Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Puberdade: o que é e principais mudanças corporais

A puberdade corresponde ao período de modificações fisiológicas e biológicas do corpo que marca a transição da infância para a adolescência. As modificações começam a ser evidentes a partir dos 12 anos, mas pode variar de acordo com o histórico familiar e hábitos de alimentação da criança, por exemplo.

Além das mudanças físicas, que são evidentes nesse período, a pessoa pode ter grandes variações de humor devido ao aumento da produção de hormônios, a testosterona, no caso dos meninos, e o estrogênio no caso das meninas. Caso as alterações não sejam percebidas ou não ocorram até os 13 anos é indicado consultar um médico para que se possa investigar a causa e o tratamento ser iniciado, que normalmente é feito com reposição hormonal.

Puberdade: o que é e principais mudanças corporais

Principais mudanças corporais

A idade em que os primeiros sinais do início da puberdade podem variar entre meninos e meninas, podendo acontecer em meninas entre 8 e 13 anos e em meninos entre os 9 e 14 anos.

Nas meninas, o sinal mais evidente de início da puberdade é a primeira menstrual, conhecida como menarca, que costuma acontecer entre os 12 e 13 anos, no entanto pode variar de acordo com o estilo de vida de histórico das mulheres da família. No caso dos meninos, o principal sinal que que está entrando na puberdade é a primeira ejaculação, que normalmente acontece entre os 12 e 13 anos.

A tabela a seguir indica as principais mudanças corporais que podem ser percebidas em meninas e meninos na puberdade:

MeninasMeninos
Crescimento dos seiosAparecimento dos pelos pubianos
Aparecimento de pelos pubianos e nas axilasAparecimento de pelos nas axilas, pernas e rosto
Quadris mais largosVoz mais grossa
Cintura mais finaCrescimento e aumento do diâmetro do pênis
Desenvolvimento dos órgãos sexuaisAumento dos testículos
Aumento do úteroCrescimento da laringe, popularmente conhecida como pomo de Adão

Além disso, devido às alterações hormonais que acompanham a puberdade, é comum também que tanto meninos quanto meninos comecem a ter a pele mais oleosa, favorecendo o aparecimento de acne.

O que pode acelerar a puberdade

Algumas meninas podem apresentar mudanças corporais muito antes do que o o normal, ou seja, entre 7 e 9 anos, por exemplo. Alguns fatores podem favorecer o crescimento dos seios e maturação dos órgãos sexuais femininos, como por exemplo aumento do Índice de Massa Corporal (IMC), pois quanto mais gordura acumulada no corpo, maior é o estímulo para a produção estrógeno, que é o hormônio responsável pelas características femininas.

Além disso, a exposição frequente às substâncias químicas presentes em esmaltes e perfumes, por exemplo, também podem favorecer a puberdade, isso porque alguns de seus constituintes podem desregular o sistema endócrino e, consequentemente, a produção hormonal, resultando na puberdade.

Apesar de muitas meninas acharem que é uma coisa boa os seios aparecerem cedo, a puberdade precoce pode colocar as meninas em risco, uma vez que pode ser associada com maior risco de desenvolver câncer de mama, obesidade e diabetes do tipo 2, além de problemas relacionados à saúde mental, como ansiedade, por exemplo.

Veja mais informações sobre a puberdade precoce.

O que pode atrasar a puberdade?

As alterações comuns da adolescência podem não acontecer quando a criança apresenta alguma condição que interfira direta ou indiretamente no crescimento das gônadas ou da produção dos hormônios sexuais. Dentre as condições que atrasam a puberdade estão a subnutrição, hipogonadismo, diabetes mellitus, doenças genéticas, como a síndrome de Turner, por exemplo, e doenças autoimunes, como a doença de Addison.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem