Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Disbiose intestinal

A disbiose intestinal é um desequilíbrio da flora bacteriana intestinal que reduz a capacidade de absorção dos nutrientes e causa carência de vitaminas. Este desequilíbrio é causado pela diminuição do número de bactérias boas do intestino e aumento das bactérias capazes de causar doença.

A disbiose, geralmente, provoca sintomas como náuseas, gases, diarreia ou prisão de ventre, e tem cura, que pode ser alcançada através de uma reeducação alimentar orientada por um nutricionista. No entanto, quando a disbiose não é tratada, as bactérias ruins podem migrar para o sangue, podendo causar uma infecção em todo o organismo que, nos casos mais graves, pode levar à morte.

Disbiose intestinal

Principais sintomas 

Os principais sintomas da disbiose intestinal são:

  • Náuseas;
  • Gases e arrotos;
  • Queda de cabelo;
  • Unhas fracas;
  • Distensão abdominal;
  • Períodos alternados de diarreia e prisão de ventre;
  • Fezes mal-formadas;
  • Dores de cabeça;
  • Cansaço;
  • Candidíase de repetição.

Em caso de suspeita de disbiose, o gastroenterologista pode solicitar um exame de fezes ou um exame de urina específico para identificar a disbiose, o exame Indican.

Como é feito o exame Indican

O exame Indican é feito a partir de uma amostra de urina, que deve ser a primeira urina da manhã ou a urina concentrada por 4 horas. Nesse exame é avaliada a quantidade de Indican na urina, que é um produto do metabolismo do triptofano, um aminoácido presente em alimentos, como chocolate meio amargo e nozes. 

Em condições normais, o triptofano é convertido em indol e este em Indican pela ação das bactérias intestinais, sendo normal a presença de traços desse composto na urina. No entanto, quando há desequilíbrio da flora intestinal, pode haver muita produção de Indican, sendo sua concentração elevada na urina e confirmando o diagnóstico de disbiose intestinal. 

Causas da disbiose intestinal

As causas da disbiose intestinal podem estar relacionadas com o uso de antibióticos, cortisona ou laxantes e também devido ao uso abusivo de álcool. O estresse, uma alimentação inadequada com excesso de açúcar, alimentos refinados e industrializados e pobre em fibras, assim como algumas doenças intestinais, como diverticulose, inflamação intestinal e a prisão de ventre, também favorecem o desequilibro da flora intestinal e, consequentemente, da instalação da disbiose.

Pessoas com disbiose podem desenvolver urticária e acne, que são causadas pela intoxicação provocada pela entrada das bactérias ruins no sangue e, por isso, é importante realizar o tratamento corretamente.

Como é feito o tratamento 

Para tratar a disbiose é necessário ser acompanhado por um nutricionista porque o tratamento consiste em restabelecer a flora bacteriana com uma alimentação adequada. A pessoa deve consumir alimentos ricos em fibras e probióticos, que estimulam o crescimento das bactérias boas do intestino, ajudando a estabelecer a absorção de nutrientes e vitaminas. Saiba quais são os o que são e para que servem os probióticos. 

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar