Coceira que piora durante a noite: o que pode ser?

“Esses dias estou sentindo muita coceira no corpo, especialmente durante a noite. Já não consigo dormir direito. O que pode ser isso?”

Dr.ª Janyele Sales

Médica de Saúde Familiar

CRM 177392-SP

Coceira no corpo que piora durante a noite pode ser escabiose, popularmente conhecida como "sarna". A coceira surge principalmente no abdômen, parte interna dos braços, áreas genitais e coxas. O rosto normalmente não coça, exceto quando a escabiose é em bebês.

A doença é causada pelo Sarcoptes scabiei, um ácaro que parasita o ser humano e provoca uma intensa coceira. A transmissão da escabiose pode ocorrer pelo uso comum de vestuários e roupas de cama, de pessoas contaminadas, embora o principal meio de disseminação do ácaro seja através do contato sexual.

O tratamento é feito com medicamentos de uso tópico ou via oral e visa eliminar os ovos do ácaro que são depositados sob a pele. O medicamento mais usado normalmente é a Permetrina. Medicamento que deve ser aplicado no corpo todo, de preferência à noite antes de dormir e retirado no banho pela manhã, durante 2 ou 3 noites seguidas. Após uma ou 2 semanas o tratamento deve ser repetido, para eliminar de vez os parasitas do segundo ciclo que eclodem dos ovos colocados pelas fêmeas.

Coceira que piora à noite pode ser problema no fígado?

Sim, além da escabiose, coceiras pelo corpo que pioram à noite também podem ser sinal de doenças no fígado, como tumores ou cirrose biliar primária. Nesses casos, como não há formação de feridas na pele, a pessoa pensa que a coceira é alguma alergia e espera passar.

No caso da cirrose biliar primária, a coceira piora muito durante a noite, especialmente em locais de clima quente e úmido. Há pessoas que se coçam tanto que chegam a provocar lesões na pele e no couro cabeludo.

Para um diagnóstico adequado da causa dessa coceira noturna, consulte um clínico geral ou dermatologista para orientar o tratamento mais indicado.

79% dos leitores acham este conteúdo útil (57 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Dermatologista perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.