Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que pode causar manchas no pênis e o que fazer

O surgimento de manchas no pênis pode parecer uma alteração assustadora, no entanto, na maioria dos casos, não é sinal de qualquer problema grave, sendo quase sempre uma alteração natural ou aparecer devido a uma alergia.

Porém, sempre que as manchas se mantêm por mais de 2 ou 3 dias é importante consultar um urologista para avaliar se é necessário algum tratamento específico, além da higiene normal da região íntima.

Apenas em casos muito raros é que o surgimento de manchas pode indicar o desenvolvimento de câncer, sendo que, nesses casos, é mais comum o desenvolvimento de pequenas feridas que não cicatrizam. Confira os 7 principais sintomas de câncer no pênis.

O que pode causar manchas no pênis e o que fazer

1. Má higiene

Esta é a causa mais comum do surgimento de manchas vermelhas na glande do pênis e, geralmente está relacionada com má higiene da região íntima. No entanto, também pode acontecer em homens que praticam muito esporte, devido à produção excessiva de suor que facilita o crescimento de bactérias.

  • O que fazer: é importante manter uma higiene diária adequada da região íntima, lavando com um sabão de pH neutro e água morna. No caso de homens com produção excessiva de suor, pode até ser necessário tomar dois banhos por dia.

2. Alergia

A região íntima é um local do corpo muito sensível, que pode inflamar devido ao contato com substâncias menos naturais, como sabonetes ou cremes, por exemplo. Nestes casos, é comum que a glande no pênis inflame, causando vermelhidão ou manchas vermelhas de diferentes tamanho.

Além dos produtos que podem ser usados na região íntima, muitos homens podem também apresentar alergia a alguns tipos de tecidos, especialmente quando são sintéticos e não permitem a respiração da pele.

  • O que fazer: deve-se evitar o uso de produtos com muitos químicos na região íntima, assim como preferir utilizar roupa íntima de algodão, por exemplo.

3. Candidíase

Além da má higiene e das alergias no pênis, a candidíase é outra das principais causas de manchas vermelhas no pênis. A candidíase é uma infecção pelo fungo candida albicans que causa o surgimento de manchas vermelhas, inchaço e intensa coceira do pênis.

Embora seja mais comum nas mulheres, também pode acontecer em homens, especialmente quando o sistema imune está enfraquecido devido a uma gripe ou infecção, por exemplo.

  • O que fazer: a candidíase precisa ser tratada com o uso de pomadas antifúngicas, como Fluconazol ou Cetoconazol, além de uma higiene adequada. Nos casos mais graves, pode ser preciso tomar comprimidos anti-fúngicos. Entenda melhor como é feito o tratamento da candidíase no homem.
O que pode causar manchas no pênis e o que fazer

4. Uso de antibióticos ou anti-inflamatórios

O uso de anti-inflamatórios, analgésicos ou antibióticos pode ter efeitos colaterais que afetam a região íntima. Um desses efeitos é, algumas vezes, o desenvolvimento de manchas avermelhadas com centro cinza no pênis. Nestes casos, podem ainda parecer pequenas bolhas ou áreas mais escuras.

  • O que fazer: se se tiver iniciado a utilização de um remédio novo é importante referir o aparecimento das manchas ao médico, para avaliar a necessidade de trocar de medicamento.

5. Pápulas peroladas

As pápulas péroladas são uma inflamação das glândulas de Tyson que se encontram por baixo da cabeça do pênis e, embora seja mais frequente provocarem pequenas espinhas brancas, existem homens em que essa alteração é pouco notável, sendo apenas possível observar uma alteração mais clara da cor, sendo confundidas com pequenas manchas brancas.

  • O que fazer: as pápulas são uma alteração benigna que não necessita de tratamento, no entanto, se alterar muito a estética do pênis, é possível discutir com o urologista o uso de técnicas como crioterapia ou cauterização, por exemplo.

6. Grânulos de Fordyce

Os grânulos podem causar o aparecimento de pequenas manchas ou bolinhas brancas na cabeça ou corpo do pênis. Esta alteração é quase sempre benigna e, por isso, não deve ser motivo de preocupação, sendo mais frequentes durante a adolescência.

7. Sífilis

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível séria que pode causar alterações no pênis. Uma das primeiras alteração é o desenvolvimento de um pequeno caroço que pode ser acompanhado de uma mancha vermelha, marrom ou escura.

Embora esta lesão possa desaparecer após 4 a 5 semana, não significa que a doença está curada, mas sim que está evoluindo para um estágio mais grave, em que passará a afetar todo o corpo. Assim, é importante iniciar o tratamento o mais rápido possível. Veja mais sobre a evolução da doença.

  • O que fazer: se existir suspeita de sífilis é muito importante ir imediatamente ao urologista, para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento com antibióticos, como a penicilina.
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Carregando
...