Fiz blefaroplastia e me arrependi, o que eu faço agora?

“Fiz blefaroplastia e me arrependi porque não vi muita diferença, mesmo depois de quase 2 meses que fiz a cirurgia. Não estou satisfeita, o que eu faço agora?”

Jonathan Panoeiro

Neuropediatra

CRM 1101544-RJ

Jonathan Panoeiro
Não tem agenda disponível
Buscar Cirurgião Plástico perto de você

Após fazer blefaroplastia, geralmente é indicado aguardar em torno de 3 meses até que se possa observar os resultados definitivos. Durante esse período, é importante seguir corretamente os cuidados orientados pelo médico para favorecer a recuperação e evitar problemas que possam afetá-los.

A blefaroplastia é uma cirurgia que, normalmente, é indicada para remover o excesso de pele e/ou gordura nas pálpebras. Portanto, não eleva as sobrancelhas, não reduz linhas de expressão e também não serve para resolver a flacidez da pele nas “maçãs do rosto”, por exemplo. Entenda melhor para que serve a blefaroplastia e como é feita.

Por isso, é importante conversar com o médico sobre os resultados esperados da blefaroplastia para que possam ser criadas expectativas adequadas e saber o que pode ser feito caso não sejam satisfatórios.

Nossa recomendação
Geralmente, se espera em torno de 3 meses após a blefaroplastia para perceber os resultados definitivos. Mas caso você suspeite de algum problema interferindo na sua recuperação, é recomendado consultar um oftalmologista ou cirurgião plástico para uma avaliação.
Qual médico consultar: Cirurgião Plástico
Marcar consulta
100% dos leitores acham este conteúdo útil (2 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Cirurgião Plástico perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.