Qual é o risco de ter plaquetas baixas?

“Fiz um exame de sangue no resultado vi que estou com as plaquetas abaixo do recomendado. Qual o perigo de ter plaquetas baixas?”

Dr.ª Janessa Oliveira

Farmacêutica e Bioquímica

CRF-SP 22143

Dr.ª Janessa Oliveira
Não tem agenda disponível
Buscar Hematologista perto de você

O principal risco quando as plaquetas estão muito baixas é a hemorragia. Isso acontece porque as plaquetas são células importantes do processo de coagulação do sangue. Dessa forma, quando as plaquetas estão presentes em números muito baixos, a coagulação fica comprometida, existindo um risco aumentado de sangramentos.

Embora seja raro, as hemorragias podem acontecer sem qualquer outro motivo, além das plaquetas estarem muito baixas. Isso é mais frequente quando as plaquetas estão abaixo de 20.000/mm³.

O risco de hemorragias é considerado maior, se você tiver:

  • Doenças ou problemas anteriores de coagulação do sangue;
  • Inflamação, infecção ou febre;
  • Defeitos anatômicos ou cicatrizes cirúrgicas.

Quando se tem uma diminuição no número de plaquetas, o ideal é consultar um hematologista. Esse é o médico especialista em problemas do sangue, que poderá orientar a melhor forma de tratamento, de maneira a evitar problemas graves como hemorragias.

Muitas vezes, é feita uma transfusão de plaquetas, para aumentar o número de plaquetas e reduzir o risco de sangramento no imediato. Mas também é importante identificar se existe alguma causa que tenha levado à redução das plaquetas, para fazer seu tratamento e evitar que volte a acontecer.

56% dos leitores acham este conteúdo útil (9 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Hematologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.