Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Miringite: Sintomas, Causas e Tratamento

A miringite infecciosa é uma inflamação da membrana do tímpano, dentro do ouvido interno, devido a uma infecção, que pode ser viral ou bacteriana.

Os sintomas iniciam-se de forma súbita com uma sensação de dor no ouvido que dura 24 a 48 horas. A pessoa geralmente apresenta febre e pode haver uma diminuição da audição, quando a infecção é bacteriana.

A infecção é frequentemente tratada com antibióticos, mas para aliviar a dor, também podem ser indicados analgésicos. Quando há miringite bolhosa, onde há formação de pequenas bolhas cheias de líquido sobre a membrana do tímpano, o médico pode fazer a ruptura dessa membrana, o que traz um grande alívio da dor.

Miringite: Sintomas, Causas e Tratamento
Miringite: Sintomas, Causas e Tratamento

Tipos de miringite

A miringite pode ser classificada como sendo:

  • Miringite bolhosa: é quando se forma uma bolha sobre o tímpano causando intensa dor, geralmente é causada pelo Mycoplasma.
  • Miringite infecciosa: é a presença de vírus ou bactérias sobre a membrana do tímpano
  • Miringite aguda: é exatamente o mesmo termo que otite média, ou dor de ouvido.

As causas da miringite geralmente estão relacionadas com uma gripe ou resfriado porque os vírus ou bactérias presentes nas vias aéreas podem chegar ao ouvido interno, onde se proliferam causando esta infecção. Os bebês e as crianças são os mais afetados.

Como é o Tratamento

O tratamento deve ser indicado pelo médico e é feito com toma de antibióticos e analgésicos que devem ser usados com intervalos de 4, 6 ou 8 horas. O antibiótico deve ser usado por 8 a 10 dias, segundo a indicação médica, e durante o tratamento é importante manter sempre o nariz limpo, removendo toda secreção.

Deve-se voltar ao médico quando mesmo depois de ter iniciado o uso do antibiótico, houver persistência dos sintomas nas próximas 24 horas, principalmente da febre, porque isso indica que o antibiótico não está tendo o efeito esperado, sendo preciso trocar por outro.

Nas crianças que apresentam mais de 4 episódios de infecção de ouvido por ano, o pediatra pode recomendar que seja feita uma cirurgia para colocar um pequeno tubo dentro do ouvido, sob anestesia geral, para permitir uma melhor ventilação, e evitar novos episódios desta doença. Outra possibilidade mais simples, mas que pode ser eficiente, é fazer a criança encher um balão de ar, somente com o ar que sai de suas narinas. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...