Meningite viral: o que é, sintomas, transmissão e tratamento

Revisão médica: Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
novembro 2021

​A meningite viral é uma doença grave que provoca sintomas como dor de cabeça forte, febre e rigidez do pescoço, devido à inflamação das meninges, que são o tecido que envolve o cérebro e a medula.

Os vírus que podem causar meningite viral são os enterovírus como echo, coxsackie e poliovírus, arbovírus, vírus da caxumba, da herpes simplex, herpes tipo 6, citomegalovírus, vírus Epstein-Barr, varicela zoster, sarampo, rubéola, parvovírus, rotavírus, varíola, vírus do HIV 1 e alguns vírus que afetam a função respiratória e que podem estar presente na região nasal.

Esse tipo de meningite pode ser transmitido de uma pessoa para outra e, por isso é importante adotar medidas de prevenção, como lavar as mãos e evitar o contato próximo com pacientes. Geralmente, a meningite viral tem cura e é mais fácil de tratar que a meningite bacteriana, sendo apenas necessários remédios analgésicos e antipiréticos para aliviar os sintomas.

Sintomas da meningite viral

Os principais sinais e sintomas indicativos de meningite viral são:

  • Febre acima de 38ºC;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Rigidez na nuca, de forma que há dificuldade para movimentar o pescoço e encostar o queixo no peito;
  • Náuseas e vômitos;
  • Maior sensibilidade à luz;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade para acordar;
  • Diminuição do apetite.

Na maioria dos casos, os sintomas de meningite viral duram entre 7 a 10 dias, sendo importante que o tratamento realizado conforme a recomendação do médico, pois assim é possível prevenir o desenvolvimento de complicações, principalmente quando a meningite acontece antes do 1º ano de vida, em que há maior risco de haver problemas neurológicos.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da meningite viral é feito pelo clínico geral, neurologista ou infectologista a partir da avaliação dos sinais e sintomas apresentados pela pessoa, podendo ser também realizado exame físico, que consiste em realizar a mobilização do pescoço para verificar se a pessoa consegue realizar o movimento e se há dor.

No entanto, o diagnóstico é confirmado a partir da realização de exames laboratoriais, como exame de sangue e de urina e análise do líquido cefalorraquidiano (LCR), principalmente, que é o líquido que reveste o sistema nervoso. A partir da análise do LCR, é possível identificar o agente responsável pela meningite..

Como acontece a transmissão

A meningite viral pode ser causada por diversos tipos de vírus e, por isso, pode ser transmitido de formas diferentes de acordo com o vírus responsável pela doença. No entanto, de forma geral, as principais formas de transmissão da meningite viral são:

  • Partilha de copos, pratos e talheres;
  • Tosse, espirro ou saliva;
  • Levar as mãos os olhos, nariz ou boca após ter contato com superfícies que contenham o vírus;
  • Contatos próximos com a pessoa infectada, como beijos, apertos de mão;
  • Consumo de alimentos e água contaminados;
  • Picadas de mosquito, no caso da meningite causada por arbovírus.

Normalmente a pessoa com meningite viral não precisa ficar internada em isolamento, mas se o médico achar que é melhor para a pessoa não ter contato próximo com os outros, para sua própria recuperação ser mais rápida, poderá ser dada esta indicação. 

Tratamento da meningite viral

O tratamento para a meningite viral pode ser feito em casa e tem como objetivo aliviar os sintomas, pois não existe nenhum remédio antiviral específico para tratar a meningite, exceto quando é causada pelo vírus do Herpes Zoster, em que o Aciclovir pode ser recomendado pelo médico.

Assim, para promover o alívio dos sintomas, pode ser indicado o uso de medicamentos analgésicos e antipiréticos, como o Paracetamol, além de ser recomendado que a pessoa fique em repouso e beba bastante líquidos durante o dia. Em casos graves, o tratamento da meningite viral deve ser feito no hospital para que o paciente receba remédios e soro pela veia, de forma a aliviar os sintomas até o vírus ser eliminado do organismo.

O tratamento da meningite viral, normalmente, dura cerca de 7 a 10 dias e é importante que durante esse período o paciente tenha alguns cuidados para evitar a transmissão da meningite. Os cuidados são usar máscara, não compartilhar alimentos, bebidas ou objetos pessoais, como talheres ou escova de dentes e lavar as mãos frequentemente.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em novembro de 2021. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Meningite: o que é, causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção. Disponível em: <http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/meningites>. Acesso em 19 jun 2020
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Clínico geral
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878