Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Insônia Familiar Fatal

A insônia familiar fatal, conhecida também pelas sigla IFF, é uma doença rara que afeta uma proteína do cérebro, causando uma insônia incurável que pode afetar humanos ou animais, sendo mais frequente entre os 30 e 60 anos de idade.

Sintomas da insônia familiar fatal

Os sintomas da insônia familiar fatal são:

  • Fase 1: Dura em média 4 meses e gera sintomas como falta de sono progressiva, ataques de pânico, medos e paranoias;
  • Fase 2: Dura em média 5 meses e gera sintomas como ataques de pânico e alucinações;
  • Fase 3: Dura em média 3 meses e gera sintomas como total incapacidade de dormir e emagrecimento súbito;
  • Fase 4: Dura em média 6 meses e gera sintomas como demência e perda total do contato com a realidade;
  • Fase 5: O sono começa a aparecer e o indivíduo vai aos poucos entrando em estado de coma até a sua morte.

O diagnóstico da insônia familiar fatal é feito pelo médico neurologista após avaliar os sintomas da doença e pode ser confirmada por um eletroencefalograma que mostra o estado de vigília contínuo no cérebro do indivíduo.

Causas da insônia familiar fatal

As causas da insônia familiar fatal são genéticas e ela é frequente na mesma família. Estima-se que hajam 27 famílias em todo o mundo que são acometidas por esta doença, a maioria na Europa.

Tratamento para insônia familiar fatal

O tratamento para insônia familiar fatal feito com a ingestão de medicamentos parece piorar o quadro e, por isso, nada se pode fazer para tratá-la.

Ter insônia aumenta o risco de problemas como perda de memória e AVC, por isso veja outras consequências de não dormir bem.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...