O que é impetigo bolhoso, sintomas e tratamento

janeiro 2020

O impetigo bolhoso é caracterizado pelo aparecimento de bolhas na pele de tamanho variado que podem romper e deixar marcas avermelhadas na pele e é normalmente causada por bactérias do tipo Staphylococcus aureus ou do gênero Streptococcus

O impetigo é uma infecção altamente contagiosa e mais frequente em crianças, podendo os sintomas aparecerem poucos dias após o nascimento, por exemplo. O tratamento é estabelecido pelo pediatra ou clínico geral de acordo com o microrganismo responsável pela infecção, sendo normalmente recomendado o uso de antibióticos de amplo espectro e compressa de soro fisiológico nas lesões.

Principais sintomas

Os sintomas do impetigo bolhoso podem aparecer de forma localizada ou disseminada, ou seja, em várias partes do corpo, sendo mais frequentemente encontradas no rosto, pernas, barriga e nas extremidades. Os principais sintomas de impetigo bolhoso são:

  • Aparecimento de feridas e bolhas contendo líquido amarelado na pele;
  • Febre acima de 38ºC;
  • Mal estar geral;
  • Surgimento de manchas vermelhas ou crostas na pele após rompimento das bolhas.

O impetigo bolhoso é mais comum de aparecer em bebês logo nos primeiros dias de vida, sendo denominado impetigo bolhoso neonatal ou do recém-nascido. Veja como identificar o impetigo.

O diagnóstico é feito pelo pediatra ou clínico geral por meio da avaliação das lesões e exame microbiológico, que consiste na análise do líquido presente dentro das bolhas, sendo possível determinar qual a bactéria responsável pelo impetigo e qual o melhor antibiótico para o tratamento.

Como é feito o tratamento

O tratamento para impetigo bolhoso varia de acordo com o microrganismo responsável pela infecção, no entanto é normalmente recomendado fazer compressa com soro fisiológico nas bolhas e tomar antibióticos de acordo com a recomendação médica. No casos mais extensos, em que há várias bolhas, pode ser necessário realizar controle do equilíbrio hidroeletrolítico.

No caso do impetigo bolhoso surgir enquanto o bebê ainda encontra-se na maternidade, é importante que a equipe de enfermagem avalie as outras crianças do local para que seja feito o diagnóstico precoce e possa ser iniciado o tratamento. Saiba mais sobre o tratamento para impetigo.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Equipe Editorial do Tua Saúde, em janeiro de 2020.

Bibliografia

  • JUNIOR, Walter B.; DI CHIACCHIO, Nilton; CRIADO, Paulo R. Tratado de dermatologia. 2 ed. São Paulo: Atheneu, 2014. 837-839; 1187-1189.
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Impetigo. Disponível em: <http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/impetigo/29/>. Acesso em 03 abr 2019
Mostrar bibliografia completa
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Antimicrobianos na Prática Clínica Pediátrica: Guia Prático para Manejo no Ambulatório, na Emergência e na Enfermaria. Disponível em: <http://www.saudedireta.com.br/docsupload/1377784200Antibioticos%20da%20Pratica%20Clinica%20Pediatrica%20-%20Dermatologia.pdf>. Acesso em 03 abr 2019
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.