Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Glucantime (antimoniato de meglumina): para que serve e como usar

O Glucantime é um medicamento injetável antiparasitário, que contém antimoniato de meglumina na sua composição, indicado para o tratamento da Leishmaniose tegumentar americana ou cutâneo-mucosa e tratamento da Leishmaniose visceral ou calazar.

Este medicamento está disponível no SUS em solução injetável, que deve ser administrado no hospital, por um profissional de saúde.

Glucantime (antimoniato de meglumina): para que serve e como usar

Como usar

Este medicamento está disponível em solução injetável e, por isso, deve ser sempre administrado por um profissional de saúde, sendo que a dose do tratamento deve ser calculada por um médico de acordo com o peso da pessoa e o tipo de Leishmaniose.

Geralmente, o tratamento com Glucantime é feito durante 20 dias consecutivos no caso da Leishmaniose visceral e durante 30 dias consecutivos nos casos de Leishmaniose tegumentar.

Saiba mais sobre o tratamento da Leishmaniose.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento incluem dor nas articulações, náuseas, vômitos, dores musculares, febre, dor de cabeça, diminuição do apetite, dificuldade para respirar, inchaço do rosto, dor na barriga e alterações no exame de sangue, especialmente nos testes de função do fígado.

Quem não deve usar

O Glucantime não deve ser utilizado nos casos de alergia ao antimoniato de meglumina ou de pacientes com insuficiência renal, cardíaca ou do fígado. Além disso, nas grávidas só deve ser utilizado após indicação do médico.

Bibliografia >

  • MINISTÉRIO DA SAÚDE CONSULTORIA JURÍDICA/ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO. Glucantime® . 2015. Disponível em: <https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2016/janeiro/12/Antimoniato-de-meglumina--Atualizada-em-04-12-2015-.pdf>. Acesso em 03 Mar 2020
  • SANOFI. GLUCANTIME® (antimoniato de meglumina) . 2015. Disponível em: <http://cdn.remediobarato.com/pdf/5afeb90101a1e1cf91f8209c3839dc32.pdf>. Acesso em 03 Mar 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem