Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é a urocultura com antibiograma, como é feita e para que serve

A urocultura com antibiograma é um exame laboratorial solicitado pelo médico que tem como objetivo identificar o microrganismo causador da infecção das vias urinárias e qual o seu perfil de sensibilidade e de resistência aos antibióticos normalmente utilizados para tratar a infecção. Assim, a partir do resultado do exame, o médico pode indicar o antimicrobiano mais adequado para a pessoa.

A realização desse exame é normalmente indicada quando a pessoa apresenta sinais e sintomas de infecção urinária, no entanto pode ser também solicitado quando após exame de urina do tipo I, o EAS, são identificadas bactérias e numerosos leucócitos na urina, isso porque essas alterações são indicativas de infecção urinária, sendo importante identificar o microrganismo responsável.

O que é a urocultura com antibiograma, como é feita e para que serve

Para que serve a urocultura com antibiograma

O exame de urocultura com antibiograma serve para identificar o microrganismo responsável pela alteração urinária e qual antimicrobiano pode ser utilizado de forma mais eficaz no seu combate.

Esse exame é principalmente indicado em caso de infecção urinária, podendo ser solicitado após resultado do exame de urina do tipo 1, o EAS, ou quando a pessoa apresenta sinais e sintomas de infecção urinária, como dor e ardor ao urinar e vontade frequente de fazer xixi. Saiba identificar os sintomas de infecção urinária.

Esse exame serve para identificar a presença e o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos de alguns microrganismos, sendo os principais:

  • Escherichia coli;
  • Klebsiella pneumoniae;
  • Candida sp.;
  • Proteus mirabilis;
  • Pseudomonas spp.;
  • Staphylococcus saprophyticus;
  • Streptococcus agalactiae;
  • Enterococcus faecalis;
  • Serratia marcenses;
  • Morganella morganii;
  • Acinetobacter baumannii.

A identificação de outros microrganismos que também podem estar relacionados com infecção do trato urinário, como Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Mycoplasma spp. e Gardnerella vaginalis, por exemplo, na maioria das vezes não é feita por meio da urocultura, sendo normalmente nesses casos solicitada a realização de coleta de secreção vaginal ou peniana para que seja feita a identificação do microrganismo e o antibiograma, ou análise da urina através de métodos moleculares.

O que é a urocultura com antibiograma, como é feita e para que serve

Como entender o resultado

O resultado da urocultura com antibiograma é dado em forma de laudo, em que é indicado se o exame é negativo ou positivo e, nesses casos, qual o microrganismo identificado, sua quantidade na urina e os antibióticos a que foi sensível e resistente.

O resultado é considerado negativo quando é verificado apenas o crescimento em quantidades normais de microrganismos que fazem parte naturalmente do sistema urinário. Por outro lado, o resultado é positivo quando há aumento da quantidade de algum dos microrganismos que fazem parte da microbiota normal ou quando é verificada a presença de um microrganismo não-habitual.

Em relação ao antibiograma, além de informar se o microrganismo é sensível ou resistente ao antibiótico, indica também a Concentração Mínima Inibitória, também chamada de CMI ou MIC, que corresponde à concentração mínima do antibiótico que é capaz de inibir o crescimento microbiano, sendo essa informação muito importante para que o médico indique o tratamento mais adequado.

Urocultura com antibiograma para Escherichia coli

A Escherichia coli, também conhecida como E. coli, é a bactéria mais frequentemente associada com infecções urinárias. Quando a urocultura é positiva para a bactéria, é indicado no laudo a quantidade em que se encontra na urina, que normalmente é acima de 100.000 colônias, e a que antibióticos é sensível, sendo normalmente Fosfomicina, Nitrofurantoína, Amoxicilina com Clavulonato, Norfloxacino ou Ciprofloxacino.

Além disso, é indicado o MIC, que no caso da Escherichia coli, por exemplo, é determinado que o MIC para Ampicilina menor ou igual a 8 µg/ mL é indicativo de susceptibilidade ao antibiótico, sendo o recomendado o seu uso para o tratamento, enquanto que valores iguais ou superiores a 32 µg/ mL indicam que a bactéria é resistente.

Assim, de acordo com os resultados obtidos pela urocultura e pelo antibiograma o médico pode indicar o melhor tratamento para a infecção.

Como é feita

O exame de urocultura é um exame simples e que é feito a partir de uma amostra de urina, que deve ser coletada e armazenada em um recipiente adequado fornecido pelo laboratório. Para realizar a coleta, é necessário primeiro realizar a higienização da região íntima com água e sabão e fazer a coleta da primeira urina do dia, devendo a pessoa desprezar o primeiro jato de urina e colher o jato intermediário.

É importante que a amostra seja levada ao laboratório em até 2 horas para que seja viável para realização da urocultura e do antibiograma. No laboratório, a amostra é colocada em um meio de cultura que favorece o crescimento dos microrganismos normalmente presentes na urina. Após 24h a 48h, é possível verificar o crescimento de microrganismos e, assim, é possível realizar os testes de identificação microbiana.

Além disso, a partir do momento em que se observa o crescimento de microrganismos no meio de cultura, é possível verificar a quantidade de microrganismos, podendo ser indicado que se trata de colonização ou infecção, além de também ser possível realizar o antibiograma, em que o microrganismo é testado para diferentes antibióticos, sendo verificado para quais antibióticos é sensível ou resistente. Entenda mais sobre o antibiograma.

Bibliografia >

  • LABORCLIN. Manual para Antibiograma - Difusão em disco (Kirby & Bauer). 2011. Disponível em: <https://www.interlabdist.com.br/dados/noticias/pdf_190.pdf>. Acesso em 09 Abr 2020
  • MAHON, Connie R.; LEHMAN, Donald C. Textbook of Diagnostic Microbiology. 6 ed. St- Louis, Missouri: Elsevier, 2019. 273-279; 886-888.
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem