Hematúria: o que é, sintomas, causas, tratamento

outubro 2022
  1. Sintomas
  2. Tipos
  3. Causas
  4. Exames
  5. Tratamento

A hematúria é a presença de sangue na urina, podendo fazer com que fique avermelhada, rosada ou marrom. É considerado hematúria microscópica quando são detectadas mais de 5 hemácias por campo, no exame de urina.

A hematúria pode aparecer quando a mulher está menstruada e faz o exame de urina ou quando se fez exercícios físicos intensos antes do exame. No entanto, também pode ser sinal de algum problema, como pedra nos rins, infecção urinária, especialmente se estiver associada a sintomas como queimação ao urinar ou dor nas costas, ou doenças mais graves como tumores renais ou na bexiga.

Quando o resultado do exame de urina indica hematúria ou quando existe suspeita da condição, é importante consultar um nefrologista ou urologista para identificar a causa e iniciar o tratamento mais adequado.

Principais sintomas

A hematúria pode estar associada a sintomas como:

  • Urina avermelhada, rosada ou marrom;
  • Queimação ao urinar;
  • Dor no abdome ou nas costas;
  • Inchaço no corpo;
  • Febre;
  • Vontade frequente de urinar;
  • Perda de peso;
  • Náusea;
  • Vômitos.

Os sintomas variam de acordo com a causa da hematúria, podendo não estar presentes em alguns casos.

Mesmo que a hematúria não ocorra associada a outros sintomas além das alterações na urina, pode indicar doenças graves, como câncer de bexiga ou rim, sendo importante consultar um médico.

Tipos de hematúria

A hematúria pode ser classificada em:

1. Microscópica

A hematúria é chamada microscópica quando não é possível ser percebida a olho nu, podendo demorar anos até ser identificada. Normalmente ocorre quando a quantidade de hemácias na urina é muito pequena.

2. Macroscópica

É quando ocorrem alterações na cor da urina, podendo parecer avermelhada, rosada ou castanha, por exemplo, devido a uma grande quantidade de hemácias presentes.

3. Glomerular

A hematúria é glomerular quando causada por doenças que podem afetar diretamente os rins, como lúpus eritematoso sistêmico ou síndrome nefrótica.

4. Não glomerular

É quando a hematúria ocorre devido a alterações em partes do sistema urinário, como bexiga ou uretra, podendo surgir em caso de cistite ou trombocitopenia, por exemplo.

5. Persistente ou intermitente

A hematúria persistente é quando o sangue é constantemente visível na urina ou identificado em por meio de exames. Quando intermitente, existem momentos em que a hematúria desaparece.

6. Dismórfica

É quando as hemácias identificadas na urina apresentam formatos anormais, o que normalmente indica doenças que afetam o funcionamento dos rins.

Possíveis causas

As principais causas de hematúria são:

  • Exercícios físicos intensos, como correr longas distâncias;
  • Menstruação;
  • Pedra nos rins;
  • Infecções urinárias;
  • Glomerulonefrite pós-estreptocócica;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Alterações da coagulação do sangue, como trombocitopenia;
  • Uso de medicamentos anticoagulantes;
  • Pancadas, quedas e outros acidentes, quando afetam o sistema urinário;
  • Câncer da bexiga, próstata ou rim.

Devido ao risco de doenças graves, é importante que a hematúria seja avaliada por um nefrologista ou urologista. Assim, podem ser indicados exames como o ultrassom ou tomografia computadorizada para identificar a sua causa.

Exames úteis no diagnóstico

A hematúria normalmente é detectada por meio do exame de urina e confirmada quando são identificadas mais de 5 hemácias por campo. Saiba como interpretar o resultado do exame de urina.

No entanto, quando a hematúria é confirmada, outros exames normalmente são necessários para identificar a causa, como o ultrassom ou tomografia computadorizada. Além disso, em alguns casos ainda pode ser indicada a realização de outros exames como a cistoscopia ou biópsia renal dependendo da suspeita do médico. Veja o que é e como é feito o exame de cistoscopia.

Como é feito o tratamento

O tratamento da hematúria depende da sua causa, podendo ser indicado o uso de antibióticos, em caso de infecção urinária, o ajuste de anticoagulantes, em caso de sangramentos causados pelo uso destes medicamentos, ou mesmo cirurgia, quando surge devido a pedra nos rins ou câncer, por exemplo.

No entanto, em alguns casos pode ser indicado apenas o acompanhamento por meio de exames de urina e exames no sangue, como a dosagem de ureia e creatinina, geralmente quando nenhuma causa é encontrada. Sabia para que serve a dosagem de creatinina e seus valores de referência.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em outubro de 2022. Revisão clínica por Rodolfo Favaretto - Urologista, em setembro de 2022.

Bibliografia

  • PETERSON, Leah M; REED, Henry S. Hematuria. Prim Care. Vol.46, n.2. 265-273, 2019
  • STATPEARLS. Hematuria. 2021. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK534213/>. Acesso em 27 set 2022
Mostrar bibliografia completa
  • INGERFINGER, Julie R. Hematuria in Adults. N Engl J Med. Vol.385. 153-163, 2021
Revisão clínica:
Rodolfo Favaretto
Urologista
Médico formado pela Universidade de Ribeirão Preto com CRM-SP 133358 e especialista em Urologia desde 2016 pela Sociedade Brasileira de Urologia.