Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Lipocavitação - Conheça o tratamento que elimina a gordura localizada

A lipocavitação é um procedimento estético, cujos resultados podem ser notados progressivamente, que serve para eliminar gordura localizada na barriga, coxas, flancos e costas, através de um aparelho de ultrassom que ajuda a destruir a gordura acumulada.

Este procedimento, também conhecido por lipo sem cirurgia, não dói e ajuda a perder volume, ficando com um corpo mais modelado e definido, além de ajudar a melhorar o aspecto da pele e a diminuir a celulite. Porém, embora seja um procedimento com poucos riscos, ele pode causar queimaduras na pele ou aumento do colesterol ruim, sendo importante que o procedimento seja realizado por uma pessoa capacitada.

Após cada sessão de lipocavitação, é recomendada a realização de uma sessão de drenagem linfática e exercícios físicos aeróbicos para garantir a eliminação da gordura, evitando a sua deposição em outras áreas do corpo. Além disso, é importante ter uma dieta equilibrada para evitar o acúmulo novamente de gordura.

Lipocavitação - Conheça o tratamento que elimina a gordura localizada

Preço da lipocavitação

O preço da lipocavitação varia de acordo com o local em que será feito o procedimento, profissional e tamanho da área a ser tratada, podendo custar entre R$ 150 e R$ 800,00 por sessão.

Como é feita

O procedimento por ser feito em uma clínica de estética ou consultório de um fisioterapeuta dermatofuncional, por exemplo, e demora em média 40 minutos. A pessoa deve deitar um uma superfície adequada com roupa íntima, em seguida o profissional irá aplicar um gel sobre a área a ser tratada.

Após a colocação do gel, é colocado o equipamento na região a ser tratada, e são realizados movimentos circulares. Esse equipamente emite ondas do tipo ultrassom que penetram nas células de gordura e estimulam a sua destruição, direcionando os restos celulare para corrente sanguínea e linfática para ser eliminado pelo organismo.

Esse procedimento é simples e indolor, no entanto durante o procedimento a pessoa escuta um ruído que é gerado pelo equipamento.

O número de sessões de lipocavitação varia de acordo com o objetivo da pessoa e da quantidade de gordura acumulada, sendo normalmente necessária a realização de 2 a 3 sessões. Quando a região a ser tratada é muito grande ou é constituída por muita gordura, podem ser recomendadas até 10 sessões, que devem ser realizadas no mínimo 2 vezes por mês.

Resultados das sessões

Normalmente, os resultados da lipocavitação são vistos logo no primeiro dia de tratamento e ocorrem de forma progressiva, sendo normalmente necessário até 3 sessões para que seja percebido o resultado definitivo.

A lipocavitação elimina cerca de 3 a 4 cm logo no primeiro dia de tratamento e, em média, mais 1 cm em cada sessão. Após cada sessão é necessário praticar exercício físico e drenagem linfática até 4 horas depois, além de manter uma alimentação adequada para evitar que ocorra novamente o acúmulo de gordura. Veja quais são os cuidados que se deve ter para garantir os resultados da lipocavitação.

Aparelho de lipocavitação
Aparelho de lipocavitação

Quando a lipocavitação é indicada

A lipocavitação possui vários benefícios e interfere diretamente na auto-estima, garantindo sensação de prazer e bem-estar. Assim, esse procedimento é indicado para:

  • Eliminar gordura localizada na barriga, flancos, culote, coxas, braços e costas, que não tenham sido completamente eliminadas com a dieta e exercício;
  • Tratar a celulite, pois "quebra" as células de gordura que forma os indesejados "furinhos".
  • Modelar o corpo, perdendo volume e tornando-o mais esbelto e definido.

Entre cada sessão a pessoa deve esperar 4 dias para que a gordura seja eliminada totalmente do corpo através da urina e das fezes e, assim, possa ser perbecido o resultado.

Quem não deve fazer

A lipocavitação não é indicada para pessos obesas, diabéticas, hipertensas, que possuem doenças cardíacas, hepátias ou renais, além de felebite, colesterol alto, epilepsia e paralisia. Esse procedimento também não é recomendado para pessoas que possuem próteses, placas ou parafusos metálicos no corpo, varizes ou processos inflamatórios na área a ser tratada, mulheres com DIU e gestantes.

No entanto, no caso de ter algum destes problemas e desejar realizar uma lipocavitação deve consultar o médico e seguir suas indicações. Além disso, pode-se realizar o procedimento durante a menstruação, no entanto, o fluxo sanguíneo deverá aumentar.

Riscos da lipocavitação

Apesar de ser considerado um procedimento seguro, a lipocavitação possui alguns riscos, como por exemplo o aumento do colesterol, já que o procedimento estimula a liberação da gordura para a corrente sanguínea, o que associado a uma dieta rica em gordura, leva ao aumento do colesterol na corrente sanguínea.

Além disso, a pessoa pode voltar a engordar, pois a gordura pode voltar a ser depositada em outra região do corpo, sendo, portanto, recomendado que a pessoa realize atividade física até 4 horas após o procedimento.

A lipocavitação não representa nenhum risco para a saúde quando é realizada corretamente e quando a pessoa respeita suas contraindicações. No entanto, o profissional responsável pelo procedimento deve ter atenção à temperatura do aparelho para não provocar queimaduras. Veja quais são os perigos da lipocavitação.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...