Jato de plasma: o que é, para que serve, cuidados e contraindicações

Revisão clínica: Bruna Ribeiro
Especialista em Estética Avançada
maio 2022

O jato de plasma é um tratamento estético que pode ser usado para tratar rugas, linhas de expressão, manchas escuras, cicatrizes e estrias, já que favorece a produção de colágeno e fibras elásticas, reduz o queloide e ainda facilita a entrada de ativos na pele.

O tratamento com jato de plasma pode ser feito a cada 15-30 dias, de acordo com a orientação do dermatologista. Cada sessão dura cerca de 20 minutos e os resultados podem ser vistos logo na primeira sessão de tratamento. 

Nas 24 horas após as sessões do jato de plasma é recomendado usar protetor solar com no mínimo FPS 30, para proteger a pele dos efeitos nocivos do sol. Além disso, pode ser necessário usar um creme ou pomada específica para auxiliar a cicatrização, que será recomendado pelo profissional que executar a técnica.

Para que serve

O jato de plasma é um procedimento estético que pode ser utilizado para:

  • Suavizar rugas e linhas de expressão;
  • Clarear manchas no rosto e no corpo causadas pelo sol;
  • Tratar olheiras;
  • Levantar as pálpebras;
  • Tratar estrias brancas ou vermelhas;
  • Combater a flacidez;
  • Suavizar as cicatrizes;
  • Promover o rejuvenescimento facial.

Além disso, o jato de plasma pode ser realizado pelo dermatologista com o objetivo de tratar pequenas verrugas, com excessão das verrugas genitais e plantares, ou para clarear tatuagens.

Como funciona

O plasma é considerado o quarto estado da matéria, em que os elétrons se separam dos átomos, produzindo um gás ionizado. Esse gás ativa o processo de regeneração e de cicatrização, estimula o sistema imunológico e facilita a produção de colágeno, contribuindo para uma melhor aparência global da pele.

Além disso, o plasma também abre os canais iônicos das células dérmicas, o que permite uma maior hidratação e maior firmeza da pele.

O jato de plasma dói?

O tratamento com jato de plasma pode causar alguma dor ou desconforto. Por isso, é comum a utilização de um gel anestésico antes do procedimento.

Cuidados após o jato de plasma

Após o tratamento, a pessoa pode sentir uma sensação de queimação, que deve durar algumas horas. O profissional pode aplicar um produto que acalme e ajude a regenerar a área tratada e recomendar o uso por mais dias, além do uso de protetor solar. Se o tratamento for realizado com o objetivo de rejuvenescimento, a pessoa deve usar um creme específico para o tratamento em casa.

Quando não é indicado

O tratamento de jato de plasma não deve ser realizado em pessoas que usam marcapasso cardíaco, que sofrem de epilepsia, durante a gravidez, em caso de câncer ou que tenham implantes metálicos no corpo, ou que fazem uso de remédios fotossensibilizantes, como é o caso da isotretinoína, por exemplo.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em maio de 2022. Revisão clínica por Bruna Ribeiro - Especialista em Estética Avançada, em maio de 2022.

Bibliografia

  • TSIOUMAS G., Sotiris et al. A Descriptive Study on the Applications of Plasma Exeresis in Dermatology. J Clin Aesthet Dermatol.. 14. 3; p. 58–62, 2021
  • POURAZIZI, Mohsen, ABTAHI-NAEINI, Bahareh . Plasma application in aesthetic medicine: Clinical and physical aspects. Journal of Surgical Dermatology. 2017
Revisão clínica:
Bruna Ribeiro
Especialista em Estética Avançada
Bruna Ribeiro dos Santos é enfermeira especialista em Estética Avançada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino (IBRAPE).