Médico de pele: qual especialista consultar?

julho 2022

O médico especialista em problemas de pele é o:

1. Dermatologista

O dermatologista é o médico especialista em pele, capaz de diagnosticar e orientar o tratamento de vários problemas dermatológicos, como dermatite, alergia, acne, micose, psoríase e até câncer de pele.

Esse é o médico mais recomendado para consultar quando surgem sintomas relacionados à pele, como vermelhidão, coceira, ressecamento, descamação, feridas ou aparecimento de bolinhas, por exemplo.

Além de cuidar da pele, o dermatologista também é especialista em unhas e cabelo, podendo ser consultado em caso de unhas enfraquecidas, caspa ou fios quebradiços. Entenda melhor o que trata o dermatologista.

2. Alergologista

O alergologista deve ser consultado quando surgem alterações na pele que possam estar sendo causadas por uma alergia. Isso normalmente acontece quando os sintomas na pele surgem pouco tempo após estar em contato com alguma substância, material ou após ingerir algum tipo de alimento.

Uma vez que nem sempre é fácil identificar que se trata de uma alergia, o ideal é primeiro consultar o dermatologista para confirmar a causa. Esse médico poderá, depois, encaminhar para o alergologista para fazer um tratamento mais orientado para resolver ou diminuir a alergia.

3. Clínico geral

Embora não seja um médico especialista em pele, o clínico geral é capaz de diagnosticar e orientar o tratamento de problemas dermatológicos mais comuns, como dermatite ou micose.

Dessa forma, este médico pode ser consultado numa primeira consulta e, caso o clínico geral entenda que é importante consultar um dermatologista para um tratamento mais detalhado, irá encaminhar para esse profissional.

Quando marcar consulta

É aconselhado marcar uma consulta com um especialista em pele quando surgem sinais como:

  • Vermelhidão na pele que piora ou aumenta com o tempo;
  • Ressecamento ou descamação que demora mais de 1 semana para passar;
  • Acne muito intenso, especialmente se existirem muitas espinhas e dor;
  • Manchas ou pintas escuras que aumentam de tamanho, especialmente se forem assimétricas ou com relevo;
  • Caroços na pele.

Além disso, também é importante fazer consultas regulares com este profissional mesmo que não exista qualquer sinal ou problema, principalmente se existir histórico familiar de câncer na pele ou problemas crônicos, como psoríase.

Qual médico consultar para outros problemas

Se tem algum outro problema ou sintoma e não sabe que médico consultar, por favor insira-o na nossa calculadora para descobrir qual o especialista mais adequado:

Erro
Não escreva mais do que três palavras.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em julho de 2022.
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.