Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e como é feito o lifting de coxa

O lifting de coxa é um tipo de cirurgia estética que permite devolver firmeza e adelgaçar as coxas, que se tornam mais flácidas com o envelhecimento ou devido a processos de emagrecimento, por exemplo, especialmente quando a dieta e exercícios não apresentam resultados satisfatórios.

Neste tipo de cirurgia não existe remoção de gordura da coxa, sendo apenas esticada a pele para modelar o contorno corporal e, por isso, quando se deseja retirar gordura localizada destes locais, deve-se fazer uma lipoaspiração antes do lifting.

O lifting de coxa normalmente deve ser feito após os 18 anos e quando se atingiu o peso ideal, pois caso ocorra um processo de aumento de peso ou emagrecimento a pele pode ficar novamente mais esticada e flácida, principalmente se existir muita gordura acumulada nas coxas.

O que é e como é feito o lifting de coxa

Preço

O preço do lifting da coxa normalmente varia entre os 5 e os 10 mil reais, dependendo da clínica e cirurgião selecionados.

Como é feita a cirurgia

Este tipo de cirurgia normalmente dura entre 2 a 4 horas e é feito com anestesia geral em uma clínica de estética ou hospital. Para atingir o resultado final, o cirurgia geralmente:

  1. Faz pequenos cortes na região da virilha, na parte inferior dos glúteos ou no interior da coxa;
  2. Retira o excesso de pele na região do cortes;
  3. Estica a pele e volta a fechar os cortes, remodelando a silhueta;
  4. Envolve a coxa em ligaduras apertadas.

Em alguns casos, o médico pode ainda inserir drenos perto do local da cirurgia, que são pequenos tubos que ajudam a remover o excesso de líquido que se acumula após a cirurgia, para evitar infecções e garantir melhor resultado estético.

Veja o que são drenos e como pode cuidar deles depois da cirurgia.

Como é a recuperação

Após a cirurgia é normal sentir alguma dor e desconforto e, por isso, é recomendado ficar internado entre 1 a 2 dias para fazer analgésicos diretamente na veia e garantir que os sinais vitais estão bem regulados.

No pós-operatório, geralmente, as coxas ficam revestidas por ligaduras apertadas até cerca de 5 dias para evitar o acúmulo de líquidos, que podem comprometer o resultado final do lifting.

Embora o repouso seja recomendado durante pelo menos 3 semanas, a partir da primeira semana é aconselhado ir iniciando pequenas caminhadas por casa para ajudar a aliviar o inchaço das pernas e evitar a formação de coágulos. O exercício físico mais intenso, como correr ou ir na academia, só deve ser iniciado com indicação do médico, o que acontece gradeualmente após 2 meses.

Além disso, uma vez que a maioria das cicatrizes fica perto da região genital, após retirar os pontos, o médico pode receitar um sabonete antisséptico que deve ser utilizado depois de se usar o banheiro, para evitar o acúmulo de bactérias que podem provocar uma infecção.

Como fica a cicatriz

As cicatrizes do lifting da coxa normalmente são mais visíveis durante os primeiros dias após a cirurgia e podem, até, ficar mais grossas durante os primeiros 6 meses. No entanto, tendem a reduzir após esse período, acabando por ficar bem disfarçadas nos contornos do corpo, especialmente na região do bumbum e da virilha.

Para garantir um melhor resultado, deve-se evitar o exercício físico durante os primeiros 2 meses porque faciilita o processo de cicatrização e evita o excesso de pressão sobre os cortes. Além diso, podem ser usados alguns cuidados caseiros para reduzir as cicatrizes, como aplicar babosa ou mel, por exemplo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...