Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Marcapasso cardíaco: o que é e cuidados após a colocação

O marcapasso cardíaco é um pequeno aparelho colocado cirurgicamente junto ao coração ou abaixo da mama para regularizar as batidas do coração quando este encontra-se comprometido. O marcapasso monitora o coração continuamente e identifica batimentos irregulares, lentos ou interrompidos, enviando um estímulo elétrico ao coração e regularizando os batimentos. 

O marcapasso funciona a pilhas, que duram em média 5 anos, mas existem casos em que a sua duração é menor. Sempre que a pilha estiver próxima do fim deve-se trocá-la através de uma pequena cirurgia local.

Marcapasso cardíaco: o que é e cuidados após a colocação

O marcapasso pode ser provisório, quando colocado apenas por um período de tempo para tratar alteração cardíaca causada pela overdose de medicamentos, por exemplo, ou definitivo, que é colocado para controlar problemas a longo prazo como a doença do nó sinusal, por exemplo. 

As pessoas que possuem um marcapasso no peito podem ter uma vida normal, somente evitando grandes esforços nos primeiros 3 meses após a sua colocação, no entanto ao entrar numa academia de ginástica, sempre que for a uma consulta médica de qualquer especialidade ou se for fazer fisioterapia deve mencionar que possui o marcapasso, pois esse aparelho pode sofrer interferência na proximidade de algumas máquinas.

Como é feita a cirurgia de marcapasso

A cirurgia para colocação do marcapasso cardíaco é simples e rápida. É feita sob anestesia geral, mas pode ser administrado uma sedação complementar no paciente para que fique mais confortável durante o procedimento. É feito um pequeno corte no peito ou no abdome para colocar o aparelho, que é constituído por dois fios, chamados eletrodos, e um gerador ou bateria. O gerador é responsável por dar energia e permitir o funcionamento dos eletrodos, que tem como função identificar qualquer alteração no batimento cardíaco e gerar impulsos para regularizar os batimentos.

A implementação do marcapasso é indicada pelo cardiologista quando a pessoa possui alguma doença que cause diminuição dos batimentos cardíacos, como doença do nó sinusal, bloqueio atrioventricular, hipersensibilidade do seio carotídeo ou outras que afetam a regularidade das batidas do coração. Entenda mais sobre a bradicardica sinusal e quais os principais sintomas. 

Cuidados após a cirurgia

Como é um procedimento simples, a pessoa já pode ir para casa no dia seguinte à cirurgia. No entanto, é importante fazer repouso no primeiro mÊs e consultar regularmente o cardiologista. Além disso, é importante evitar pancadas no aparelho, evitar movimentos bruscos envolvendo o braço do lado em foi colocado o marcapasso, ficar cerca de 2m distante do microondas ligado e evitar usar o celular do mesmo lado em que está o marcapasso. Veja como é a vida após a colocação do marcapasso e os cuidados que se deve ter com o aparelho.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar