estão comprovados para extratos alcoólicos, metanólicos ou acetônicos, que não podem ser feitos em casa e que devem ser sempre recomendados por um naturopata, em dosagens corretas.

Como usar a Mutamba

A forma mais popular de usar a Mutamba é usar suas folhas, frutos ou casca para preparar chás caseiros, no entanto, esta planta também pode ser usada na forma de extrato concentrado. Em qualquer um dos casos, o ideal é que a indicação seja feita por um naturopata, assim como a dose de uso.

Como fazer chá de mutamba

O chá desta planta pode ser facilmente preparado usando cascas secas do tronco da planta, por exemplo:

  • Ingredientes: 2 a 3 colheres de sopa de cascas secas de Mutamba;
  • Modo de preparo: colocar as cascas secas da planta numa panela com 1 litro de água fervente, deixando ferver a mistura por mais 10 minutos, em fogo médio. Passado esse tempo, deve-se tampar e deixar repousar durante 10 a 15 minutos. Coar antes de beber.

Este chá pode ser bebido 2 a 3 vezes por dia, de acordo com a necessidade e sintomas sentidos. 

Possíveis efeitos colaterais

Esta planta quando consumida em grande quantidade, ou sem supervisão, pode causar alguns efeitos colaterais desagradáveis que podem incluir náuseas, vômitos e disenteria. 

Quem não deve consumir

Por causar contração do músculo uterino esta planta não deve ser usada na gravidez sem orientação do obstetra. Além disso, deve ser evitada por quem tem sensibilidade à cafeína, assim como por quem tem facilidade em ter crises de hipoglicemia.


Bibliografia

  • YOGESH, Chaudhari et al. A bief review on phytochemical and phamacological profile of Guazuma tomentosa L. International Journal of Pharmacological Research. Vol.7. 11. ed; 2017
  • SHARMA, Minakshi et al. Guazuma tomentosa: A Valuable Medicinal Plant. International Journal of Pharmacological and Phytochemical Research. Vol.7. 1.ed; 197-200, 2015
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem