Lúpus discoide: o que é, sintomas e tratamento

Setembro 2021

O lúpus discoide, também chamado de lúpus eritematoso discoide, é uma doença autoimune caracterizada pelo aparecimento de lesões na pele redondas, vermelhas e descamativas, sendo notadas principalmente no rosto e na nuca, e que podem se tornar mais evidentes quando a pessoa se expõe ao sol.

Essas lesões surgem devido à alteração no sistema imunológico que atua contra as células saudáveis do próprio organismo, resultando em inflamação na pele e desenvolvimento dos sintomas. Conheça mais sobre o lúpus.

É importante que as lesões sejam avaliadas pelo dermatologista, pois assim é possível que sejam feitos exames que ajudem a diagnosticar o lúpus discoide e, assim, poder ser indicado o melhor tratamento e cuidados que devem ser seguidos no dia a dia.

Lúpus discoide: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas de lúpus discoide

Os sintomas de lúpus discoide costumam surgir principalmente no rosto, nuca e no couro cabeludo, sendo os principais:

  • Lesões vermelhas, redondas e em formas de placas;
  • Formação de crostas nas lesões, além de poderem ser descamativas;
  • Aparecimento de cicatrizes após tratamento da lesão;
  • Após desaparecimento da lesão, podem haver áreas sem pelos na pele ou cabelo, caso aconteça no couro cabeludo;
  • Maior sensibilidade da pele ao sol.

Na presença de lesões possivelmente indicativas de lúpus discoide, é importante que o dermatologista seja consultado para que seja possível realizar o diagnóstico e iniciar o tratamento adequado.

O diagnóstico desse tipo de lúpus normalmente é feito por meio do teste FAN, no entanto como a reação autoimune e inflamatória está restrita à pele, é comum que o resultado desse exame seja negativo ou apresente título baixo. Assim, o médico pode indicar a realização de biópsia da lesão, além da realização de hemograma e exame de urina para avaliar a presença de sangue e proteínas na urina. 

Possíveis causas

As causas do lúpus discoide não são muito bem esclarecidas, no entanto os sintomas podem ser desencadeados por uma combinação de fatores genéticos e ambientais que favorecem uma reposta mais agressiva do sistema imune contra o próprio organismo. Em algumas pessoas, a exposição ao sol e/ ou o cigarro podem favorecer o aparecimento das lesões de lúpus discoide.

Como é o tratamento

O tratamento para lúpus discoide deve ser indicado pelo médico de acordo com as características das lesões, sendo principalmente indicado que a pessoa faça uso de protetor solar diretamente, já que o sol pode piorar as lesões. Além disso, pode ser indicado o uso de pomadas e cremes contendo corticoides, que devem ser aplicados diretamente nas lesões de acordo com a indicação do médico.

Pode ser também indicado pelo médico o uso de medicamentos anti-maláricos e imunossupressores, que também podem ser úteis para tratar e prevenir novas lesões do lúpus discoide.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Lúpus: causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção. Disponível em: <https://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/lupus>. Acesso em 13 Set 2021
  • AMERICAN OSTEOPATHIC COLLEGE OF DERMATOLOGY. Discoid lupus erythematosus. Disponível em: <https://www.aocd.org/page/DiscoidLupusErythe>. Acesso em 13 Set 2021
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Lúpus. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/lupus/32/>. Acesso em 13 Set 2021
Mais sobre este assunto: