Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Líquen Escleroso

​O líquen escleroso atrófico, também conhecido por líquen escleroatrófico, é uma doença de pele que causa o surgimento de lesões esbranquiçadas finas

Geralmente, as lesões de líquen escleroso são mais frequente na região genital, no entanto podem aparecer em qualquer parte do corpo, especialmente em mulheres após a menopausa.

O líquen escleroso atrófico não tem cura, mas pode ser controlado com o uso de pomadascorticoides que previnem o surgimento das lesões e reduzem os sintomas.

Como tratar o líquen escleroso

O tratamento para líquen escleroso atrófico deve ser orientado por um ginecologista, no caso da mulher, ou por um urologista, no caso do homem, e, normalmente é feito com o uso de pomadas corticoides, como Propionato de Clobetasol, aplicado diariamente sobre a região afetada.

Além disso, durante o tratamento, é importante:

  • Evitar coçar os locais afetados;
  • Usar roupa puco apertada e, preferencialmente, de algodão;
  • Evitar usar roupa interior durante a noite, quando o líquen escleroso surge na região genital;
  • Manter a higiene adequada do local com água e sabão neutro.

Em alguns casos, o médico também pode recomendar o uso de remédios anti-histamínicos, como Cetirizina ou Desloratadina, para aliviar a coceira e o inchaço de locais da pele. Saiba mais formas de tratamento em: Tratamento para líquen escleroso.

Líquen escleroso é contagioso?

O líquen escleroso não é contagioso e, por isso não é necessário evitar qualquer tipo de contato.

Sintomas do líquen escleroso

​Os sintomas do líquen escleroso atrófico, geralmente, iniciam-se na pele da região genital e incluem:

  • Surgimento de manchas branco-avermelhadas, em que a pele fica mais fina;
  • Descamação e fissuras na pele;
  • Coceira e irritação na pele, principalmente durante a noite;
  • Dor ao urinar, defecar e durante o contato íntimo.

O diagnóstico do líquen escleroso normalmente é feito apenas através da observação do sintomas da doença.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...