Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Infecção renal: principais sintomas e como tratar

A infecção renal ou pielonefrite corresponde à uma infecção no trato urinário em que o agente causador consegue chegar aos rins e provocar sua inflamação, levando ao surgimento de sintomas como cólica renal, urina com mau cheiro, febre e dor ao urinar.

A infecção nos rins pode ser causada por infecção por bactérias, como a E. coli, por exemplo, fungos, principalmente da espécie Candida, e até mesmo alguns vírus. Normalmente, a infecção renal é consequência de uma infecção na bexiga que dura muito tempo e que faz com que os micro-organismos causadores da infecção consigam subir até aos rins, causando a inflamação. No caso da infecção renal crônica, além da infecção por micro-organismo, a presença de lesões nos órgãos urinários ou de cálculos renais também podem causar o aparecimento da infecção no rim. 

A infecção renal deve ser diagnosticada e tratada logo que descoberta, para evitar lesões graves nos rins ou provocar septicemia, em que o microrganismo consegue chegar na corrente sanguínea e ir para diferentes partes do corpo, causando infecção e podendo até mesmo levar a pessoa à óbito. Entenda o que é septicemia.

Infecção renal: principais sintomas e como tratar

Sintomas da infecção renal

Os sintomas da infecção renal podem surgir de forma repentina e intensa, desaparecendo ao fim de alguns dias (infecção renal aguda), ou não apresentar sinais e sintomas, sendo a infecção desenvolvida ao longo do tempo e, caso não tratada, pode evoluir para a insuficiência renal (infecção renal crônica). 

Os principais sintomas da infecção renal são:

  • Cólica renal;
  • Dor forte no fundo das costas;
  • Dificuldades ao urinar;
  • Vontade de urinar frequente e em pequenas quantidades;
  • Dor ou ardência a urinar;
  • Urina com mau cheiro;
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Náuseas;
  • Vômitos.

Na presença de algum destes sintomas, a pessoa deve consultar o médico urologista ou nefrologista, que fará o diagnóstico da doença através da avaliação dos sintomas. O médico também deverá fazer um exame físico, como palpação e precursão na região lombar, e exame de urina para verificar a presença de sangue ou de células brancas no sangue. Veja como é feito o exame de urina.

Infecção renal da gravidez

A infecção renal na gravidez é bastante comum e é normalmente consequência de uma infecção prolongada na bexiga. 

Na gravidez, o aumento dos níveis de hormônios, como a progesterona, leva ao relaxamento do trato urinário, facilitando a entrada de bactérias na bexiga, onde se multiplicam e causam inflamação do órgão. Nos casos em que a infecção não é diagnosticada ou tratada de forma eficaz, os microrganismos continuam se multiplicando e começam a subir no trato urinário, até atingir os rins e provocar a sua inflamação. 

O tratamento da infecção renal durante a gravidez pode ser feito com antibióticos como Amoxicilina, que não fazem mal ao bebê. Saiba como curar a infecção urinária na gravidez.

Como é feito o tratamento

O tratamento da infecção renal vai depender da causa da infecção e se é aguda ou crônica. Nos casos em que a infecção é provocada por bactérias, o tratamento consiste no uso de antibióticos, como Amoxicilina ou Ciprofloxacina, durante cerca de 10 a 14 dias. Alguns analgésicos ou anti-inflamatórios também são indicados para aliviar a dor. 

O tratamento mais eficaz para as infecções renais crônicas consiste na eliminação das suas causas. Alguns remédios para infecção renal, como os antibióticos, também podem ser usados no tratamento da infecção renal crônica, se existirem sinais de infecção por bactérias. 

Durante o tratamento da infecção renal, a ingestão de grandes quantidades de água é importante para facilitar a cura da doença.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar