Ureia alta, o que posso fazer para baixar?

“No exame de sangue que fiz, notei que minha ureia está acima do valor de referência e fiquei preocupado. Sobre essa ureia alta, o que posso fazer para baixar?”

Jonathan Panoeiro

Neuropediatra

CRM 1101544-RJ

Jonathan Panoeiro
Não tem agenda disponível
Buscar Clínico Geral perto de você

Em alguns casos, para baixar a ureia alta no sangue podem ser indicadas medidas como diminuir o consumo de proteínas ou aumentar a ingestão de líquidos. No entanto, o tratamento da ureia alta deve ser específico para a sua causa e feito de acordo com a orientação do médico

A ureia alta no sangue pode ser causada por: 

  • Excesso de proteínas na alimentação; 
  • Desidratação; 
  • Problemas cardíacos; 
  • Sangramento no trato gastrointestinal; 
  • Infecções; 
  • Complicações durante o tratamento com quimioterapia;
  • Mau funcionamento dos rins.

Assim, o tratamento em caso de ureia alta pode envolver desde alterações na alimentação até o tratamento adequado de problemas cardíacos, uso de antibióticos para controlar infecções e, nos casos mais graves, diálise, por exemplo. Confira mais causas de ureia alta.

Nossa recomendação
Para saber o que pode fazer caso os níveis de ureia no seu resultado estejam altos, o ideal é consultar um clínico geral, ou médico que indicou o exame. Após a avaliação, o médico pode te orientar sobre tratamento mais adequado de acordo com a causa identificada.
Qual médico consultar: Clínico Geral
Marcar consulta
20% dos leitores acham este conteúdo útil (5 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Clínico Geral perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.