Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Invaginação intestinal: o que é e como tratar

A invaginação intestinal, que também pode ser conhecida como intussuscepção intestinal, é uma condição grave na qual uma parte do intestino desliza para dentro de outra, podendo interromper a passagem de sangue para essa porção e causando uma infecção grave, obstrução, perfuração do intestino ou até morte dos tecidos.

Esta alteração do intestino é mais frequente em crianças até aos 3 anos, mas também pode acontecer em adultos, causando sintomas como vômitos intensos, barriga inchada, dor abdominal intensa, diarreia e presença de sangue nas fezes.

Quando surgem estes sintomas, deve-se sempre suspeitar de uma alteração intestinal e, por isso, é importante ir rapidamente ao hospital para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado, evitando complicações.

Invaginação intestinal: o que é e como tratar

Principais sintomas

A invaginação intestinal é mais comum em bebês e, por isso, o sintoma inicial mais comum é o choro intenso e repentino, que surge sem razão aparente e que não melhora.

No entanto, como esta alteração do intestino também causa uma dor bastante intensa, a criança também pode dobrar os joelhos sobre a barriga e ficar mais irritada quando se mexe na barriga.

Geralmente, a dor aparece e desaparece ao longo do tempo, durante entre 10 a 20 minutos e, por isso, é normal que a criança tenha crises de choro ao longo do dia. Outros sintomas possíveis incluem:

  • Fezes com sangue ou muco;
  • Diarreia;
  • Vômitos frequentes;
  • Barriga inchada;
  • Febre acima de 38º C.

No caso do adulto, a invaginação intestinal pode ser mais difícil de identificar pois os sintomas são semelhantes a outros problemas intestinais, como gastroenterite, por exemplo, e, por isso, o diagnóstico pode ser mais demorado, sendo recomendado ir ao hospital quando a dor piora ou demora mais de 1 dia para desaparecer.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da invaginação intestinal deve ser feito no hospital, pois podem ser precisos vários exames como raio X, ecografia abdominal ou tomografia para despistar outros problemas que podem causar sintomas semelhantes, como hérnia, volvo intestinal, gastroenterite, apendicite ou torção testicular, por exemplo.

Quais as possíveis causas

A maioria dos casos de invaginação intestinal acontece nas crianças e, aí, a causa é indefinida, mas parece ser mais frequente durante o inverno devido à presença de vírus no organismo.

Já no adulto, esta complicação parecer ser mais comum como resultado de um pólipo, tumor ou inflamação intestinal, embora também possa surgir em pessoas que fizeram cirurgia bariátrica.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a invaginação intestinal deve ser iniciado o mais rápido possível no hospital, iniciando-se com a administração de soro diretamente na veia para estabilizar o organismo. Além disso, pode ainda ser preciso colocar um tubo desde o nariz até ao estômago, chamado de sonda nasogástrica, para retirar líquidos e ar que possam estar fazendo pressão sobre os intestinos.

Depois, no caso da criança, o médico pode fazer um enema com ar para tentar colocar o intestino no local correto, sendo que poucas vezes é necessário recorrer a cirurgia. Já no adulto, normalmente a cirurgia é a melhor forma de tratamento, pois além de corrigir a invaginação do intestino também permite tratar o problema que esteve na origem da alteração intestinal.

Após a cirurgia, é normal que o intestino não funcione normalmente entre 24 a 48 horas e, por isso, durante esse período a pessoa deve ficar repousando e não deve comer ou beber. Por esse motivo, é recomendado continuar internado para receber soro diretamente na veia, pelo menos, até que o trânsito intestinal volte ao normal. Para aliviar o desconforto da cirurgia, geralmente o médico prescreve a administração de paracetamol.


Bibliografia

  • MAYO CLINIC. Intussusception. Link: <www.mayoclinic.org>. Acesso em 12 Jun 2019
  • ILIAS, Elias Jirjoss et al.. Intestinal intussusception. Rev Assoc Med Bras. Vol.4. 404-405, 2012
  • UNIVERSITY HOSPITAL SOUTHAMPTON. Intussusception: Child health information factsheet. 2012. Link: <www.uhs.nhs.uk>. Acesso em 12 Jun 2019
Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem