Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que comer na Intolerância à frutose

A intolerância à frutose é a dificuldade de absorver alimentos que têm este tipo de açúcar na sua composição, como frutas, legumes e vegetais, e, por isso, quando são consumidos provocam sintomas como enjoo, vômitos, suor, diarreia e inchaço na barriga. 

A causa para a má absorção de frutose pode ser hereditária, por isto alguns bebês já manifestam sintomas logo cedo, mas, também, pode ser contraída ao longo da vida, devido a alterações intestinais que causam dificuldade na digestão desta substância.

O que comer na Intolerância à frutose

Dieta para intolerância à frutose

Para aliviar os sintomas da intolerância à frutose, é recomendado evitar o consumo deste açúcar, que está naturalmente presente em diversos alimentos, como frutas, legumes, vegetais e mel.

Além disso, a frutose também pode estar presente em alimentos que são adoçados com xarope de milho ou com os adoçantes sacarose ou sorbitol, substâncias que estão presentes em alimentos como refrigerantes, sucos de caixinha ou pó, ketchup e fast food.

Lista de alimentos permitidos

Como a intolerância à frutose tem vários níveis, desde leve a grave, a restrição ao consumo deve ser ajustada à intolerância de cada pessoa. Para isto, orienta-se que a pessoa tenha um diário para registrar os alimentos consumidos e as reações provocadas no corpo, além de sempre verificar os ingredientes das refeições antes de comer, devendo-se preferir os alimentos feitos em casa. 

Alguns dos alimentos que estão liberados para quem tem intolerância à frutose são:
 

LácteosLeite, manteiga, margarina, queijo e iogurte natural;
AdoçantesGlicose ou qualquer adoçante que não contenha frutose, sacarose ou sorbitol;
VegetaisBrócolis, aipo, alface, espinafre, acelga, cogumelos e alcachofras;
TemperosSal, vinagre, plantas aromáticas, especiarias e mostarda;
SopasFeitas com alimentos e temperos permitidos;
CereaisAveia, trigo, cevada, centeio, arroz, tapioca e produtos feitos a partir deles, como pães, biscoitos e cereais, sem que estejam adoçados com frutose, sacarose, sorbitol, mel, melado ou xarope de milho;
Proteína animalCarnes, peixes e ovos são todos permitidos;
BebidasÁgua, chá, café, cacau;
DocesSobremesas e massas doces que não sejam adoçados com frutose, sacarose, sorbitol ou xarope de milho. 

Além disso, alguns legumes que possuem frutose, como a batata ou o tomate, podem ser consumidos em pouca quantidade se forem cozidos, pois a água retira parte da frutose dos alimentos.

Lista de alimentos a evitar

Na dieta para intolerância à frutose é necessário excluir da alimentação os alimentos como:

  • Frutas, geleias e doces de frutas;
  • Açúcar de mesa, mel, melaço, xarope de ácer, xarope de milho, frutose, sacarose e sorbitol;
  • Ervilhas, lentilha, feijão, grão-de-bico, feijão branco, milho e soja;
  • Nabo, batata doce, beterraba, pepino, couve, tomate, cenoura, berinjela, repolho, cebola, aspargos e pimentão;
  • Lácteos: leite doce com frutose, sorvetes comerciais com frutose, sacarose ou sorbitol e iogurtes com frutas;
  • Farinha de soja, muesli e todos os cereais feitos com açúcar ou mel;
  • Produtos industrializados com algum ingrediente que tenha frutose, como: refrigerantes, sucos de caixinha ou em pó, ketchup, maionese, mostarda, molhos industrializados, caramelo, mel artificial, chocolates, bolos, pudins, fast food, alguns tipos de pães, salsicha e presunto.

Como é muito difícil excluir completamente a frutose da dieta, já que está presente em muitos alimentos, é recomendado que a pessoa com intolerância faça um acompanhamento com um nutricionista, para que seja estabelecido um cardápio individualizado e equilibrado para o dia a dia. 

Embora possa ser uma tarefa difícil, as pessoas com intolerância a este tipo de açúcar devem evitar consumir frutose porque se não houver controle, com o tempo, podem surgir complicações graves, como insuficiência dos rins ou do fígado.

O que comer na Intolerância à frutose

Exemplo de cardápio para intolerância à frutose

Um exemplo de cardápio saudável para pessoas com esta doença, pode ser:

RefeiçãoDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã200 ml de leite + 2 fatias de pão integral com requeijão e ovo1 iogurte natural + 2 colheres de chá de chia + 1 tapioca com queijo200 ml de leite + 1 col de sopa de cacau + 2 fatias de pão integral com queijo
Lanche da Manhã10 castanhas de caju4 torradas integrais com requeijão6 cookies integrais de aveia, sem adoçantes/mel/melado/xarope de milho
AlmoçoFrango grelhado com arroz integral e salada (variar brócolis, aipo, alface, espinafre, acelga, cogumelos, alcachofras).Filé de peixe com espinafre e purê de batataEspaguete com frango, cogumelos e molho branco + brócolis oa vapor
Lanche da Tarde1 iogurte natural + cereal integral sem adoçantes ou produtos com frutose1 fatia de torta de frango + chá gelado com canela, gengibre e erva doce200 ml de leite com cacau + mix de castanhas, nozes e amêndoas

É importante lembrar que deve-se sempre verificar o rótulo de alimentos industrializados para ter a certeza de que eles não trazem ingredientes proibidos na intolerância à frutose, como mel, melaço, xarope de milho e os adoçantes sacarina e sorbitol. Em geral, produtos diet e light, biscoitos, bebidas prontas e produtos de panificação costumam trazer esses ingredientes. Saiba como ler o rótulo dos alimentos.

Como identificar a intolerância

Em pessoas que têm a intolerância hereditária, ou que apresentam má absorção da frutose por alteração da flora intestinal ou doenças inflamatórias, como síndrome do intestino irritável, por exemplo, o consumo deste açúcar pode causar sintomas como: 

  • Enjoo e vômitos;
  • Suor frio;
  • Dor abdominal;
  • Falta de apetite;
  • Diarreia ou prisão de ventre;
  • Excesso de gases;
  • Barriga inchada;
  • Irritabilidade;
  • Tonturas.

Como o leite materno não tem frutose, o bebê só passa a ter sintomas quando começa a ingerir leite artificial, de fórmulas lácteas, ou com a introdução de alimentos, como papinhas, sucos ou frutas. Se a quantidade consumida deste açúcar pela criança com intolerância for muito grande, pode haver sintomas mais graves como apatia, convulsões e até coma. No entanto, é importante lembrar que a presença de gases, diarreia e barriga inchada também podem ser sintomas de intolerância à lactose.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico de intolerância à frutose é feito pelo gastroenterologista, endocrinologista ou nutrólogo, que fazem uma avaliação do histórico clínico da pessoa, e é feito um teste com retirada da frutose da alimentação e observação da melhora dos sintomas. 

Se houver dúvidas, podem, ainda, ser feitos exames de urina e de sangue para avaliar os efeitos da frutose no corpo, além do teste de hidrogênio expirado, que é um exame que mede, através da respiração, a capacidade de absorção da frutose pelo corpo. 

Mais sobre este assunto:
Carregando
...